[Resenha] Lilac: Deise C. Müller


Sinopse:

Lilin, uma succubus ambiciosa, tenta aniquilar Lúcifer. E como punição, é enviada a Terra e destituída de seus poderes. Transformada em feiticeira, Lilin assume vários consortes e começa um plano para reinar sobre os seis clãs dos feiticeiros. Meg cresceu acreditando ter herdado habilidades mágicas de sua tataravó feiticeira. Abandonada ainda bebê pela mãe, seu pai tenta fazer com que ela e sua irmã se interessem pela arte oculta, porém a última coisa que uma adolescente quer é aprender feitiços com sangue de galinha e adagas afiadas. Entretanto, quando Lauren, sua irmã, é assaltada e baleada, e Lucas seus ex-namorado, desaparece misteriosamente Meg se arrepende de não seguir os conselhos do pai. Meg retorna à cidade onde cresceu, para se afastar da dor do passado e da acusação nos olhos do pai. Seu passado, no entanto, não está disposto a deixá-la em paz. Craft, o suspeito inicial no desaparecimento de Lucas, acaba sendo o rei do clã Domovoi, o mais poderoso dos clãs, e sua única esperança de escapar de seu caçador, e da escuridão na qual seu coração se afundou. Mas quando sobreviver pode significar ser um receptáculo ambulante para um demônio que planeja destruir tudo o que você ama, e morrer significa destruir o coração daqueles que te amam, o que fazer? Um demônio banido… Uma linhagem condenada… E uma atração inevitável. O amor realmente supera tudo?

Comentários:


Não sou a maior resenhista do mundo e isso, vocês estão cansados de saber. Cometo erros imperdoáveis: já troquei nomes de personagens, nome de autores, nome de editoras e me perdi em vários momentos. Deixo meus gostos pessoais influenciarem meu julgamento e já deixei de recomendar um livro baseado em crenças que não deveriam vir a frente, mas de todos os defeitos do mundo, um não pode ser usado contra mim: a falta de verdade. Posso fazer uso de palavras mais eloqüentes ao me referir a um livro ou outro, ou até mesmo fazer algum tipo de gozação, mas nunca me isentarei de dizer o que acho de verdade sobre um livro. Essa introdução tão sem noção é para falar sobre “Lilac”, livro da escritora brasileira (com muito orgulho), Deise C. Müller, publicado pela editora Novo Século. Pensei muito antes de escrever essa resenha. Pensei, pensei e pensei. Depois, pensei de novo. Procurei resenhas sobre o livro, para saber se alguém já tinha conseguido transmitir em palavras o quanto esse livro é incrível. A Bianca Benitez do blog Apaixonadas por livros já tinha dado a dica, mas eu ainda estava longe de acreditar que era tudo aquilo que a Bianca tinha dito (clique aqui e leia a resenha maravilhosa da Bianca). Pois eu tinha razão. Não era tudo aquilo que a Lia tinha dito: era mais! Eu li em UM DIA e MEIO. Fiquei com aquela sensação de vazio, que a gente tem quando o livro é tão bom que precisamos de mais um pouquinho dele, para ter aquela fome saciada, mas que sempre está lá, presente... O que mais eu posso dizer? O livro tem tantos ganchos possíveis para outros livros que deixa a gente com água na boca, implorando mentalmente que Deise publique logo as continuações, para que possamos acompanhar essa saga fantástica (nos dois sentidos), envolvendo feiticeiros, demônios e humanos. Sei que a resenha ficou totalmente evasiva, mas não poderia ser de outra maneira comigo: tenho muita dificuldade de expressar com exatidão o quanto essa obra me marcou. Só posso dizer que vocês precisam ler esse livro! Com urgência!


Elimar

10 comentários:

  1. Lilac é maravilhoso,indico para todos as minhas amigas!!!

    Ele é bom demais,perfeito!!!

    bjsss

    Bianca

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha Eli, poucas vezes desde que te conheço te vi tão eloquente em uma resenha. eu estou doda por este livro,ele até figurou na minha lista de fim de ano ,mas não rolou. Com mais vontade ainda de ler.Valeu!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi Elimar! Eu gostei demais deste livro, e Craft, o que é aquele homem? Abana. Parabéns pela resenha.
    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  4. Com certeza...
    será um dos próximos, depois dessa intimação...

    Amei sua resenha, e eu gosto de livro assim... Bom D+ Sô

    beijos Mila

    ResponderExcluir
  5. Ahhh muito obrigada por ter gostado da minha resenha e ainda indicá-la.... valei amiga!!!!

    Eu adoro indicar os livros que gosto muuuitoooo para todas as amigas,quando o livro é nacional então eu fico mais empolgada ainda!!!!

    bjsssss

    Bianca

    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu AMEI esse livro!
    Estou muito ansiosa pela continuação!
    Espero que a Deise escreva um livro do Dunstan e do Declan!

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Elimar Souza, amei!!!!!!! Uau! Até esqueci a cólica rs de tanta emoção! Obrigada mesmo pelo carinho, espero não decepcionar em Silver! Amiga, você não faz ideia do bem que resenhas como a sua fazem para o ego. É isso que me motiva a continuar, porque o mercado editorial não é nada gentil com novos autores brasileiros. Mas daí vem os blogueiros ( que eu chamo de anjos da guarda ) e fazem tudo valer a pena!
    Eu coloco tudo de mim nas minhas obras. É como uma ida ao psicólogo. Abro meu coração, coloco um pouco das minha experiências pessoais, um pouquinho de tudo o que me forma. Saber que minha obra tem agradado à tantas pessoas, leitores ávidos que sabem bem o que é bom ou não... isso é extremamente gratificante.
    Um beijo enorme pra você e para todos os Alquimitas lindos aqui do blog!
    Dê!
    Não deixem de conferir a fanpage de Lilac www.facebook.com/serielilac

    ResponderExcluir
  8. Que fantástico ELimar! *-*
    É ótimo quando um livro nos envolve dessa maneira não é?
    Ainda mais literatura nacional, nos deixa cheios de orgulho.
    Eu já li ótimas resenhas sobre o livro e espero ter a oportunidade de lê-lo um dia.
    Beijos

    Camila Leite
    @sonhospontinhos
    http://sonhosentrepontinhos.com

    ResponderExcluir

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords