[Resenha] Tentação sem limites: Abbi Glines


Sinopse - Tentação Sem Limites - Sem Limites - Livro 02 - Abbi Glines

 

A vida de Blaire Wynn não foi nada fácil. Sua irmã gêmea morreu muito cedo, seu ex-namorado e melhor amigo a traiu e ela precisou cuidar da mãe doente até o último dia de sua vida. Depois de tanto sofrimento, o que ainda seria capaz de machucá-la? O terrível segredo de Rush Finlay. Depois de se apaixonar perdidamente por ele, Blaire descobriu algo cruel que destruiu para sempre o mundo que conhecia. Agora ela está mais sozinha do que nunca e precisa recomeçar a vida longe de todos que a feriram. O único problema é que não consegue deixar de amá-lo. Rush Finlay também não sabe o que fazer. Apesar das tentativas dos amigos e da família para animá-lo, o rapaz segue desolado. Ele já não quer saber da vida que levava, regada a festas, bebidas e mulheres. É atormentado pelas lembranças de um sentimento que jamais imaginara que fosse conhecer e que não pôde ser vivido plenamente. Nem Rush nem Blaire imaginavam que seus universos pudessem se transformar de forma tão radical. Porém, a maior reviravolta das suas vidas ainda está por vir. E ela será tão intensa que obrigará Blaire a engolir o orgulho, voltar a Rosemary, na Flórida, e enfrentar seus inimigos. Rush por sua vez, terá que lutar para consertar seus erros e se provar digno da confiança e do amor dela. Segundo volume da trilogia Sem Limites, que já vendeu mais de 5 milhões de exemplares no mundo, Tentação sem limites é tão viciante e tentador quanto uma paixão proibida. 

Comentários:

Enfim, consegui ler "Tentação sem limites". Pois é gente... O casal Blaire e Rush está de volta, e conseguiu tirar o meu sossego por algumas horas (eu li em seis horas esse livro... Sério gente... Só deu tempo de respirar e ir ao banheiro... rs). Para que ainda não conhece os dois, acreditem em mim, vocês estão perdendo um dos melhores romances New Adult do momento. Vamos iniciar os trabalhos com uma crítica. Suave, mas uma crítica. O primeiro livro terminou quase como uma novela mexicana. Não chegou a ser um dramalhão perto de Maria do Bairro ou A Usurpadora, mas me deixou com a mesma cara de taxo que eu ficava quando ainda tinha tempo e disposição para assistir TV. O que foi aquilo? Tudo bem que autora tinha que segurar a trama para continuar o drama no próximo livro, mas não poderia ter sido um pouquinho diferente não? Deixando isso de lado (momentaneamente), vamos ao segundo título, porque é disso que se trata essa resenha né? 
Blaire se vê diante de uma situação que a obriga a voltar para Rosemary, e precisa acertar alguns ponteiros com Rush, que se encontra perdido desde que ela foi embora. Mesmo tendo rompido com Rush por ele ter escondido segredos dela, Blaire não conseguiu esquecer Rush, ainda mais diante do momento que ela está vivenciando (me segurando com todas as forças do meu ser para não soltar aquele spoleir de fazer raiva em vocês... rs). 
Enquanto no primeiro livros eles podiam viver a tal "Paixão sem limites", agora ambos precisam conviver com a "Tentação sem limites" que é a de não vivenciar o que sentem um pelo outro. Apesar de ter sérias críticas a personalidade da Blaire, que se mostrou uma personagem tão promissora no primeiro livro, ela tem demonstrado uma certa "queda" não me agradou. Não sei... Via tanta atitude e decisão por parte dela, mesmo quando ela precisava morar de favor na casa do Rush, que fiquei meio desconcertada com essa Blaire de "Tentação sem limites". Que lê acredita que eu não goste da personagem, mas é exatamente o contrário. Ela é uma solitária, não por opção, mas pelas circunstâncias construídas por Abbi Glines, é claro... rs. Sem família e com um pai m... (já disse o quanto eu detesto o pai da Blaire?), ela teve que encontrar um caminho sozinha, sem a ajuda de praticamente ninguém. Ao contrário de Rush, que apesar dos apesares, é um mauricinho mimado... kkkkkkk
Peguei pesado? Maybe... Eu gosto muito da escrita de Glines, mas me incomoda a passividade em alguns momentos da trama. Tomara que essa minha impressão passe nos próximos... BJS!


Elimar Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords