Por que é que eu tenho um BLOG mesmo heim?

As vezes eu me faço essa pergunta aí do título... Fiz parte de uma comunidade do orkut durante 7 anos. Lá, além dos inúmeros tópicos que li e participei, também fiz amizades que perduram até hoje. As meninas que aqui estão comigo - Andreia e Lucy - são duas das várias amizades que fiz nesse grupo. É bem verdade que Andréia é quem me atura mais, já que durante um papinho por telefone  (leia-se três horas), descobrimos que tinhamos mais coisas em comum do que o gosto por romances. Durante esse tempo, ri, chorei, me aborreci, me irritei... Nem sempre nessa ordem, mas aprendi algumas grandes lições, que carrego até hoje. As vezes (é bem verdade), me esqueço de algumas delas, mas o tempo e o destino se encarregam de me mostrar que o caminho que estou seguindo não é o mais acertado (para mim, é claro). Nesse curto tempo que me dedico ao ALQUIMIA DOS ROMANCES, tenho feito algumas amizades, que me mostram como é o universo da Blogsfera. O mais engraçado é que tenho tido experiências otimas on-line, mas pessoalmente, essas tem se mostrado em quase toda a sua totalidade, um verdadeiro desastre. Não que eu tenha um contato maior com as blogueiras cariocas, porque não tenho. Com exceção da Lia Christo do Blog Doces Letras (que conheci pessoalmente antes de ambas termos blog),   não sou próxima das outras. Fui a alguns eventos de blogueiras, gostei bastante, percebi que algumas são muito unidas, e que é  essa união que faz as coisas acontecerem.

Mas me questiono quando essa "união" se torna algo danoso. As "patotas" que se formam são inúmeras; você entra para um grupo e acha que deve ter prioridade sobre os outros. Começa a querer "organizar" as coisas de acordo com a sua própria comodidade, e exclui as outras. Pode não parecer, mas é isso que acontece. Você se apresenta com toda a humilde, e recebe um "oi"  atravessado.  Isso, quando elas não perguntam na cara dura: "Qual o seu blog mesmo heim?". Na ultima bienal, percebi como algumas blogueiras faziam questão  de mostrar intimidade com representantes de editoras, permanecendo o  tempo todo na frente da estande, na maioria das vezes atrapalhando o  fluxo de leitores que queriam um autógrafo da autora, ou até mesmo, que queriam comprar. Isso, quando não ignoravam solenemente os leitores que lá  estavam.  Alguns deles, que viajaram horas para pegar o autógrafo com seu autor favorito, e que foram obrigados a ouvir piadinhas e expressões de deboche por parte dessas pseudo-blogueiras. Por que blogueiro  de verdade respeita o leitor. Sabe que são eles que sustentam esse mercado editorial "pobre" que temos, que nos obriga a esperar meses por uma continuação, ou que nos faz gastar dinheiro comprando livros fora do Brasil.

Faz um tempo que percebi não sou blogueira. Não nesse sentido que abordei  acima. Se for esse o  universo que serei obrigada a conviver e me submeter, então, estou fora. Não vou abrir mão do blog nem das amizades que fiz aqui. Isso não faço mesmo. Mas não vou fazer uso do ALQUIMIA DOS ROMANCES, ele crescendo ou não, para se "achegar" a representantes de editoras e conseguir "vantagens" em eventos e promoções. Acho sim que os blogueiros devem ter eventos  próprios, onde editoras e autores conversem e exponham o seu trabalho, fazendo com que eles tenham acesso as informações e que as passem aos seus seguidores.  São as resenhas feitas por esses blogueiros que fazem a diferença entre  comprar e não  comprar  determinado livro ou série. Quantas vezes comprei livros depois das dicas da Kah do "Vício de Leitura", ou da Juliana do "Livros & Bolinhos". Foram inúmeras as vezes que fiquei acordada até 2 da manhã lendo os post do "Doce Encanto" da Rapha e do "Equalize de Leitura" da sua chará, Raffa. Foi na Bienal que fiz um escândalo,  quando  estava na fila da Anne Rice, e vi passando do meu lado a Angélica do Blog "Angel Books" (adoro o blog dela...Adoro). Mas acho extremamente injusto que alguns blogs formem "panelinhas" e e tratem as outras blogueiras como se não fossem nada. Não me refiro somente a blogs cujo os  proprietários sejam cariocas. Me refiro aos blogs que segregam e colocam as blogueiras iniciantes numa geladeira, não querendo que elas tenham voz, ridicularizando as tentativas que elas fazem de se manter viva e atuante da Blogsfera. Que cada blog mantenha sua individualidade e compartilhe boas ideias. Que a união se faça unicamente para  reforçar laços de amizade,  não  de interesse... Se esse não for um dos objetivos primordiais dos blogueiros, então eles se tornarão apenas um meio de divulgação barato e lucrativo para as editoras, onde o blog é apenas um meio para ganhar livros gratuitamente... Não acho que o esforço investido valha a pena... Aí, vai de cada um...

Elimar

11 comentários:

  1. Olá!

    Eu concordo plenamente com você e, inclusive, sinto isto muuuitas vezes. Muitos blogs fazem isto conosco (só agora que comecei a crescer é que alguns têm me visto com outros olhos). Eu e a Lis, do Batalha Literária, cansamos de discutir isto: quantas blogueiras (e Editoras!) nos tratam mal por conta destas panelinhas. É simplesmente ridículo.
    Eu ADOREI o seu texto e quero mostrar meu apoio. Vou publicar em meu blog com os devidos créditos, viu? Quanto mais pessoas lerem, maior será a conscientização.

    Parabéns pelo texto! E conte com o meu apoio!

    ResponderExcluir
  2. Oi Elimar!!
    que triste isso.../= eu não sabia que acontecia isso, porque só fui uma vez na vida em encontro onde tinha outras blogueiras, e eu não tive muito tempo pra tentar conversar com elas.
    Mas realmente, panelinhas são irritantes e revoltantes (já lidei muito com isso) só porque o blog não tem tantos seguidores e tantas editoras parceiras, não quer dizer que não seja bom!! Já vi muitos blogs com uns 40 seguidores e ótimos, melhores que muitos de 1000 seguidores!
    mas não liga pra isso não...é difícil, mas tenta não ligar /=
    pessoas boas existem, pode ser difícil achar, mas quando se acha, elas ficam pra sempre!!
    Beijos, Camila - Emoções em Páginas

    ResponderExcluir
  3. Concordo com tudo que você disse acima, comecei meu blog este ano, depois de ver que eu precisava compartilhar com mais pessoas a minha paixão por livros, saber o que estava acontecendo nesse mundo mágico.
    muitas vezes pensei em desistir, principalmente quando recebia a repsosta de parceria dizendo que para conseguir tal eu precisava de um número X de seguidores, e o que importa isso? se o que faz um blog bom é a qualidade das postagens! e não o número de seguidores,
    Lógico que isso tem seu crédito, não adianta de nada você escrever para ninguem, mais acho que a grande culpa é das Editoras, que cria essa competitividade entre os bloguerios. Se você não tem seguidores o suficiente então rapa-fora*
    Acho que elas não pensam no trabalho que dá montar uma postagem diferente a cada dia, que seja original e que agrade aos outros, porque nem todos gostam da mesma coisa que você, então você tem que ser eclético.
    Nós blogueiros temos que nos unir, prestigar o trabalho dos nossos, comentar, incentivar.
    Uma das coisas que me deixa mais triste ainda, muito mais que as patotas, são as pessoas que só seguem o blog por interesse, você prepara uma postagem querendo que as pessoas comentem e compartilhem a opinião e quando você poucas pessoas deixaram recadinhos lá.
    Afinal é um trabalho série e NÃO remunerado, é o trabalho feito com amor, quantos livros eu já desembolsei para poder fazer uma promoção?
    Dinheiro para envio dos livros e etc... fico triste quando nosso trabalho não é reconhecido.
    Nossa acho que falei demais, meio que desabafei aqui hauhauhauha
    Amei o post, acho que fala o que todos nós blogueiros sentimos mais ficamos com receio de expor.
    Beijoaks enormes e força, que é disse que a gente precisa para continuar e não se perder no meio do caminho.
    Beijokas enormes!
    Brih
    Meu Livro Rosa Pink
    http://meulivrorosa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Elimar...
    Infelizmente você tem razão... não é de hoje que percebo o quão difícil é atuar nesse meio. Ano que vem eu começarei minha faculdade de Produção Editorial, e tenho certeza de que não será nada fácil.
    Seria bom que cada uma dessas pessoas que se dizem tão apaixonadas por livros, realmente provassem esse amor através do respeito.
    Maravilhosa a sua reflexão, embora seja tão triste. Eu também não sou blogueira desse tipo... e torço para que mudanças aconteçam na maneira de pensar dessas outras.

    Grande Abraços

    H.C.C.Reis
    http://hellenstuffs.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Eli, poxa, sinceramente eu nunca me toquei nisso de panelinhas da blogosfera, na vdd acho que nunca pensei a respeito pq aqui onde eu moro nao tem eventos e nada do tipo, "malemá" tem livraria, a unica blogueira que eu conheci pessoalmente foi a Giu, do Amount of words, que é uma fofa, fora isso nada.
    Deve ser bem chato acontecer esse tipo de coisa, chato e irritante, quem essas blogueira pensam que são, algum tipo de celebridade? Aff, só o que faltava...
    Fiquei bem chateada com isso, estou planejando ir para a Bienal de SP ano que vem (pelo menos nesse eu vou ter que ir, né? u.u) mas já pensou se eu chegou lá e sou excluida? Ai minha nossa senhora, vou armar barraco rsrs
    é rir para não chorar.

    A unica coisa boa de todo o post foi ler o nominho do Doce Encanto ali *-*

    Flor, vc é sim blogueira, quem não são, são elas, que se julgam melhores.
    E mais que uma super blogueira parceira, te considero minha amiga de verdade. Te adoro!

    Beijocas e não fica triste não, tá?!

    ResponderExcluir
  6. Eli, acho que vou publicar no Doce Encanto, pode?!

    ResponderExcluir
  7. Oi Elimar, que pena que esta seja a realidade da blogosfera. Infelizmente uma triste realidade. Como você, também amo livros e sou leitora compulsiva mesmo, daquelas que conseguem ler até três livros de uma vez... kkkkkkkk
    Mas, realmente vi acontecer muitos lances chatos na Bienal. Muita panelinha mesmo. Coisas que me deixaram irritada ao extremo, e que só com muita educação, pra aturar. Tipo você estar na fila esperando para receber o autógrafo do seu autor favorito e ver algumas blogueiras furando a fila descaradamente, por se acharem melhores que outros. Em nenhum momento, usei minha condição de blogueira, para ser melhor recebida em nenhuma editora, por que acho que o papel das editoras nestes eventos é tratar a todos igualmente, como leitores e consumidores que somos.
    Você sabe, que não faço questão de pegar parcerias, em troca de livros grátis por não querer ficar obrigada a falar bem de livro que eu não goste.
    Pois o Doces Letras, foi feito para falar da minha maior paixão que é a literatura. Faço meus sorteios com livros que compro, e venho caminhando com bastante dificuldade nesse meio... Por conta das pseudo amizades, que existem por aí. Por isso, se alguma editora quiser me dar uma chance, se algum leitor quiser seguir o meu blog, que seja pelo conteúdo que ele oferece e não porque, fiquei puxando o saco. Bom, é isso. Assino embaixo e se me der permissão vou postar lá no Doces amiga.
    E segue em frente, porque o blog tem que ser um prazer e não uma obrigação. Beijos mil.

    ResponderExcluir
  8. Eu já fui tratada com desdem quando estava começando com meu blog, acho ridículo mesmo. Já deixem de seguir blog por conta disso. Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  9. Oi Elimar!

    Li seu texto no Seis Milênios da Ana Carolina, comentei lá e vim correndo conhecer você e seu blog, que tem ideias tão parecidas com as minhas.
    Eu comecei meu blog já tem um tempo e praticamente me arrasto pelo blogosfera, justamente porque é muito difícil entrar nessas panelinhas. Quantas vezes comentei, participei de blogs grandes e não recebi nem uma resposta? Tudo bem que as blogueiras gigantes nem sempre têm tempo, mas quando se está no décimo comentário consecutivo será que não se merece uma respotinha? Uma coisinha mínima, mais por educação? Sempre me esforço para responder comentários e retornar visitas, porque acho que nós mesmas devemos nos valorizar e apoiar, para juntar crescermos.
    Claro que tem muita blogueira gigante que é gente finíssima e que sempre nos apoia com sugestões e críticas, como a Nanda do Viagem Literária ou a meninas do Leituras e Devaneios,e por ter tanta gente assim que fiz grandes amigos no meio que me dão força a continuar com meu trabalho, não remunerado, e que faço apenas por amor aos livros.
    Amei seu blog, já estou seguindo! \o/

    B-jussss! ♥

    ResponderExcluir
  10. Meninas, obrigada pelo apoio. Para quem quiser divulgar em seus blogs, fiquem a vontade. Quem saber a gente não consiga conscientizar as "pseudo-blogueiras" que andam rondando a blogsfera...

    BJS!!!

    Elimar

    ResponderExcluir
  11. Oi Elimar.
    É a primeira vez que venha a seu blog.
    Fiquei surpresa com seu texto.
    Nunca participei de encontros nem nada do tipo. Jamais imaginei que haveria uma disputa ou algo assim.
    Meu blog é novo, não tenho parcerias com ninguém e apenas posto sobre minha coleção e outros assuntos que me interessam.
    Mas, agora, ponderando o que li vejo que você tem razão.
    Quer saber? Vou levar seu blog para o meu blog.
    Foi uma grata surpresa estar por aqui.

    Beijo e ótima semana.

    ResponderExcluir

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords