Segunda é dia de... NOVO CONCEITO!

E aí pessoas? Estamos aqui nessa segunda dos Deuses (a minha penúltima segunda-feira de férias) para apresentar/divulgar/contar/fofocar sobre a primeira editora que fez parceria conosco, a Novo Conceito. 

Falando a verdade, faz pouco tempo que conheço a Novo Conceito. Acho que só em 2011 é que seu nome me chamou a atenção. Essa  editora pequena e jovem, com um catálogo de 200 livros, e uma variedade de áreas de interesse, como  negócios, literatura, comportamento, biografia, saúde, etc, vem conquistando cada vez mais espaço no mundo editorial brasileiro, superando as chamadas "editoras maiores", sempre  figurando na lista dos Bestsellers. Uma das várias coisas bacanas da editora são os preços super em conta. E não são quaisquer livros não. Nicholas Sparks, Elizabeth Chandler, Emily Giffin... Esses são alguns que o grande público brasileiro conhece (o público leitor, é claro). A editora também é responsável por trazer títulos de autores nacionais, como Federico Devito, Gutti Mendonça, Kiko Nogueira... Não dá para colocar os 200 títulos aqui, mas vamos apresentar os nossos títulos favoritos. Alguns eu tenho, outros estão na minha lista ENORME de desejados:

Questões do Coração
A Emily esteve na Bienal e eu não consegui autografo. Nunca vou me perdoar. Todas as  resenhas de blogs amigos as quais tive acesso falam muito bem dos livros de Emily. Esse eu ainda não tenho. Sempre os encontrei a preços bem justos, na Saraiva e no Submarino. Não vou perder a chance da próxima vez.
Tessa Russo é mãe de dois filhos e esposa de um renomado cirurgião pediátrico. Apesar de todos os seus receios, ela recentemente abandonou sua carreira para se concentrar em sua família, na busca pela felicidade doméstica. Por fora, parece destinada a viver uma vida encantada.
Valerie Anderson é advogada e mãe solteira de um garotinho de seis anos, Charlie, que nunca conheceu seu pai. Depois de muitas decepções, Valerie desistiu do amor e até mesmo das amizades, acreditando que é sempre mais seguro não criar muitas expectativas. Embora as duas vivam na mesma área de Boston, elas têm pouco em comum, com exceção do amor incondicional por seus filhos. Mas em uma noite, um trágico acidente faz suas vidas convergirem para um mesmo ponto de maneira inimaginável.



Uma Proposta Irrecusável 

Esse eu fiquei curiosa depois que li a sinopse. Me fez lembrar um pouquinho "O Segredo de uma Promessa" da Danielle Stell (só um pouquinho gente).  O que acontece depois não tem absolutamente nada a ver com a estória da Stell. Excelentes recomendações desse livro, que comprei na Bienal (graças a Deus).
Lola não tinha intenção nenhuma de aceitar a proposta de romper com seu namorado, Dougie, pela quantia de £ dez mil euros oferecida pela mãe dele. Naquele momento, porém, descobre algo que poderia mudar para sempre a vida de sua família. Algo que ela poderia impedir, simplesmente aceitando essa proposta. Então, convencendo-se de que Dougie logo irá para a faculdade e a esquecerá, Lola resolve pegar o dinheiro e desaparecer da vida do rapaz...
Dez anos mais tarde, porém, quando ela reencontra Dougie, seus sentimentos por ele revelam-se mais fortes do que nunca. Mas Lola partiu o coração de Dougie e ele está prestes a descobrir que ela foi paga para fazê-lo. Bem, ela é muito atraente e persuasiva. Será que conseguirá reconquistá-lo?



 Devoção
Esse eu não sei porque ainda não comprei. Amo a estória de Dicky e Don, e rezo todos os dias que Hollywood compre os direitos e transforme num filme de arrepiar. A História deles merece ser contada, cantada, divulgada... Todo mundo precisa se inspirar com a luta pela vida que esses dois travaram (e travam). Recomendado para toda a família.

Nascido com uma tetraplegia espasmódica, Rick Hoyt foi desenganado por vários médicos que aconselharam seus pais, Judy e Dick Hoyt, a internar seu primogênito em uma clínica. Mas os pais de Rick recusaram-se a tomar essa medida. Determinados a dar ao filho todas as oportunidades oferecidas a uma criança considerada “normal”, incluíam Rick em tudo que faziam, especialmente nas atividades com os outros dois irmãos, Rob e Russ. Mas uma coisa é conviver no interior de um lar, outra é enfrentar o vasto mundo “lá fora”. Diante de repetidas recusas de diretores de escola que resistiam às tentativas de matricular o garoto, a mãe de Rick trabalhou incansavelmente para conseguir fazer aprovar o projeto de lei 766, considerado a primeira reforma na educação especial no país. Como resultado, Rick e outras crianças com deficiências físicas puderam frequentar as escolas públicas de Massachusetts. Mas como Rick se comunicaria se não conseguia falar? Para superar esse obstáculo assustador, Dick e Judy Hoyt trabalharam com o Dr. William Crochetière, com o presidente do departamento de engenharia da Universidade de Tufts, e com vários alunos empreendedores, incluindo Rick Foulds, na criação do dispositivo de Comunicação Interativa da Universidade de Tufts. Entre os aparatos domésticos da família Hoyt, o tal dispositivo ficou conhecido como a “máquina da esperança”, pois fez com que Rick pudesse se comunicar, criando frases ao pressionar a própria cabeça contra uma barra de metal. Um dia, Rick pede que seu pai participasse de uma corrida beneficente: o desafio que já era grande ficou ainda maior quando Rick revelou que também queria correr.


Morte e Vida de Charlie St. Cloud

Outro que tive várias oportunidade de adquirir, mas sempre deixei para depois. Preços excelentes em qualquer loja (Saraiva, Submarino, Americanas). Assisti o filme e não vi tantos motivos para as críticas contra Zac Efron. O  garoto está na batalha para se tornar um bom ator. Deixo o menino trabalhar gente... rsrs
Em uma pacata vila de pescadores da Nova Inglaterra, Charlie St. Cloud cuida dos gramados e monumentos de um antigo cemitério onde seu irmão mais jovem, Sam, está enterrado. Após sobreviver ao acidente de carro que tirou a vida de seu irmão, Charlie recebe um dom extraordinário: ele consegue enxergar, conversar e até mesmo brincar com o espírito de Sam. É nesse mundo místico que entra Tess Carroll, uma cativante mulher treinando para navegar sozinha ao redor do mundo em um veleiro. O destino faz com que seu barco seja apanhado por uma violenta tempestade, trazendo-a, assim, para a vida de Charlie. Sua bela e incomum ligação os leva a uma corrida contra o tempo e a uma escolha entre a vida e a morte, entre o passado e o futuro, entre apegar-se ou deixar o passado para trás - e à descoberta de que milagres podem acontecer se nós simplesmente abrirmos nosso coração.


 Diário de uma Paixão
Uma pergunta que não quer calar: quem não chorou com essa estória levanta a mão? Impossível! O filme é primoroso, e o livro... Nem preciso falar né? Arrasa o coração de qualquer leitor. Ótimo presente para meninas, adolescentes e  mulheres. Elas vão suspirar e reencontrar vários valores perdidos na sociedade atual. Lembrando que Nicholas Sparks não fala de religião em seus livros. Ele fala de religiosidade, algo que todos deveríamos ter. 

“Não sou nada especial; disso estou certo. Sou um homem comum, com pensamentos comuns e vivi uma vida comum. Não há monumentos dedicados a mim, e o meu nome em breve será esquecido, mas amei outra pessoa com toda a minha alma e coração e, para mim, isso sempre bastou.” Noah Calhoun.
Assim tem início uma das mais emocionantes e intensas histórias de amor que você lerá na vida. O livro é o retrato de uma relação rara e bela, que resistiu ao teste do tempo e das circunstâncias. Com um encanto raramente encontrado na literatura atual, o Diário de uma paixão, de Nicholas Sparks, o consagra como um contador de histórias clássicas, com uma perspectiva excepcional sobre a mais importante e única emoção que nos mantém. Com mais de 12 milhões de cópias vendidas, o livro que emocionou as pessoas ao redor do mundo foi traduzido para mais de 20 línguas.


Noites de Tormenta
Esse eu confesso que vi primeiro o filme, antes de ler o livro. Amo Richard Gere e Diane Lane juntos. Eles tem uma química louca nas telas, e quando li a estória, não pude deixar de imaginar os dois, apesar dos personagens serem mais velhos.  Aí vale a tão famosa licença poética.
Noites de Tormenta acompanha as vidas de Adrianne Willis e Paul Flanner. Ela, uma mulher de 60 anos que dedicou a vida aos filhos, netos e ao trabalho, e que ainda acredita no amor como condição essencial para uma vida plena. Ele, um médico conceituado, com problemas de relacionamento com o filho. Ela busca refúgio em Rodanthe, pequena cidade na Carolina do Norte, indo passar um fim de semana na pousada de uma amiga. Ali espera encontrar a tranquilidade de que precisa desesperadamente para refletir sobre os conflitos que a angustiam: seu marido pediu para voltar para casa e sua filha adolescente critica todas as suas decisões. Pouco depois de sua chegada à pousada, ouve-se a previsão de uma grande tempestade, e o Dr. Flanner chega à cidade. Único hóspede da pousada, ele não está atrás de um final de semana de descanso, e sim enfrentando uma crise de consciência. Agora,com a tempestade se aproximando, eles procuram consolo um no outro e, em dois dias mágicos, iniciam um romance que trará mudanças para ambos, repercutindo pelo resto de suas vidas. A dinâmica narrativa, com vai e vem entre passado e presente, revelará dúvidas, conflitos, contradições, cicatrizes e dores carregadas pelo destino que uniu esse casal, e o efeito que essa união trouxe para o amadurecimento familiar de ambos os lados.


A Última Música
Talvez seja o livro mais criticado entre as leitoras  (pelo menos aquelas a quem tive acesso). Esse livro na verdade era um roteiro de cinema, encomendado pela Miles Cirus. Isso mesmo! Ela encomendou um roteiro com o Nicholas, que prontamente atendeu ao pedido da eterna Hannah Montana. Talvez por isso a estória  não tenha convencido as leitoras. Vai saber? Eu ainda não li para expressar minha opinião. E não me desfaço dele  nem morta. Não vou desfalcar a minha coleção do Nicholas.



Mais uma vez Nicholas Sparks nos mostra por que é considerado o mestre do romance moderno e seus livros são adorados por leitores de todo o mundo. Seguindo a tradição de seus mais belos romances, ele agora nos apresenta uma comovente história sobre família, amizade, amor, amadurecimento e, especialmente, sobre como perdoar e recomeçar. Aos 17 anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virar de cabeça para baixo quando seus pais se divorciam e seu pai decide se mudar para a praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que Ronnie e seus irmãos iriam passar as férias de verão com o pai na Carolina do Norte. Ele, por sua vez, ex-pianista, vive tranquilamente na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de reaproximação do pai e ameaça voltar para Nova York antes de o verão acabar. É quando ela conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda, apaixona-se profundamente por ele, abrindo-se aos poucos para uma experiência que lhe proporcionará imensa felicidade e dor, jamais sentidas.
Uma história inesquecível que nos fala sobre as várias dimensões do amor: o primeiro amor, o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, o recomeço e o perdão. A última música demonstra, como só Nicholas Sparks consegue, como o amor é capaz de partir e curar o coração.


Querido John
Outro que precisa de mais atenção de minha parte

Nicholas Sparks, autor número um de best-sellers, traz agora uma história inesquecível de um jovem que tem de tomar a decisão mais difícil de sua vida, em nome de seu grande amor.
“Querido John”, dizia a carta que partiu um coração e transformou duas vidas para sempre... Com um futuro sem grandes perspectivas, ele, um jovem rebelde, decide alistar-se no exército após concluir o ensino médio. Durante sua licença, conhece a garota de seus sonhos, Savannah Lynn Curtis.
A atração mútua cresce rapidamente e logo se transforma em um tipo de amor que faz com que Savannah prometa esperá-lo concluir seus deveres militares. Porém ninguém previa o que estava para acontecer: os atentados de 11 de setembro mudariam suas vidas e a do mundo todo. E assim como muitos homens e mulheres corajosos, John deveria escolher entre seu país e seu amor por Savannah.
Agora, quando ele finalmente retorna para Carolina do Norte, ele descobre como o amor pode nos transformar de uma forma que jamais poderíamos imaginar.


Por que Amamos Ler
Esse me chamou na estande da Novo Conceito. Sério!  Não consegui resistir a essa fofura. O livro é bem pequeno, e tem citações tão profundas sobre o amor aos livros  que não pude resistir.
Após herdar de sua avó inúmeras caixas com cadernos de anotações, coleção de frases, cópias de poemas e recortes que tinham vital importância para ela, o autor, ainda na infância, teve despertado o prazer pela leitura. E começou a colecionar citações específicas sobre livros por volta dos 16 anos, inspirado na famosa frase de Cícero “um quarto sem livros é como um corpo sem alma”.
O resultado dessa paixão pessoal é o livro “Por que amamos ler?”, que inclui textos escritos pelos maiores pensadores de todos os tempos. É simplesmente um compêndio de comentários sobre livros feitos por quem é ou foi um apaixonados pela leitura. Serve para nos lembrar do modo com que os livros nos humanizam, nos aproximam, faz aflorar o que temos de melhor; faz nos lembrar que livros causam impacto e que a leitura é importante.


---------------------------------------------------------------------------------------------


E continuamos a campanha "51 livros  em 2012". Se você tem um blog e gostaria de nos ajudar a divulgar essa ideia, coloque o banner aí num cantinho especial. O mundo de agradece:


Banner 1
Banner 2
E o primeiro Book Tour Alquimia dos Romances continua rolando. Nosso apoio incondicional a literatura nacional não é algo novo para quem acompanha o blog. 

E se você gostaria de participar, ainda dá tempo. Clique aqui e veja como participar!


Sigam e comentem... A pseudo-blogueira aqui agradece!!!

Beijos!

Elimar

6 comentários:

  1. A Novo Conceito é uma excelente editora! Foi minha primeira também!! *___*
    Acredita que nunca li nenhum livro do Sparks??? Mas esse ano lerei, sem falta!
    Parabéns pelo blog!


    http://umlivroqualquer.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Também gosto muito da Novo Conceito, o capricho deles com os livros que publicam é impressionante.

    ResponderExcluir
  3. Fiquei interessada pelo o livro por que amamos ler? deve ser muito legal. tá minha lista agora.

    ResponderExcluir
  4. Eu amo a Novo Conceito, acho os títulos dessa editora super legais e os preços são sempre acessíveis! ^^
    O único livro que eu ainda não tinha ouvido falar é esse "Por que Amamos Ler", e também fiquei super curiosa! *-*

    Abraços,
    http://leitorasanonimas.com

    ResponderExcluir
  5. Eeeeeeeeeeeeeeliiiiiiiiiiiiiiii!!

    Parabéns pela parceria com a NC, eles trazem titulos realmente MUITO bacanas (especialmente os do NS! *-*) e nos trata com um carinho sobrenatural. Eles são queridissimos!

    Beijokas! :*

    Raphaela
    Equalize da Leitura
    @EqualizeLeitura

    ResponderExcluir
  6. O unico livro da editora que li foi querido John e confesso que me surpreendi com todo o universo criado por Nicolas, ele realmente sabe envolver o leitor...eu realmente gostaria de ler outros livros dele mas minha lista é enorme...

    Belo blog!
    Amanda - Leitura Hot

    ResponderExcluir

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords