Resenha: Tentação ao Pôr do Sol - Lisa Kleypas

Finalmente consegui um tempo para continuar a leitura dos Hathaways! E a tempo de fazer a resenha pro lançamento do livro! Já estava me roendo de curiosidade!

Capa linda! Igual a capa original do EUA

Tentação ao Pôr do Sol - Lisa Kleypas

Livro 3 dos Hathaways
272 páginas
Lançamento: 14/01/2014
Editora Arqueiro
Título original: Tempt Me At Twilight
Livro no Skoob

Sinopse: 

Poppy Hathaway está em Londres para sua terceira temporada de eventos sociais. Como nos dois anos anteriores, ela se hospedou com a família no hotel Rutledge. E, como nos dois anos anteriores, tudo indica que retornará a Hampshire sem ter encontrado um pretendente com quem se casar.
Apesar de ser extremamente bonita e gentil, Poppy tem duas grandes desvantagens em relação às outras moças: sua inteligência deixa muitos homens acuados e o fato de vir de uma família tão pouco convencional faz com que os melhores partidos nem sequer a abordem.
Mas o destino a coloca no caminho de Harry Rutledge, um homem de passado triste, que venceu na vida por conta própria e aprendeu a encarar tudo como um negócio. O dono do hotel não ama ninguém, confia em poucos e manipula todos. Porém, mesmo sendo tudo o que Poppy nunca almejou, ela não pode negar o fascínio que sente por ele.
Quando Harry conhece Poppy, é tomado pelo desejo. Ele imediatamente tem a certeza de que a jovem será sua – e, para o bem ou para o mal, não mede esforços para que isso aconteça.
Mas fascínio e desejo não serão suficientes para construir sua história, sobretudo quando uma traição põe em jogo as bases do relacionamento. Agora, é entre quatro paredes que eles tentarão resolver problemas e anular diferenças, num romance sensual em que seu futuro juntos pode mudar a cada toque, cada encontro, cada descoberta.

Resenha:

Depois de dois livros apaixonantes contando as histórias das irmãs mais velhas, Amelia e Win, claro que você pega o terceiro já naquela expectativa. E fica imaginando se será tão bom quanto. Ele é ótimo e a comparação é até invalida. Eu o achei diferente dos anteriores e o mérito é totalmente da autora. Escrever uma série não é fácil. Já li muitas e em geral as autoras levam todos os livros sob a mesma fórmula. Mas com esse livro a Lisa Kleypas conseguiu dar um novo ar a série.

O livro começa com o maldito furão, Dodger, que vocês devem lembrar-se do livro anterior. Ele é um danado, ao mesmo tempo em que fico fula da vida com ele, tenho adoração pelo bichinho. Muitas coisas acontecem por culpa dele. Aliás, nessa série a autora resolveu relacionar tudo a animais. Se agora já está assim, imagina no livro da Beatrix.

Falando nela, nesse livro ela foi uma personagem melhor. É notável como a autora tenta em vários momentos explicar (inclusive a própria Beatrix diz isso umas duas vezes) que ela é diferente, como um animal que não pode ser domado e tem muita dificuldade em se tornar uma dama. Nesse livro isso ficou mais claro. Antes, e acho que até reclamei disso na resenha anterior, ela parecia só uma garota que já estava velha demais para continuar com aquele comportamento infantil.

No início do livro, Poppy, que é uma personagem de quem sempre gostei e que prometia um bom livro, encontra logo com Harry. Por causa do furão e de uma carta! Harry Rutledge já “chega–chegando”. De cara você percebe que ele não está pra boa coisa. Mas ele se encanta por ela. E a autora sabe por um bom encantamento no papel. É bem descrito e explicado, não é aquela coisa de romance bobo que num olhar o personagem cai de quatro, jura amor eterno e em um minuto já vai arriscar sua vida pelo seu “amor”. É maduro, de acordo com o personagem. Aos poucos você vai descobrindo o que ela significa pra ele e é tocante.
- Poppy Hathaway, ele sussurrou como se fosse um encantamento mágico.
Ele havia a visto de longe em duas ocasiões, uma vez quando ela estava entrando numa carruagem em frente ao hotel e outra em um baile oferecido no Rutledge. Harry não compareceu ao evento, mas ele assistiu por uns minutos de um ponto de vantagem no balcão do andar de cima. Apesar de sua beleza refinada e o cabelo cor de mogno, ele não lhe reservou um segundo pensamento.
Conhecê–la em pessoa, entretanto, foi uma revelação.
Harry começou a se sentar numa cadeira e notou o veludo picotado e os pedaços de forro deixados pelo furão.
Um sorriso relutante curvou seus lábios enquanto ele se mudava para outra cadeira.
Poppy. Como ela havia sido ingênua, conversando casualmente sobre astrolábios e monges Franciscanos enquanto ela mexia em seus tesouros. Ela havia jogado palavras como montes brilhantes, como se estivesse espalhando confete. Ela havia irradiado um tipo de animação astuta que deveria ter sido irritante, mas ao invés disso deu a ele um prazer inesperado. Havia algo sobre ela, alguma coisa... era o que os franceses chamavam de espirituosidade. Uma vivida presença de mente e espírito. E aquela face... inocente e sábia, e expressiva.
Ele a queria.
Harry Rutledge é tão complexo que nem me aventurarei a tentar explicar, vou deixa–las ler. Ao mesmo tempo, ele é simples. Muito simples. Um mocinho com passado complicado e umas pinceladas de “oh, pobre Harry” que enternecem o coração da Poppy e o nosso.

Mas ele é um anti–herói. Não chega a ser aquele vilão que apronta as maiores tosquices e depois é resgatado. Ele seria mais um “anti–mocinho”. E há momentos no livro muito interessantes sobre isso, ele realmente diz isso a Poppy. E ela é obrigada a lembrar–se de que se casou com o vilão. E vamos combinar que foi muito mais interessante! Adoro um mocinho controverso.

Mas pulando o bla, bla, bla. Acho melhor avisar que sou uma pessoa suspeitíssima para resenhar esse livro. Porque eu sou uma fã loucaaa de livros de romance de época nos quais o casal se casa primeiro e desenvolve o romance depois. Quando eles se casam por procuração, se conhecem no casamento, são prometidos quando crianças, o rei manda casar, o mocinho prometeu a um moribundo que ia casar, o mocinho quer as terras da mocinha e invade tudo, quando é resultado de guerra perdida, fulana é raptada, casamento de aparências, um dos envolvidos se apaixona e o outro não... Podia tecer a lista toda! Eu AMO um bom histórico com essa temática.

E esse livro é desses! Não vou dizer os motivos nem morta, mas não é o casamento dos sonhos. E menina! Tem barraco, confusão e escândalo! Diversão garantida! Você até fica dividida, pobre Poppy. Morri de pena...
– Então Mr. Rutledge não é um louco decrépito? – Beatrix perguntou, soando desapontada.
– Céus, não.
– Como ele é?
– Bem bonito, na verdade. Ele é muito alto e...
– Tão alto quanto Merripen?
(...)
– Ninguém é tão alto quanto Merripen – disse Poppy. – Apesar disso, Mr. Rutledge é alto e ele tem cabelo escuro e penetrantes olhos verdes... – o estomago dela deu um pequeno e inesperado salto enquanto ela se lembrava.

E Harry é um vilão assumido, ele faz o que é preciso. Esse é o barato dele. Ele faz uma sacanagem federal! E ainda assim, ele tinha o seu ponto. Afinal, no amor e na guerra... E ele está certo e errado ao mesmo tempo. É aquela coisa, se você quer muito alguém, mas não tem coragem de lutar pela pessoa, você não merece. E ele é adepto desse princípio. Só que... ao seu jeito. E é claro que isso vai ser muito problemático. 

A Poppy tem uma boa personalidade, é uma típica Hathaway. Mas tem traços mais imaturos que as irmãs mais velhas. Não são irritantes, eu os achei bem descritos. E também fazem sentido. Ela fica confusa e procura conselhos das irmãs que são uma atração a parte. O mais legal agora é o Cam e o Kev se metendo como maridos muito entendidos no assunto! Até o Leo está metido a conselheiro amoroso nesse livro.

E eu lendo os pensamentos do Harry e pensando: Cam é calmo, espere só até Merripen chegar à festa. – Claro que ele não me decepcionou! Essa família é o maior barato! A cada livro gosto mais ainda deles. 

Merripen: Tem algo errado. Se você fez qualquer coisa para machucar a Poppy. Vou achar você e arrancar sua cabeça! MUAHAHAHA! Go Kev Go!!! *fangirl*

Não posso deixar de dizer que Miss Catherine Marks saiu da minha lista de desafetos. Eu a achava insuportável, ficava feliz toda vez que ela se ferrava. Mas esse livro é cheio de revelações e mudanças. E agora eu até gosto dela, estou inclusive torcendo pela sua felicidade.

O livro também é cheio de conselhos amorosos e bem humorados! Tem até uns versinhos sobre como ser uma dama.

Ah! Os momentos sensuais são abundantes e muito bem feitos. Eu estava lendo um outro romance de época em que as descrições eram tão bregas... E quando peguei esse da Lisa, foi um alívio!! E Harry Rutledge não fica devendo nada a certos Roms adorados! Ô! Por sinal, ele tem ideias muito interessantes sobre como usar três tentativas para escandalizar uma esposa. Gostei. E adorei que ele é um nerd! Super inteligente e engenhoso.
Ela o puxou para mais perto até que sua boca roçou a dele. O contato foi breve, mas vital. Criando um fulgor de calor entre eles.
Poppy o soltou cuidadosamente e Harry se afastou.
– Você não me beija por diamantes – ele disse, sua voz levemente áspera. – Mas beija por chocolates?
Poppy assentiu.
Quando Harry virou o rosto, ela viu sua bochecha tencionar com um sorriso.
– Eu vou fazer uma encomenda diária, então.
Também gostei de como a autora consegue trazer a história de volta ao ritmo já com mais de meio livro passado. Eu já estava até pensando que seria obrigada a reclamar disso, mas não precisei. Em dado momento tudo parece estar resolvido, você já passou por dois capítulos de calmaria e fica pensando se ela vai levar o livro até o final assim, porque ainda falta um pedaço considerável. Mas não, pode deixar que ela cria novas situações e problemas e complicações para você começar a roer as unhas de novo.

Será que tem algum conto pro Jake Valentine? Ela criou um personagem curioso...

Essa família está ficando cada vez mais perigosa. Imagina só os três maridos, Cam, Kev e Harry. Só gente braba e perigosa!! ;P

Vou concluir dizendo que esse livro é diferente dos dois anteriores. O que pra mim é ótimo. O ritmo, o tipo de história, o amor desenvolvido pelos personagens e a ambientação é diferente. Mas ainda nos mantém dentro do adorável mundo dos Hathaway. Não sei bem como compararia, o livro anterior foi muito intenso, afinal, Win e Merripen vinham construindo aquela relação antes mesmo do livro da Amelia e do Cam.

Não fique esperando o mesmo, esteja aberto a uma leve novidade dentro da mesma série. O livro é ótimo! A autora foi inteligente e muito criativa dando uma renovação ao sentimento de leitura da série. Eu super recomendo.  Amei a temática de desenvolvimento pós–casamento. E estou louca pelo próximo livro!



Eu to amando essas capas, eles estão sendo super fiéis aos lançamentos originais em inglês. E agora a editora está fazendo enquetes para os leitores escolherem qual capa querem para os livros, inclusive já escolhemos a próxima capa da série! O próximo lançamento dos Hathaways vai trazer a história do Leo e se chamará Manhã de Núpcias. O lançamento está previsto para Julho de 2014. Já quero!

Jabá

O lugar mais barato para comprar o livro é as Lojas Americanas por R$ 20,61.

Até a próxima!

Lucy Vargas

4 comentários:

  1. Estou mega ansiosa para ler! Falando sobre romance histórico você já assistiu o seriado Reign? É maravilhoso, acredito que você gostará! Beijão

    ResponderExcluir
  2. RSRSR Com certeza esse livro está na lista de leitura!
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde! Lendo a sinopse e sua excelente resenha, a vontade de ler esta trilogia aumentou! Já anotei e quero ler o mais rápido possível.
    Que blog mais lindo. Gostei muito daqui, parabéns.
    http://escrevendoporacaso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Estou esperando o novo também, gosto muito desse séria, acho muito divertida!
    bjs

    ResponderExcluir

Parceria Nova

Romances Femininos

Romances Femininos
Editora Charme: Uma Editora feita por mulheres, para mulheres...

Romances de Banca

Editoras Parceiras

 
 

Leia Leya

Biruta

Biruta

Gaivota

Gaivota

Networkedblogs

Google+ Followers

Para comprar o Livro de Lucy

Eli no Skoob

Lucy no Skoob

Faço parte das...

Esse livro é para você...

Esse livro é para você...
Um presente da NC!

Views

O Romance está no ar...

James Patterson na NC!