[Resenha] O Inferno de Gabriel: Sylvain Reynard!


Sinopse: Gabriel's Inferno - Livro 1 

A salvação de um homem. O despertar da sexualidade de uma mulher.

Enigmático e sedutor, Gabriel Emerson é um renomado especialista em Dante. Durante o dia assume a fachada de um rigoroso professor universitário, mas à noite se entrega a uma desinibida vida de prazeres sem limites.

O que ninguém sabe é que tanto sua máscara de frieza quanto sua extrema sensualidade na verdade escondem uma alma atormentada pelas feridas do passado. Gabriel se tortura pelos erros que cometeu e acredita que para ele não há mais nenhuma esperança ou chance de se redimir dos pecados.

Julia Mitchell é uma jovem doce e inocente que luta para superar os traumas de uma infância difícil, marcada pela negligência dos pais. Quando vai fazer mestrado na Universidade de Toronto, ela sabe que reencontrará alguém importante – um homem que viu apenas uma vez, mas que nunca conseguiu esquecer.

Assim que põe os olhos em Julia, Gabriel é tomado por uma estranha sensação de familiaridade, embora não saiba dizer por quê. A inexplicável e profunda conexão que existe entre eles deixa o professor numa situação delicada, que colocará sua carreira em risco e o obrigará a enfrentar os fantasmas dos quais sempre tentou fugir.

 Primeiro livro de uma trilogia, O inferno de Gabriel explora com brilhantismo a sensualidade de uma paixão proibida. É a história envolvente de dois amantes lutando para superar seus infernos pessoais e enfim viver a redenção que só o verdadeiro amor torna possível.

Comentários:

Escrevo essa resenha cansada, extasiada, deslumbrada... Eu não imaginava que esse livro pudesse me encantar, depois de graves decepções que tive nos últimos tempos. Não vou ficar menosprezando os outros livros, mesmo porque, existe público para todos eles, mas comparar "O Inferno de Gabriel" com qualquer outro livro do gênero é no mínimo desconsiderar todo trabalho de pesquisa e construção que a autora (ou autor, já que não sabemos o sexo da criatura) fez para escrevê-lo. Acho que nem posso considerar o livro como erótico, porque as passagens são mais sensuais do que explícitas (outro ponto para o livro). Não poderia deixar de mencionar o capricho no qual o a Editora Arqueiro preparou o kit no qual recebemos "Gabriel". Simplesmente perfeito! Criou a atmosfera certa para que as blogueiras devorassem a obra. Se você está se perguntando se a trama é mais uma fanfic de "Crepúsculo" a resposta é SIM! Se você amou a saga, provavelmente vai gostar desse livro. Agora, se a vibe "Vampiro que brilha" não te encantou, pode ler esse livro sem problema algum, porque ele tem uma pegada própria, mesmo sendo baseada em outro sucesso literário. Como em todos os livros do momento, o protagonista masculino rouba a cena, deixando muitas moças acaloradas e sem fôlego. A protagonista feminina não tem as mesmas neuras da outras, mas ainda tinha algumas pequenas manias que me irritaram profundamente, mas acho que isso foi ranço das outras leituras. Os traumas de Julia tem uma razão profunda de ser. Ela é uma figura frágil por fora, mas possui muito mais força e vitalidade do que pode-se imaginar numa personagem romântica. Nosso herói, Gabriel Emerson, começa seu "relacionamento" com Julia de modo rude, já que para ele era extremamente conflitante estar sentindo algo em relação a uma aluna; aluna essa que ele conhecera anos atrás, e com quem havia passado um momento tão importante e significativo, que o havia impedido de tirar a própria vida. Em algumas partes deu um certo "ódio" de Gabriel, mas acabei perdoando pelo que ele havia se tornado ao longo da trama: protetor, carinhoso, cavaleiro... A lista de adjetivos é imensa. Chamo atenção também para a delicadeza com que a trama é conduzida, deixando-a bem amarrada e fluida, com a dose certa de romance e suspense. Gabriel é um homem atormentado por segredos de seu passado. Segredos esses que ele acredita serem um empecilho para a sua felicidade, deixando-o tão desnorteado que ele se afastou de todos que amava, vivendo uma vida errante. Nesse caso, o que temos é uma linda estória de amor, onde duas pessoas extremamente feridas, acabam tendo que curar as suas mágoas e reaprender a amar. E para que curte um bom clássico, a trama trás com muita presteza nuances de "A Divina Comédia",de Dante Alighieri, já que Gabriel e Julia acabam sendo os nossos Dante e Beatriz contemporâneos. Mas não leia esse livro pautada somente na minha opinião. Outras amigas blogueiras escreveram suas impressões elogiando a trama:




Sobre Amores e Livros (da amiga Ana Vargas): http://amoreselivros.blogspot.com.br/2013/02/o-inferno-de-gabriel-sylvain-reynard.html 

Apreciem as resenhas das meninas e não deixem de comentar aqui... ;)

Beijos!

Elimar

20 comentários:

  1. Eu fiquei encantada com a história dos dois. Mesmo com vários pontos negativos não tive como não me envolver e ficar louca querendo o segundo volume.

    Gostei dos comentários e concordo que Sylvain deu o toque certo de romance e suspense. E acredito que não teria a mesma pegada se o livro fosse mais erótico. Acho que a sensualidade fez toda a diferença. E foi lindo ver um final melhor para Dante e Beatriz *-*

    Beijos
    Lica

    ResponderExcluir
  2. Nossa, agora com certeza estou com MUITA vontade de ler esse livro!!!! Amei a resenha s2
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ah concordo em gênero, número e grau com suas opiniõs... Gabriel rouba a cena desse livro e do momento em que vivemos na literatura, onde muitos lançamentos ditos eróticos enchem as livrarias, mas não encantam o público! Eu sou suspeitissima para falar de Gabriel, porque amo, amo o personagem demais e estou mega ansiosa pela continuação da trilogia. Fora que não me decidi ainda se ele ou Gideon serão os donos definitivos do meu coração em meio a tantos personagens nesse gênero literário. Mas com qualidades que Gideon não possuem e uma riquesa cultura na saga que Crossfire não alcançou estou propensa a eleger Gabriel o dono definitivo do meu coração no quisito literatura hot contenporânea...

    ResponderExcluir
  4. Ô mo pai... isso é coisa que se faça dona Elimar???? Eu estou tentando ao máximo adiantar minhas leituras, e chegar até Gabriel, mas pronto... Passarei ele na frente. Amiga, parabéns pela resenha. Eu não tinha dúvidas que o livro seria bom, mas sua resenha só veio confirmar minhas expectativas. bjssss

    Eykler

    www.aghridoce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ai, que alívio. Um que vale a pena comprar e ler. Queria ler os que tenho aqui, ms vc vai me fazer gastar dinheiro. Acho que vai valer a pena

    ResponderExcluir
  6. Eu adorei este livro! Eu fiquei sabendo dele qdo nem tinha sido lançado no Brasil então comprei na amazon em inglês e não me arrependo, valeu mto à pena. Adorei seu review Elimar.

    ResponderExcluir
  7. Estou lendo este livro no momento e simplesmente amando. Adorei sua resenha Elimar e concordo muito com tudo o que você falou... Estou completamente enfeitiçada e arrebatada por este livro. Com certeza entrará para a lista dos mais mais do meu coração. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  8. Ganhei o Inferno de Gabriel de presente e estou louca para ler. Mas no momente estou lendo Halo tenho a trilogia completa. Vc conheci, é boa? BJOS.
    http://merosemilay.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Nossa só de ler sua resenha eu já sei que vou amar, não sabia dessa comparação com crepúsculo.. já amei mais ainda ^^
    Quero conhecer esse Gabriel..
    Beijo mila

    ResponderExcluir
  10. Eu amei esse livro e a cada boa resenha que leio fico enlouquecida de vontade de reler...

    Gabriel é tudo e a narrativa do Sylvian não pode ser comparada aos livros do momento.

    Ainda estou completamente in love pelo Gabriel e por toda a história do livro.


    Lindo !!!!

    bjsss

    Bianca
    http://www.apaixonadasporlivros.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Meninas, estou doidinha por este livro!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  12. Olá, Elimar!
    Realmente esse livro é incrível! Não vejo a hora do segundo ser lançado no Brasil.
    Não sei se você sabe, mas temos contas oficiais no twitter (@GIFansBrazil) para cada país e, no caso do Brasil, eu (Bia) sou a moderadora. Posso divulgar sua resenha no nosso twitter?
    Dia 14/03 teremos o lançamento do título do novo livro da série!
    Abs
    Bia
    @GIFansBrazil

    ResponderExcluir
  13. Ai que feliz que fiquei em ler essa sua resenha!
    O inferno de Gabriel é minha próxima leitura, e agora fiquei bem mais animada com ele!

    Bjks

    ResponderExcluir
  14. Eli, eu tive algumas restrições sobre este livro,porém nada que não me fizer não gostar dele. Principalmente pelo autor ter calcado em cima de um dos maiores clássicos da literatura mundial. A minha verdadeira restrição foi a personagem feminina, não sei o que acontece que eles são sempre mais fracas que o personagem masculino,mas a leitura é poderosa e quem ainda não leu está perdendo a Arqueiro foi bem feliz neste lançamento.

    ResponderExcluir
  15. Ola, pelo que ando lendo de resenha desse livro, estou tirando minhas conclusões. Deve ser bom. Mas ainda não me senti atraida ao ponto de lê-lo.
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Oi Elimar,
    Adorei a sua resennha, puxa, não sabia que o livro era tão legal assim! Fiquei super curiosa para ler e saber o que vai contecer com o casal.
    Vou colocar ele na minha lista de livros desejados!

    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
  17. Bom Elimar, perva como você ficou seduzida por Gabriel talvez eu goste, estou começando a duvidar que irei gostar da leitura, depois que descobri que Julia é uma combinação feita por laboratório de Ana e Bella, sendo que podia chamá-la de Bellana kkkkk do que Júlia.

    Vamos ver... vou ver em breve e depois digo qual a minha opinião.

    ResponderExcluir
  18. Nossa, como a Julia é chata. Detesto personagens mto boazinhas, que ficam vermelhas a toa, que abaixam a cabeça.
    Achando o livro mto cansativo, totalmente parado. Não entendo a razão de ser uma trilogia (além da financeira).
    Quase na página 300 e nada foi explicado.
    Já passei o livro pra frente.

    ResponderExcluir
  19. Quando o segundo livro será lançado no Brasil??

    ResponderExcluir
  20. Gente, cavaleiro?? Acho que tem algo errado aí...

    ResponderExcluir

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords