Resenha: Easy - Tammara Weber





Sinopse: Quando Jacqueline segue o namorado de longa data para a faculdade que ele escolheu, a última coisa que ela espera é levar um fora no segundo ano. Depois de duas semanas em estado de choque, ela acorda para sua nova realidade: ela está solteira, frequentando uma universidade que nunca quis, ignorada por seu antigo círculo de amigos e, pela primeira vez na vida, quase repetindo em uma matéria. Ao sair de uma festa sozinha, Jacqueline é atacada por um colega de seu ex. Salva por um cara lindo e misterioso que parece estar no lugar certo na hora certa, ela só quer esquecer aquela noite — mas Lucas, o cara que a ajudou, agora parece estar em todos os lugares. A atração entre eles é intensa. No entanto, os segredos que Lucas esconde ameaçam separá-los. Mas eles vão ter de descobrir que somente juntos podem lutar contra a dor e a culpa, enfrentar a verdade — e encontrar o poder inesperado do amor.




Oi pessoas! Andei sumida, é porque estava no blá blá blá das pessoas sem tempo: trabalho, final de curso, formatura, etc) Maaass cá estou eu novamente...

Para início de conversa vou abrir um parêntese aqui (Já repararam como ultimamente as sinopse dos livros já entregam tudo de cara? É uma chuva de Spoiliers na contra capa! Eu já estou evitando ler quando compro algum livro. Mas essa do Easy eu aprovo, não dá para saber dos fatos principais aí, somente lendo.) Ok! Parêntese fechado!

Bom esse livro é no estilo YA (Young Adult) que chegou para ficar, ficar em nossas prateleiras! Rsrsrs

Fui envolvida e sou simplesmente fã desse estilo e já li muitos livros que apesar de ser do mesmo estilo, ter o mesmo tema, apresentaram enredos diferente e por muitas vezes bem complexo.

Nesse livro a protagonista -Jacqueline ou Jackie- inicia o livro em uma situação muito delicada e desagradável, para  dizer o mínimo. Seu namorado, único namorado, terminou o namoro de 02 anos e a deixou sozinha com exceção de sua amiga e colega de quarto, pois seu círculo social era todo constituído por amigos do seu ex- (idiota) namorado. Então surge o lindinho do Lucas, que após ajuda-la na “situação delicada” ( não vou contar né?) de repente encontra-se em todos os lugares que ela vai.

Gente, sabe aquela pessoa que nós nunca vimos e que depois que somos apresentadas oficialmente ou não, você descobre que mora perto de você ou estuda/trabalha no mesmo local e agora o encontro é quase diário?! Então isso acontece com a Jacqueline, ela desperta o olhar para o Lucas.

E eis que aparece um novo personagem na historia, o monitor de economia Landon, porque devido a depressão-pós-ex – namorado a Jacqueline faltou muitas aulas e corre o risco de ser reprovada. Vocês irão curtir a troca de emails entre eles.

Eu gostei do livro, dos personagens, do enredo. Os personagens são bem construídos, cheios de complexidade, traumas, mas de muita simplicidade. Jacqueline e Lucas carregam traumas e dores que muitas pessoas não suportariam, ( vocês irão concordar comigo) o que só mostra como eles são fortes, principalmente quando estão juntos. Os dialogos entre eles são muito legais de se ler...

"Ele prendeu o lápis sobre a orelha, parecendo inseguro.— Hum. Que posição seria a mais confortável para você?
Eu não podia dizer em voz alta as respostas que surgiram na minha cabeça para essa pergunta, mas o rubor que se espalhou como um incêndio pelo meu rosto me entregou. Ele prendeu o lábio inferior com os dentes, e eu estava certa de que foi para conter uma risada. Posição mais confortável? Que tal com a minha cabeça enfiada debaixo do travesseiro?"

Mas não me apaixonei sabem?! Acho que muita historia ficou subentendida, faltou encaixar algo nas atitudes dele, na historia de vida dela, algumas cenas poderiam ser melhor exploradas, mas foi apenas sugerido, pincelado e não estou falando de cenas hot não ok?! Antes que me julguem! ( mas tenho culpa se sou fã delas?!)kkkkk
O mocinho Lucas é muito legal, mas não senti aquele estalo que senti com Travis Madoxx de Belo desastre ( Neli Knupp que não leia isso). Mas ainda sim recomendo o livro ,  não ter me apaixonado não quer dizer que não gostei, gostei e muito! É um passatempo gostoso que traz uma leitura bem agradável.

"Há coisas que não sabe sobre mim. Disse a mim mesmo que não mentiria para você novamente, mas não estou pronto para dizer tudo. Não sei se posso. Sinto muito."

Obs: Esse casal da capa não tem nada a ver com a Jacqueline e o Lucas. O Lucas do livro é total e irresistivelmente quente... os cabelos, as tatuagens, os olhos! (ui!) Vou até parar por aqui que marido não vai gostar, vou ler outro livro... rai ai.... kkkkk


Xeiro meu povo.

Maraíse

6 comentários:

  1. aff, parece que ouvi sua voz...kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Já TA NA LISTA!!!! E quero constar que ainda estou revoltada por você não ter dado meu nº pro Lucas que você encontrou hahahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paloma até hoje não acredito o quanto aquele carinha do buzu era parecido com o Lucas! Era ele na versão brasileira! Nossa.... Bote na lista mesmo!

      Excluir
  3. Eita que deu vontade de ler também!
    Bjs, ROse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo e depois venha aqui nos dizer o que achou!!
      Bjoks

      Excluir

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords