[Resenha] Mago Aprendiz: Raymond E. Feist!

 

 

Sinopse - Mago: Aprendiz - Saga do Mago - Livro 01 - Raymond E. Feist

Na fronteira do Reino das Ilhas existe uma vila tranquila chamada Crydee. É lá que vive Pug, um órfão franzino que sonha ser um guerreiro destemido ao serviço do rei. Mas a vida dá voltas e Pug acaba se tornando aprendiz do misterioso mago Kulgan. Nesse dia, o destino de dois mundos altera-se para sempre. Com sua coragem, Pug conquista um lugar na corte e no coração de uma princesa, mas subitamente a paz do reino é desfeita por misteriosos inimigos que devastam cidade após cidade. Ele, então, é arrastado para o conflito e, sem saber, inicia uma odisseia pelo desconhecido: terá de dominar os poderes inimagináveis de uma nova e estranha forma de magia… ou morrer. Mago é uma aventura sem igual, uma viagem por reinos distantes e ilhas misteriosas, onde conhecemos culturas exóticas, aprendemos a amar e descobrimos o verdadeiro valor da amizade. E, no fim, tudo será decidido na derradeira batalha entre as forças da Ordem e do Caos.

Comentários:

 O Brasil estava órfão de uma editora dedicada a fantasia. Não que tenhamos poucas referências do gênero no país, mas acho que os fãs precisavam de um gás, para sentir que alguém poderia ouvir as suas preces, a maioria delas, feitas para Deuses Pagãos, é claro. A Editora Saída de Emergência, inicia suas atividades no Brasil com o pé direito. Estamos esperando um catálogo riquíssimo, e se o que pudemos ver no catálogo de Portugal se repetir por aqui, teremos grandes surpresas. Nesse livro que inicia as atividades por aqui, temos uma obra prima do gênero, criada por Raymond E. Feist, alguém que eu pouco conhecia, mas que já figura entre os meus autores favoritos. Dentro do gênero fantasia, temos aqui um clássico, escrito primorosamente bem, com personagens cativantes, que vão trazer muitos novos leitores para o gênero pelas terras tupiniquins. 

A trama pode ser resumida como um rito de passagem para a idade adulta, onde a inocência é deixada para trás, para dar lugar a aventuras que farão nossos protagonistas crescerem a cada página lida. Pug é um menino de origem desconhecida, que por ordem do destino (ou não), acaba sendo escolhido para ser aprendiz do mago Conselheiro do Duque de Crydee. Esse não era o desejo inicial de nosso herói, e ele teve que ver seu melhor amigo Thomas rumo ao destino que ele queria para si mesmo, que era o de se tornar soldado. Ao transpor a narrativa sob diversos pontos de vista, onde Pug somente é um deles, o leitor ganha vários aspectos da trama. 

 Um navio encalhado guardava segredo que poderia destruir o mundo de Pug e Thomas, e a partir disso, o amadurecimento deles consegue tocar o coração dos leitores, assim como a da princesa Carline, que ainda não compreende seus sentimentos por Pug, mas que os leitores poderão perceber a evolução disso ao longo dos outros livros (vamos aguardar). O livro deixou excelentes ganchos para serem explorados nas próximas narrativas, o que nos deixa com grandes expectativas para os próximos livros. 

Para mim, o livro encantou. Não só por ter dado jovialidade e cor a um gênero tão duro e difícil quanto o de fantasia. A questão aqui foi que Feist é um escritor habilidoso, que consegue trazer algo novo mesmo em um gênero clássico, cheio de gênios. Trazer uma trama rica e surpreendente, em um "reino" onde George R.R. Martin é o Soberano, é conseguir ser um senhor-feudal de primeira ordem. Basta saber se nas próximas tramas, Feist conseguirá manter suas possessões. É o que espero...

Elimar Souza

2 comentários:

  1. visite meu novo cantinho ainda to começando bjkas
    http://abracabook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Seu blog está em uma coluna lá do meu blog da uma olhadinha.
    http://abracabook.blogspot.com.br/2013/11/bookeando-por-ai.html

    ResponderExcluir

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords