[Resenha] Survivors: Jean R. e Davi B.


Sinopse:

"O mundo como conhecemos simplesmente vem abaixo numa chuva de meteoros altamente nocivos aos seres humanos. Depois desse desastre natural, a realidade da humanidade se mescla com um território horripilante. Um vírus é disseminado pelo mundo, e a contaminação se dá através do contato com sangue infectado.
Um grupo de amigos do Rio de Janeiro um belo dia acordam e se deparam com a nova realidade instalada em suas vidas. Amigos, parentes, vizinhos... tudo se foi. O apocalipse descrito em tantos filmes e livros bem ali, ao alcance deles. Eles embarcam em uma aventura, em uma tentativa desesperada de salvar suas vidas, em um mundo onde SÓ OS FORTES SOBREVIVEM."

Comentários:


De vez em quando meu sobrinho e eu viajamos na maionese. Como somos fãs de Walking Dead, em um desses episódios de roer as unhas, conversávamos sobre a possibilidade de acontecer algo semelhante de verdade. Já fomos logo listando os lugares onde poderíamos pegar armamentos, munição, suprimentos, combustível, e é claro, um carro resistente. Nessa "viagem" muito louca, discutimos quais seriam os lugares mais apropriados para seguir viagem e parar para dormir e abastecer, porque teríamos que fugir dos grandes centros, que estariam cheios de zumbis e poucos recursos. Claro que eu contei para os meus alunos fãs da série essa loucura toda que bolamos, quando fui surpreendida com outras teorias bem interessantes sobre como sobreviver a um apocalipse zumbi. Na verdade, todos eles já tinham feito esse "exercício" que meu sobrinho e eu fizemos. Para mim, "Survivors" é um desses exercícios. Só que amarrado em uma narrativa de excelência, escrita por dois meninos de apenas 15 anos cada. Olha, foi impossível não ficar surpreendida pelo talento dos meninos para escrever. É escrita de gente grande, onde os capítulos vão desaparecendo rapidamente, porque você precisa saber onde ele estão e onde conseguirão chegar.  


"Survivors" nos mostra a jornada de um grupo de amigos que tenta sobreviver aos "infectados", outro jeito de se referir aos zumbis. Jean é o líder deles (mesmo que a todo momento o grupo e a narrativa diga que eles não têm um líder), e juntamente com Davi, seu melhor amigo, tentam sair do Rio de Janeiro, para tentar sobreviver por mais tempo. O que gostei dos dois personagens é o amadurecimento deles para lidar com a "nova vida", quase nos fazendo lembrar de nossos antepassados mais remotos, que lutaram uma guerra impossível de ser vencida, que era a do início da humanidade. Os meninos lutam uma guerra onde o vencedor garante mais tempo de vida em meio ao caos. Uma pequena garantia, porque ao mínimo descuido, todas as pequenas conquistas deles vão por água abaixo. Outra grande sacada é não fazer de ninguém HERÓI. Na verdade os meninos se tornam anti-heróis, porque a cede pela sobrevivência vai tirando a humanidade de cada um, fazendo até mesmo que eles se identifiquem pouco com outras pessoas. A ideia "nós primeiro, eles depois" aparece em vários momentos da narrativa, deixando o leitor com um certo nó na garganta, se perguntado se poderia ter sido diferente. Não existe "mimimi" na leitura. Até mesmo o sentimento de Jean por seu "amor teen" perdido é tratado com certa dureza, afinal, o mundo está acabando; não há tempo para suspiros e corações flutuando. O final foi duro e bem realista, e me deixou com vontade de acompanhar um pouco aquela realidade, mas aí, vai depender dos autores. 

O livro está sendo vendido pelo Amazon em e-book!

Clique aqui e compre o seu!

Para finalizar, deixo aqui a minha singela homenagem as famílias de Jean e Davi, que acreditaram no potencial dos meninos, e incentivaram a publicação desse livro. É de apoios desse tipo que nossos jovens precisam, para ganhar auto-estima e confiança, e continuar sonhando!

Elimar

4 comentários:

  1. Maravilha de resenha e amadorei o livro!! Mesmo sem ser fã de zumbis, fiquei totalmente ligada na história.
    Parabéns aos meninos e aos papais que apoiaram a ideia!!

    ResponderExcluir
  2. OLA AMIGA AMEI SEU BLOG...SEGUINDO AQUI ME SEGUE TBM... http://glamour2013.blogspot.com.br/ BJOKAS

    ResponderExcluir
  3. Fiquei muito interessada no livro, não tinha lido nenhuma resenha ainda.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  4. Eu ri, fiquei com raiva, sofri que nem um cão em determinada parte do livro mas, fiquei com sentimento de dever cumprido ao ver os meninos realizando um sonho e vendo o retorno que eles têm recebido das mais variadas faixas etárias de leitores. Tá linda Eli. Bjimmmmm

    ResponderExcluir

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords