Bienal do Rio 2013: Primeiro Final de Semana! (31 de agosto e 01 de setembro)

Gente, não sei nem por onde começar... Depois de muita espera, eis que finalmente chegou a tão esperada Bienal. Cada momento foi super divertido, até mesmo quando as coisas não saíram como o esperado. Minha amiga da Bahia, Maraíse, veio para passar o final de semana na bienal. Só vendo Mara de perto para ver como a pele e o sorriso são mais lindos do que nas fotos. E falamos pouco para tanto assunto. Mara voltou com uma intimação para Bibiane, Ana Carla e Paloma para a festa da AR do ano que vem. Vamos bombar nos 10 anos! Mas voltando a bienal...
Maraíse, Caio (meu sobrinho) e Lyncon (amigo do meu sobrinho) saímos cedo de cada para conseguir a senha para a sessão de autógrafos do Sparks. Eram 5:30 da manhã e já estávamos no ponto, rumo ao Rio-Centro. Chegamos 7:10 por lá e já tinha uma fila de aproximadamente 150 pessoas e demos aquela acelerada para ficarmos esperando "confortavelmente" por 2:30... rsrsrsrs. Eis que 8 da manhã, aparece de óculos escuros e um sorriso bobo, bem típico dele, meu aluno César, que só tem tamanho e safadeza. Ele chegou como não queria nada e ficou (não sei nem como ninguém reclamou). Depois ainda passou de meu sobrinho a bienal toda. E eu nem podia voltar atrás né? E ainda ganhei duas sobrinhas, porque a Bianca e a amiga dela chegaram depois, na confusão da entrada, onde ficamos bem atrás de uma multidão de 400 pessoas. E para completar, perdemos o Lyncon, em mais uma previsão acertada da senhora minha mãe, que havia ligado 10 minutos antes dizendo "Cuidado para não perder o Lyncon aí heim?". Para curiosos, ela não é a Mãe Dinah. Graças aos Deuses da Literatura, encontramos o Lyncon, que tinha corrido para uma entrada diferente da nossa. Foi nessa que ele, César, Caio e Maraíse resolveram se aventurar, e foram para a entrada se espremendo entre a mulherada enlouquecida, que estava pronta para matar que resolvesse entrar na frente delas. Foi uma loucura! Antes do previsto, abriram os portões, e foi aí que perdi todo mundo de vez. Ainda bem que encontrei Rosi (minha amiga), Natália (amiga e a famosa "Menina da Bahia"), e Layane (amiga nova e dona do blog "De tudo um pouco") logo na entrada. As fãs perderam sapatos, celular, relógio... E não foram poucas não tá? Muitas meninas deixaram para trás seus "adereços" para tentar a sorte, porque a correria não foi garantia de nada. Foi muita gente. Vocês não tem nem ideia do que estava aquilo lá. Como minha beleza e peso não permitem corridas mais intensas, marchei rumo ao estande da Arqueiro, pronta para procurar os meus amigos loucos, que já deviam estar lá a tempos. Achei logo o César, que parecia estar soltando os bofes para fora, tamanho o condicionamento físico do rapaz (um exercício aeróbico cai bem para essas ocasiões César... Vou precisar disso ano que vem para São Paulo, se liga... rsrsrsrs).   Sabe aquela cara que o seu amigo faz quando quer que a gente fique na frente dele na fila, mas não quer que ninguém que está ali perceba? Essa era a cara do César! Mas como o medo de morrer bateu mais forte em mim, não furei fila. Fui procurar meu sobrinho e Maraíse, pois eu já tinha me dado conta também que o Lyncon tinha sumido de novo (eita garoto para sumir). Cara, a fila estava tão grande que eu não vi ninguém conhecido. Voltei para o início da fila, na estande da Arqueiro. Eis que surge César, Caio e Maraíse, todos com suas senhas na mão. Preciso dizer que foi a maior euforia e emoção? Não né? Ainda mais que mais uma vez, encontramos o Lyncon. Agora, nossa meta era correr para o estande da Novo Conceito, por eles iam liberar senhas para a Emily Griffin. O pessoal da NC é super fofo e tranquilo, e pegamos a senha bem rápido mesmo... Só aí é que vimos os ferimentos de guerra do pessoal: César cortou a mão e deixou a bermuda ensanguentada. Caio conseguiu machucar o dedo do pé de tal maneira que deixou meia vermelha de sangue. Empurram o Lyncon na entrada que ele machucou o tornozelo. E Maraíse ganhou várias cutucadas... Só depois disso é que dispersamos e fomos as compras. Encontramos de novo a Rosi e agora com a Neli. As duas preparadas para a caminhada que seria a bienal. Entramos juntas em algumas estandes, mas logo perdemos as duas de vistas. Vânia Nunes (do blog A Borboleta que lê) me ligou e lá fui eu encontrar com as meninas de Nikity (Luciana Vargas, Dayanna Santana, Leomar Rodrigues e ela, a Diva, A Musa, a Rainha... Leila Perigo). A partir daí, foi só diversão. Rimos muito, mechemos com metade da bienal, e a outra metade se escondeu. Tiramos muitas fotos e conversamos com muita gente legal. Fora a galera que a gente encontrou nos corredores, passeando e sempre dava aquele abraço e depois partia para o próximo estande. Aproveitamos algumas promoções até às 13:00, porque tínhamos um encontro marcado com a Escritora Bia Carvalho, que finalmente acabou com a nossa angústia: Versos Sombrios, segundo volume da trilogia das Cartas havia sido lançado. Esse ano estou bem econômica nas compras, mas o livro da Bia merece. Esse vai ser o único que com certeza eu lerei dos livros comprados. Acredito que ainda hoje eu comece. A Vânia que é muito metida, já leu o livro. Vê se pode? Agora exijo a resenha. Esqueci de dizer que antes de ver a Bia, paramos para almoçar e fomos atrás de algumas coisa em conta. Gente, o que foi o preço da comida ali? SUPER CARO! Até os lanches estavam um absurdo. Uma garrafinha pequena de água estava custando R$ 5. Ainda bem que compramos só uma vez, porque íamos encher a garrafa nos bebedouros espalhados por lá. O lanche mais em conta que encontramos custou R$ 20: hambúrguer borrachento, batata-frita fria e refrigerante quente... E quem disse que a gente ligou? Comemos tudinho, sem reclamar... Fomos dar aquela parada estratégica no estande da Editora Planeta, e conheci finalmente o Felipe Brandão, responsável pelo Marketing e pelo Projeto Esqueça um Livro! Gente, ele é um fofo. Super simpático e atencioso. Sabe tudo sobre o catálogo da Planeta, e fazia todos os clientes se sentirem especiais. Quem saía dali já indicava para um amigo. Felipe, parabéns! Agora sei porque tudo que você faz é um sucesso. Seu carisma é o culpado!   Depois de mais andanças, pausas para ir ao banheiro e beber água, fechamos o dia com a Universo dos Livros, e batemos aquele papo esperto com o André Luís, com a Juliana Teixeira e com a Júlia, responsável pelas Mídias Sociais da Editora. Gente, que povo gracinha é esse? Não tinha ninguém de cara feia ali. Eles trabalhando o dia todo, e com um sorriso bonito pra gente. E não era forçado não tá? Sou suspeita para falar dos paulistas porque amo todos de paixão. Sou filha de uma paulista né gente? O encontro organizado pelas meninas do Clã de IAN (Irmandade da Adaga Negra) foi muito legal... Acabei conhecendo de vez a minha vizinha e fã de leitura Isabelle Carceres, que foi a responsável pela farofa que fizemos em frente ao estande. Ela trouxe sandubas e um doce delícia para nós. Acabei encontrando minhas amigas Vanessa e Marielli por lá e voltamos todas juntas em caravana para casa... Espero esse final de semana com muita ansiedade, então, falar que eu AMEI é até pouco. Na verdade, a sensação que eu tenho é que passa rápido demais, e que não curti tudo que eu deveria ter curtido...  Deixo para vocês algumas fotos desse primeiro final de semana. Mas não se acanhem: ainda tem mais: eu voltei a bienal essa quarta-feira com a minha amiga Lucy e encontrei alguns alunos por lá... Logo tem post sobre esse dia também e um post especial sobre as compras dessa bienal... Aguardem!

Autógrafo com a fofa da Marina Carvalho! O livro "Simplesmente Ana" entrou para a minha lista de favoritos de longe...

Essa não se cansa: o dia todo praticamente de pé, sorrindo e atendendo todos que passavam pelo estande da Novo Conceito! Minha próxima leitura será "Claro que te amo!". 

Foto com Clare e Jace... E foi muito gritinho para o rapaz gente!

Na boa, o rapaz era um gato, mas ainda não é o Travis (acho que todo mundo diz isso né? rsrsrs).

Para quem não conhece, essa é a Tita Mira, responsável por vários sucessos da Editora Verus! Entre eles, o meu amado "Belo Desastre"! Tudo que essa moça toca vira ouro... Quiçá a editora tivesse consciência do talento imenso dela!

Pausa para água, banheiro e cara de maluca total!

Parando para o almoço e tirando aquela foto! Quem vê assim pensa que a gente se gosta né? kkkkkkkkkkkkkk

Duas baianas e duas cariocas! Maraíse, Vânia, Natália e eu!

Que vontade de trazer esse trono para casa... Vocês não tem ideia de como eu ia tirar onda... rsrsrs

Eu e a fofa da Juliana Teixeira, que meu deu algumas coisinhas que eu breve irei sortear aqui para vocês...

Leila Perigo e a sua adaga branca... Perceba o manejo e o cuidado com que ela toca o instrumento cortante... É a experiência falando por si!

Garota It em frente ao estande do Grupo Editorial Record!

Novo programa da Band: mulheres ricas de Niterói! Estreia: Em breve, nas melhores livrarias do país!

Vânia em um momento Irmandade da Adaga Negra!

As guerreiras do clã, apresentando o evento dentro do estande da Universo dos Livros, depois de um contratempo não causado por elas! Meninas, ficou show de bola! Parabéns!

Dois momentos raros: Rai Lira usando sapato baixo e Vânia e ela se encontrando! O feitiço de Áquila foi quebrado!

Gente, tenho tantas fotos sobre a bienal que fica até díficil escolher as melhores para mostrar a vocês! Quem se interessar, é só entrar no perfil do facebook, porque ele é aberto: Elimar Souza!

11 comentários:

  1. Ri muuuuito com suas colocações, mulher.
    Mas passar o dia na Bienal contigo foi super divertido. Aprontamos de tudo um pouco, fizemos altas conexões, espalhamos marcadores pelos stands, conhecemos amigos de outros estados q só conhecíamos pela internet e revimos outros tantos q estavam sumidos.
    A bienal é pra ver e ser visto. Os livros são uma ótima desculpa.
    Ah, é claro! Aproveitamos umas promoções porretas.
    Pena q o local é longe e durante a semana a gente tem outros afazeres. Fica sempre um gostinho de quero mais...

    ResponderExcluir
  2. Ahhhh foi muito bom!!!! Já cansei o ouvidos das pessoas de tanto falar isso para todos!kkkkk

    Eli, você esqueceu que mesmo depois de toda essa marantona do sabado, nós sobreviventes fomos novamente para Bienal e passamos um domingo gostoso coma Nathália e a Layane. Adorei as conversas, as fotos, as resenhas, as pessoas que conheci.
    Como a Vânia disse a Bienal é um evento não só para vivicados em livros. É para encontrar amigos, se divertir coma familia, fazer contatos, enfim ser feliz nesse País das maravilhas.

    Eli amiga obrigada pro me receber e me acolher tão bem na sua casa, você é minha mais nova amiga de infância!! Te adoro de montão ainda mais agora depois de conhecer mais um pouco de você. E diz a D. Cida e ao Caio que mandei um beijão!

    ResponderExcluir
  3. Foi um prazer conhecer todo mundo, mesmo com a correria. E ainda nem sentei no banco, não fui ver a Bia Carvalho... Enfim, vou tirar o prejuízo esse fim de semana e colar em vc :))

    ResponderExcluir
  4. Adorei o post e saber um pouco, do muito que te aconteceu neste dia.
    Infelizmente meu primeiro dia de Bienal não foi tão produtivo quanto eu esperava! Houve vários contratempos e acabei chegando por lá depois das 15:00 h. Mas, graças aos amigos que encontrei por lá e ao Evento da Irmandade, acabei saindo de lá mais feliz!
    Bienal é magia pura!
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  5. Querida Elimar

    amei sua cobertura mas me explica porque esquecemos de tirar uma foto juntas?? :(

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No sábado a gente tira Raffa... A gente se cruza uma hora ou outra por lá. Amanhã vou estar por lá a tarde, com os meus pimpolhos... rsrsr

      Excluir
  6. Delícia de bienal e de encontro.
    Não sou guerreira como vcs de ir sábado e domingo. Morri de cansaço.
    Tbm não tiramos fotos, vamos ver se remediamos esse erro amanhã.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho que te entregar o presentinho que a Maraíse deixou para você Neli! Amanhã se falta! BJS!

      Excluir
  7. Ai que delícia... só fico triste por não estar lá com vocês!
    Deve ter sido o dia de aventuras, risos e diversão. Mas tudo bem, a Elimar vai repetir tudinho esse findi com duas curitibanas retraídas a tira colo... kkkkkkk. Vai ter que enturmar a gente!
    Bjkas,
    Monique Martins

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, aqui não tem esse negócio de ficar retraída não. A gente logo se enturma... rsrsrs

      Excluir
  8. Poxa Eli, a gente nem se viu né? Será que nos encontramos neste finde. gostei muito da tua cobertura. Bastante coisas divertidas e realmente o preço da comida sempre salgado.

    ResponderExcluir

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords