[Resenha] Casamento por Aparências: Dill Ferreira




Sinopse:
Para afastar o ex marido e não perder a guarda do filho, Amanda tinha apenas uma opção, casar-se com seu melhor amigo. Antônio era companheiro, atencioso e sempre esteve ao seu lado ajudando-a. Ela não conseguia imaginar-se casada com ele, não queria por em risco uma amizade como a que tinham, mas o que fazer? Ele a propora um Casamento de Aparências. Sem nenhum tipo de contato íntimo. Um acordo para proteger Amanda e seu filho. Sem alternativas ela aceita um casamento sem amor. Porém quando menos esperava, Amanda começa a vê-lo não apenas como amigo, mas também como homem. Agora quem irá protegê-la daquele novo sentimento. Como afastar-se daqueles braços que tanto desejava. Ela conseguiria manter-se imune aquele deus que a testava constantemente com sua virilidade? 

Comentários:

Já fazia tempo que eu não lia um romance tão fofo como esse da Dill Ferreira, essa escritora brasuca que veio para ficar. Melhor estilo romance florzinha, onde a gente suspira do início ao fim, já imaginando o desenrolar da trama. Amanda é a clássica mocinha de romances. Abnegada, sofrida, que vivia em torno da família construída com Breno, um homem egoísta e egocêntrico, que acreditava que o mundo girava ao seu redor. Um dia, nossa heroína flagra o marido com outra na casa dos sogros, e o casamento que já não era lá essas coisas, acaba. O problema é que o ex-marido achava que ela tinha obrigação de perdoá-lo, afinal, foi um erro momentâneo, eles tinham um filho juntos. É aí que a nossa heroína acorda para a vida: abre um negócio, bota o ex para correr e segue a sua vida. O lance é que o cara resolve chantagear a coitada, exigindo que ela volte para ele, ou ele vai tomar a guarda do filho de ambos. O que uma mãe faria nessa situação, para assegurar que seu filho não saia de seu lado? É aí que surge o melhor amigo bonitão e que ama o seu filho, e lhe faz uma proposta tentadora, para lhe tirar esse peso imenso: um casamento de aparências, só para fazer o ex-marido mala sair fora. Ela, que não é boba nem nada, aceita  barganha, sem perceber que está colocando seu coração nas mãos do amigo maravilhoso que arrumaram para ela. Antonio (Tony) é o mocinho perfeito: bom moço, carinhoso, amigo, companheiro e com pegada. Seu único defeito: ser inseguro demais. Só lendo o livro para entender do que estou falando! Ele não chega a ser um neurótico como vemos por aí, mas ele se deixa levar por algumas situações que não são o que parecem. Acho que a Dill é o tipo de escritora que vai se desafiando aos poucos, sempre dosando o que vai escrever no próximo parágrafo, calculando como uma boa matemática o próximo passo a ser dado. Acredito que os próximos livros tendem a ser melhores do que esse, mais desafiadores para ela. Não sei se é o seu livro de estréia (acredito que sim), mas se for, ela conseguiu fazer aquele bolo gostoso de fim de domingo, que a gente come para tomar café. Quando você percebe, já acabou. Bem rapidinho. E fica aquele cheiro bom na cozinha, como se ele ainda estivesse ali. Se você é uma romântica incurável, vai gostar desse romance. 

Biografia: 
Foi na adolescência que as inspirações começaram a surgir na autora. Seu maior passatempo era ler livros, em especial de romances, o que a levava a viver lindas histórias em sua imaginação.
Após alguns anos ela enviou sua primeira obra para um concurso ficando muito bem colocada. Desde então seu interesse pela escrita se aflorou. Formada em Administração de Empresas, Dill Ferreira divide seu tempo entre a formação, a família e o prazer de escrever.
Seu objetivo é construir histórias em que ela possa sentir-se parte delas. Quando a autora consegue tal feito, sente-se realizada, pois acredita que as pessoas que lerem sua obra, assim também se sentirão e poderão viver, mesmo que na ficção, uma linda história de amor.

Beijos e até a próxima!

Elimar

9 comentários:

  1. Oi Elimar! Fiquei com água na boca, tanto pelo livro, quanto pelo bolo. A trama parece ser muito boa, esse amigo propondo casamento de aparências me lembrou o livro Pode Beijar a Noiva, claro que o motivo é outro, mas o sentimento vai acontecer.
    Gostei muito do livro, não conhecia está escritora, e já deixei a dica anotada.

    Bjos!

    Cida

    ResponderExcluir
  2. Ai flor, li um livro com essas características e não tem como não se apaixonar pelos personagens. Acho que vou gostar desse também, adoro romances assim. bjs
    Eykler

    www.aghridoce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Elimar!!
    Essa é a segunda resenha que leio sobre esse livro e é a segunda resenha que fala tão bem sobre ele.
    Eu como uma verdadeira adoradora de romances, quero muito poder ler esse livro.
    Parabéns pela resenha.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Doida para esse livro chegar aqui em casa ^^
    Adorei ver sua resenha e ver o que achou do livro, sempre tem opiniões diversas e adorei ler a sua..
    Tenho muita certeza que vou Amar esse livro..

    Bom, só não gostei muito do Tony ser um pouco inseguro :(

    bjs
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Elimar, eu tbm li e resenhei este livro e como você adorei. O livro é muito fácil e gostoso de ler e você lembrou muito bem. Parece mesmo aqueles nossos romances florzinhas que gostamos tanto.
    A Dill Ferreira é um doce de pessoa, e com certeza veio para ficar. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi!

    Beeem, eu não sou mto romântica hehehe mas sou bem eclética com leituras.
    já vi esse livro em algum lugar, entretanto é a primeira resenha que leio dele. Achei interessante, um pouco comum... sabe essa questão de melhor amigo e tal, mas como vc bem colocou é um livro para ser lido numa tarde, algo assim.
    fiquei curiosa, principalmente pela parte da autora ser desafiante.. fiquei curiosa para descobrir mais sobre seu estilo de narrativa.
    vou dar uma chance ao livro!
    bjs
    Daiane
    nouniversodaliteratura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. A Lia me falou muito bem deste livro e agora com a sua resenha gostaria muito de lê-lo apesar da minha pilha ser interminável. Boa resenha

    ResponderExcluir
  8. Nossa, não sabia que esse livro era tipo romancinho fofo!!!
    Adorei!
    E sendo nacional, vai para a lista imediatamente!

    Bjks

    ResponderExcluir
  9. Eu amo viver um lindo romance nas páginas de um livro... Adoro suspirar com esses romances!!!!

    E preciso ler o livro da Dill,estou muito curiosa!!!!

    Adorei a resenha me conquistou totalmente!!!!

    ResponderExcluir

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords