[Resenha] Enfrentando o Fogo: Nora Roberts

Enfrentando o fogo
Trilogia da Magia – Livro 3
Autora: Nora Roberts
Gênero: Literatura Estrangeira
Editora: Bertrand Brasil
Ano de Lançamento: 2004
N° de páginas: 373

Sinopse:

Mia Devlin sabe o que é amar com todo o coração e depois vê o seu amor ir embora. Há muitos anos, ela e Sam Logan compartilharam laços incrivelmente fortes, construídos pelo destino com paixão e magia. Certo dia, porém, ele fugiu da Ilha das Três Irmãs, deixando- a perdida nas lembranças da intimidade que dividiam; a partir de então, determinou que viveria só. Novo proprietário do único hotel do lugar, Sam retorna à Ilha das Três Irmãs com a esperança de reconquistar o afeto de Mia. Porém, fica intrigado quando ela o recebe com fria indiferença, pois percebe que a química entre eles ainda é muito forte e verdadeira. Zangada, magoada e muito confusa, Mia se recusa a admitir que a paixão por Sam ainda arde no seu coração. Mas ela vai acabar precisando dos seus poderes e da ajuda dele para enfrentar o maior e mais terrível desafio da sua vida. E, como o prazo fatal para quebrar uma maldição de vários séculos já está se aproximando, eles precisam dar o primeiro passo em direção ao destino e se unir para afastar a terrível escuridão.

Comentários:

Esse foi o livro que criou mais expectativa em todas as leitoras (acredito eu). Não só porque era o ultimo livro da trilogia, mas porque a personagem Mia Devlin nos é apresentada como sendo a figura central dessas três bruxas modernas de Nora Roberts. Esperávamos a estória. Aquela que acabaria sublimando as outras, já que um amor perdido na medida em que esse parecia ser, acabaria não só nos fazendo chorar, como também lamentar pelo livro ter chego ao fim. Para aquelas que ainda não leram, aí vai o meu recado: o façam o mais rápido possível. Para aquelas que leram, peço humildemente uma opinião: o que acharam do livro? Fico aqui me debatendo com essa doce angústia, que não consegue se dissipar quando o assunto é “Enfrentando o fogo”. O que houve? Será que eu não estava num bom dia, e por isso o livro não preencheu minhas expectativas mais do que absurdas (minhas expectativas sempre são absurdas, creio eu), ou realmente esse livro não foi o que todas nós, fãs de Nora Roberts esperávamos? Fica uma incógnita. Para alguém se mostrou tão encantadora nos dois outros livros, penso que Mia Devlin se perdeu entre os enredos dos livros anteriores. Não me pergunte o motivo. Leia o livro e tire suas conclusões. Só lamento por mim, que fiquei aqui, esperando por uma estória extraordinária que não veio.

Um comentário:

  1. Oi passei aqui para ver seu blog, muito legal! agradeço a sua visita ao meu. Sou das turma das blogueiras unidas. Já estou seguindo você. Um grande abraço.

    ResponderExcluir

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords