[Resenha] Sussuro: Becca Fitzpatrick

Sussuro
Autor: Becca Fitzpatrick
Gênero: Literatura Estrangeira
Ano de Lançamento: 2010
Editora: Intrinseca
n° de páginas: 259

Sinopse:

Entrar em um relacionamento não estava nos planos de Nora Grey. Pelo menos até a chegada de Patch. Seduzida por seu sorriso despretensioso e pelo olhar que parece enxergar através dela, É quando uma sucessão de acontecimentos assustadores começa a cercá-la. Na busca de respostas, Nora se aproxima de uma verdade ainda mais avassaladora que seus sentimentos por Patch. De repente, ela está no centro da eterna batalha travada entre anjos caídos e seres imortais - e quando chegar a hora de escolher um dos lados, a decisão errada poderá custar sua própria vida.


Comentários:
O que "sussurar" sobre Sussuro?
É inegável a comparação mais que evidente com "Crepúsculo". Dois jovens, ambos numa escola secundária, que num primeiro momento, não se dão bem, e que depois, se descobrem completamente loucos um pelo outro, a ponto de abrirem mão da própria existência para que o outro tenha uma chance de viver. As semelhanças com Crepúsculo se resumem as informações supracitadas, e param por aí. Primeiro, que a narrativa de Becca Fitzpatrick é muitíssimo superior a da Stephenie Meyer (a Stephenie do Crepúsculo, já que segundo duas amigas minhas, - Neli e Rosi - A Hospedeira rompe com a série, ao trazer uma narrativa envolvente, marcante e muito emocionante). O personagem Patch é encantador, isso é inegável, já que ele não deixa de ser o "garoto mau", mas tenta se manter na linha. Não posso falar muito, porque se não deixo sinais mais que evidentes para os que ainda não leram, mas devo dizer que achei o livro "imaturo". Não em um sentido pejorativo, longe disso. Mas para quem lê Nora Roberts, ler um romance teen não é a mesma coisa... Mas acho sua leitura válida. Não só para aquelas que curtem um romance sobrenatural, mas também para aquelas que gostam de um “amor impossível”. Já fiquei sabendo que a continuação da série vem por aí. O livro “Crescendo” chega às livrarias no dia 11 de fevereiro, se eu não estou enganada. É a Intrínseca saindo na frente mais uma vez. 
Abaixo, para dar um gostinho para as meninas, a foto do modelo Drew Doylon, de 21 anos, que foi escolhido para estampar a capa do primeiro livro da série Hush, Hush. Bem feio o rapaz... rsrsrsrs

5 comentários:

  1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk muito feio cara de paraiba!!!

    ResponderExcluir
  2. nao é o patch q imaginei. mas ta bonzinho..rsrsrsr

    ResponderExcluir
  3. Não gostei... Apesar de ainda não ter lido o livro.
    Pela resenha, ele não tem muito a ver não...

    ResponderExcluir
  4. Olá,alquimistas

    Primeiramente ,amei o blog,e em relação ao hush hush é minha série de anjos preferida ,e o Path é a minha nova paixão literária,eu imagino que ele seja parecido com o Josh Gloss do clipe da teenager dream da Kate Pery,digita no google ,de todos os meus amigos que conheci na blogosfera gostaram ,depois vc me conta o que achou ?

    A.Christie

    ResponderExcluir
  5. Não tem nada a ver com o Patch ai mas né fazer o que, só espero que se fizerem um filme da série botem um Patch igual a Becca descreveu no livro. Eu imagino o Patch todos os dias kk eu estou totalmente apaixonada pelo Patch que eu criei na minha imaginação rs

    ResponderExcluir

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords