[Resenha] Sob o olhar do Amor: Janine Boissard


Sinopse:

Sob o Olhar do Amor - Histoire D'Amour - Janine Boissard

Se ela fosse bonita… Se ele não fosse cego… Mas Laura não é bonita e Claudio é cego. Ele é uma celebridade, ela é a sua guia. E, sem qualquer esperança, Laura vai apaixonar-se pelo grande tenor admirado no mundo inteiro. Porque a voz dele, entre desespero e cinismo, canta-lhe a beleza de um mundo que ele já não consegue ver, porque só ela consegue adivinhá-lo, porque ela o ama com o único verdadeiro amor: aquele que não espera nada em troca. Uma noite, sem pensar, ele promete-lhe a lua, mas ela é que quer oferecer-lha: convencê-lo a submeter-se a uma operação que sempre recusou fazer e que tem cinquenta por cento de hipóteses de lhe devolver a visão e um grande sonho - interpretar no palco o papel de Alfredo, na ópera La Traviata. Com a plena certeza de que no dia em que puder olhá-la Cláudio deixará de precisar dela, Laura está pronta para sacrificar o seu amor, por amor. Mas irá Cláudio aceitar essa decisão? Uma grande e bela história de amor escrita por Janine Boissard, uma das romancistas francesas mais apreciadas pelo grande público.

Comentários:


Estou devendo a leitura desse livro a mais de dois anos, acredito eu. Falta de tempo é a desculpa mais corriqueira, mas depois de o ter lido em apenas uma noite, vi que só foi isso mesmo: desculpa esfarrapada. Laura é a caçula de uma família normanda. Vivendo a sombra da beleza da irmã mais velha, ela sempre soube que jamais seria deslumbrante, e vivia em meio as comparações cortantes de seus familiares, por ser baixinha, morena e sem atrativos. Tendo como futuro ser professora na cidade onde nascera, Laura resolve fugir desse destino, e se torna uma bem sucedida assessora de imprensa, que tinha como intuito levar bandas ao estrelato, deixando-os depois nas mãos de assessores mais bonitos (é isso mesmo... Ela não tinha a aparência necessária para ficar com as bandas depois que elas faziam sucesso). Depois de uma conversa com seu chefe, Laura é convocada por ele e pelo agente de um cantor lírico famoso a escoltá-lo pela cidade, já que sua antiga assessora havia sumido as vésperas de um show muito importante, após se envolver com o tal cantor. Claudio, o mencionado cantor, é o mau humor em pessoa, mas um conquistador nato, já que as mulheres caem aos seus pés. Cego após um assalto, Claudio desenvolveu uma amargura que o consumia, mas que ele conseguia expurgar quando cantava, demonstrando toda a sua paixão através de sua voz. Se vendo apaixonada, Laura consegue penetrar aos poucos no coração de seu amado, mas sempre com a certeza de que se um dia ele voltasse a enxergar, ela não teria mais espaço em seu coração. Após descobrir que Claudio tinha 50% de chance de voltar a enxergar com um transplante de córnea, ela consegue convencê-lo a viajar aos Estados Unidos para fazer a cirurgia. Esse seria o momento da verdade: se ele voltasse a enxergar, poderia voltar aos palcos do teatro, e interpretar Alfredo na peça La Treviatta, ópera baseada no livro "A Dama das Camélias". Se não voltasse, voltaria ao ostracismo ao qual sua vida se tornara, tornando-se mais e mais ferido. O que vemos aqui é um amor sem limites por parte da protagonista. Apaixonada, ela quer que Claudio realize o seu grande sonho, mesmo sabendo que isso custaria a ela muito mais do que seu emprego, mas também seu coração. Claudio, acostumado a ter as mulheres aos seus pés, descobrirá que o sumiço de Laura é algo tão doloroso que deixará a música e a sua voz ditar as regras de seu coração. Pode-se se dizer que Janine Boissard quis falar de um amor romântico, daqueles entrados nos romances de M. Delly (muito mencionada ao longo do livro), e que fizeram um imenso sucesso na França dos anos 60, e no Brasil dos anos 70. Laura é colocada no lugar das mocinhas, que sempre sofriam por amor, mas que no fim conseguiam sua tão sonhada recompensa. Claudio é visto como a fera enjaulada em sua condição física, que vê em Laura alguém que lhe exaspera, que o desafia a sair da escuridão. Ambos "vivem" esse amor de maneiras distintas, mas com intensidades similares, que os leva a lugares nunca antes imaginados. Nos leva a pensar: até onde poderíamos ir por amor? Essa edição que li é portuguesa, mas não se aflijam: a Editora Arqueiro promete a publicação desse romance ainda para esse ano, então, é só aguardar. Como não regulo nada bem, é claro que eu vou comprar a minha edição brasileira né? Romance altamente recomendado para as mulheres que gostam de um amor doce, meigo e sem limites, que te leva a sonhar e refletir, imaginando porque todas nós não temos um "Claudio" em nossas vidas. Quem sabe um dia...

Elimar

7 comentários:

  1. Ah, deve ser uma gracinha esse livro.
    Pena que ainda não lançaram por aqui!!! =(

    ResponderExcluir
  2. Adorei a dica e e vou esperar ansiosa pelo lançamento da Arqueiro!!!

    Adoro romance fofo,em que a gente suspira muito!!!!!

    Como sempre você me deixa louca com suas resenhas!!!!

    bjsss

    Bianca
    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Mais uma resenha de enlouquecer os seus leitores... kkk
    Eu vou só aguardar a Arqueiro lançar por aqu, para comprar e poder ler esta história que é do jeitinho que eu tanto gosto!
    Vlw por mais esta maravilhosa dica. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  4. Hummm eu tb desejo esse livro.. vou colocar na minha lista de desejados agora...
    Beijo mila

    ResponderExcluir
  5. Lindo romance bem adocicado. + um Wook né Elimar? Você será linchada por amigas blogueiras enfurecidas aguarde,tá?

    ResponderExcluir
  6. Oi Elimar, adoroooooo romance com jeito de florzinha. Dqueles que diabético não pode ler senão a glicose sobe, rsrsrs; Vou espera pelo lançamento. bju
    Eykler

    ResponderExcluir
  7. Esse livro parece ser lindo.
    Vou esperar ansiosa a publicação da Arqueiro.
    bjs

    ResponderExcluir

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords