Entrevista: Maribell Azevedo, autora de "Amor no Ninho"!

E aí pessoas que seguem e leêm o nosso humilde  e  amado  blog. Hoje, estreando a nossa coluna de estrevistas, temos uma autora brasileira, hiper simpática, que escreveu uma estória de amor que vai tocar o coração de todas as idades. Maribell Azevedo. No seu romance de estréia, Maribell trata de um assunto delicado: amor entre irmãos adotivos. Na trama, Marina fora adotada pelos pais de Daniel quando ainda tinha 8 anos, e sempre nutriu pelo irmão um sentimento maior do que amor fraternal. O que Marina não sabe é que o sentimento é recíproco, e que ambos terão que ser fortes para viver esse amor. Com a palavra, Maribell:

1.     Maribell, fale um pouco sobre  você. Como pessoa e como autora.

Sou uma pessoa tímida, de hábitos simples e tento dividir meu tempo entre as tarefas de ser mãe, filha, escritora e dona de casa. Sou museóloga de formação, mas a vida acabou me fazendo exercer outras funções.

2.     Quais são as suas inspirações literárias?

Sou uma leitora compulsiva desde criança, daquele tipo que quando não havia mais nada pra ler em casa, lia dicionários e enciclopédias. Leio de tudo, então fica difícil selecionar, dos livros nacionais adoro os clássicos de Machado de Assis e José de Alencar.  Na literatura estrangeira, gosto de alguns autores  britânicos como Frances H. Burnett, H. Rider Haggard, Agatha Christie. Também adoro romances, literatura fantástica e sobrenatural, entre eles Margareth Mitchell, Anne Rice, Federico Moccia, Carlos Ruiz Zafon e Marion Zimmer Bradley. Autores nacionais atuais, curto Ivanir Calado e André Vianco. Também leio poesia, especialmente Fernando Pessoa.

3.     Como surgiu a ideia para escrever seu livro, Amor no Ninho? Qual foi a sua inspiração para essa estória de Amor?

O tema sobre amor entre supostos irmãos é algo antigo em meu imaginário, na verdade desde que na adolescência li Helena de Machado de Assis que trata desse assunto. Foi um livro que me emocionou profundamente. Porém como o final é bem trágico, eu tinha o desejo de criar uma história com essa temática, mas numa versão moderna e com um destino diferente para os personagens.

4.     Essa não é uma estória de amor fácil,visto que os protagonistas são irmãos, mesmo que não sejam biológicos. O que se pode esperar do livro?

Tudo que eu queria criar era uma história de amor absoluto, um amor sincero, intenso e verdadeiro. O livro é um romance no sentido pleno da palavra, regado a boas doses de bom humor e drama. Mas o livro não se restringe apenas a mostrar o amor romântico, ele ressalta também a importância desse sentimento na família e entre amigos.

5.     Qual foi a sua inspiração para criar os protagonistas da sua trama?

Algumas características de Daniel foram inspiradas numa pessoa bem famosa, mas a personalidade dele é inteiramente criação minha, na verdade a bem pouco tempo percebi que é o personagem que tem mais da minha própria personalidade. Marina sua irmã adotiva e grande amor, recebeu este nome porque era o nome que estava reservado para minha filha, mas como tive um menino, então tinha ficado guardado.  E sendo minha filha ela é tímida como eu.

 6.     Fale como  foi o processo de publicação de seu livro: foi fácil ou você passou por dificuldades?

Nada fácil, comparo minha trajetória a uma escalada ao pico do Monte Everest. Longo, árduo, te deixando sem ar, mas trazendo a pura emoção que se deve ter ao se aproximar do topo, coisa que ainda não consegui fazer, porém continuo batalhando.

7.     Como você lida com resenhas de blogueiros que não gostaram de seus livros? Pergunto isso porque existem autores que ficam chateados com alguns blogueiros ao lerem suas resenhas não tão elogiosas em relação a sua obra.

Leitura é gosto pessoal, ou seja, um livro que você odeia, eu posso amar e vice-versa. Procuro encarar com serenidade tanto elogios, quanto críticas, mas é claro que não serei hipócrita, com certeza sinto-me muito mais feliz ao ler elogios, rsrs... Aceito bem a crítica desde que ela seja feita de forma respeitosa e bem argumentada. Inclusive aprendo com elas. Em minha opinião, um bom crítico literário não pode deixar que seu gosto pessoal ou preconceitos, influenciem sua análise. Por exemplo, um resenhista que gosta mais de livros de aventura ou terror, pode achar um romance algo tremendamente chato e meloso. Por já ter passado pela situação de ter meu livro resenhado por alguém desse tipo, costumo ser mais criteriosa a respeito.

8.     Você é uma leitora muito crítica com o trabalho de outros autores brasileiros? Já leu algo que não tenha gostado e falou com esse autor? Nos conte essa experiência, se tiver passado por ela.

Respeito muitíssimo a criação de qualquer autor, quem sou eu para criticar a quem quer que seja? Considero-me uma aprendiz de escritora e quando leio algo que acredito que poderia ficar melhor, no máximo dou alguma sugestão, pois também gosto de receber novas idéias. Mas respeito completamente a inspiração e cada um, afinal quem gosta de ter seu filho criticado?

9.     Todos os escritores brasileiros com quem tive contato disseram que o universo editorial é duro, mas que mesmo diante de todas as dificuldades, teriam passado por tudo novamente para ter seu livro publicado. Qual a sua dica para quem quer publicar e ainda não conseguiu?

Prepare-se porque a batalha é dura, mas não desanime. Se você acredita no que faz corra atrás de seus sonhos. Busque o apoio de bons profissionais, da família, dos amigos, de quem acredita em você. Quando  acabar de escrever seu livro e pensar que já está na metade do caminho, descobre que voltou pro início quando começa a busca  por uma oportunidade na selva do meio editorial. Não acredite nos contos de fada contados por ditas editoras sérias, que só querem seu dinheiro e te fazem promessas vazias. Certifique-se de que seu contrato será respeitado e cumprido. Use todas as redes sócias, faça contatos e reserve uma grana para investir em propaganda, a editora não fará tudo. Nada é fácil, tudo é um grande desafio. Por isso costumo dizer que sucesso é 1% inspiração e 99% transpiração. Contudo segurar seu livro pela primeira vez compensa todo e qualquer esforço.


10.  Se alguém quiser entrar em contato com você,quais são os meios?

Meus contatos são:
Twitter: @MaribellAzevedo
Blog do livro: http://amornoninhoo.blogspot.com/


11.Deixe uma mensagem para os seguidores do  Alquimia:

Vou citar o novelista Robert Louis Stevenson:

“Guarde seus medos para você mesmo, mas partilhe sua inspiração com todos.”


Para fechar com chave de ouro, deixo para vocês o Book Trailer oficial do livro. 


Beijos e até a próxima!




Elimar

5 comentários:

  1. Ola, primeira visita ao blog, adorei seu cantinho e adorei a entrevista!!
    Parabens, ótimas perguntas!!

    Beijosss
    Aparece, faça um comentario, ficarei feliz :)
    http://dailyofbooks.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Divulgando um campeonato em blog Top Comentarista Semestral, o ganhador ganhar um livro de sua preferencia. Participe
    Bruna - Livros de Cabeceira
    http://contodeumlivro.blogspot.com/2012/01/novidade-campeonato-top-comentarista.html
    Qualque duvida estou no twitter @IWannaRuffles

    ResponderExcluir
  3. Oi, Elimar!

    Obrigada pela oportunidade e pela forma tão carinhosa com que tenho sido recebida aqui no blog.
    Aguardo ansiosa pela resenha!
    Bjks,

    Maribell

    ResponderExcluir
  4. Olá, td bem? Achei o seu blog super lindo, ainda mais falando de livros tão bons! Já estou seguindo o seu blog e gostaria que vc tbm fosse um seguidor do meu. Obrigada! Beeeijos e sucesso!
    http://umbestsellerchamardemeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Eliii, amei a entrevista, aliás adoro entrevistas! hahaha
    É a segunda que eu leio da Maribell. Eu já li o livro e amei, sem puxar saco, amei de verdade, um dos melhores romances que li, achei super intenso.

    Qnto as resenhas negativas, eu li uma falando que o livro era vulgar, claro que cada um tem uma opinião, mas vulgar?! Achei um cumulo hahahha
    E concordo mesmo com a Maribell, gosto é gosto.. além do que depende tb do momento que vc lê determinado livro, as vezes vc não tá no clima rsrs

    Beeijão!

    ResponderExcluir

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords