Resenha: Estranha Perfeição - Abbi Glines

E aí, gente! To sumida porque estou muito sem tempo, mas a Elimar ainda não me expulsou então minha coluna aqui continua ativa! Yay! Então bora pro livro do dia!

Estranha Perfeição - Abbi Glines 
Série Rosemary Beach #3
Série Perfeição #1
208 páginas
Editora Arqueiro
Lançamento: junho de 2014
Livro no Skoob

Sinopse
Della Sloane não é uma garota comum. Ansiando se libertar do seu passado sombrio e traumático, ela planeja uma longa viagem de carro em busca de autoconhecimento e dos prazeres da vida real. Seu plano, no entanto, logo encontra um obstáculo: o automóvel fica sem gasolina em Rosemary, na Flórida, uma cidadezinha praiana no meio do nada. Neste cenário, ela conhece o jovem Woods Kerrington, muito disposto a ajudar uma menina bonita em apuros. O que ela não sabe é que Woods é o herdeiro do country club Kerrington e está de casamento marcado com Angelina Greystone, uma união arranjada que culminará na fusão de suas empresas, garantindo o futuro profissional do rapaz. Uma noite despretensiosa parece a solução perfeita para Della e Woods fugirem por um tempo de tanta pressão. Do passado que ela gostaria de esquecer. Do futuro de que ele tantas vezes tentou escapar. Mas eles não poderiam prever que a atração os levaria a algo mais quando os seus caminhos se reencontrassem. Agora precisam aceitar suas estranhezas para descobrirem a perfeição. Se você é fã da série Sem Limites, vai adorar este delicioso romance ambientado no mesmo universo sedutor criado por Abbi Glines. 

Resenha 

Recentemente eu passei por uma febre de Abbi Glines e li todos os livros da série Rosemary Beach. Quando a Arqueiro lançou o primeiro livro dessa série, sobre a Blair e o Rush, eu já tinha lido os 2 primeiros. Porque é simplesmente impossível ler um e não correr pra ler o segundo. Maldito cliffhanger.
E aí eu soube que eles tinham comprado o Woods. Pensei: É, acho que vou voltar pra Rosemary Beach e ler a história. Grande erro. Não consegui parar mais e aqui estou!

Sempre gostei do Woods e peguei o livro dele pronta para algo tipo Blair e Rush. Vocês já devem ter notado que a Abbi tem um jeito bem típico de escrever, você meio que já sabe como vai ser a sensação e se você gosta, você continua voltando e lendo mais. Não dá para evitar.
Eu realmente acho que ela tem um estilo que você pega e lê sem parar, porque é rápido e cheio de babado. E aí enjoa, ao menos eu fico enjoada e vou ler outras coisas. Um tempo depois, pego de novo os livros dela.

Bem, a mulher tava virada no drama nesse livro. Gente, ALL THAT DRAMA AND ALL THAT JAZZ AND ALL THAT SEX!  (todo aquele drama, todo aquele jazz, todo aquele sexo). Hahahahahaha

A Della, coitada... Vocês sabem que está uma febre lá fora de fazer mocinha que já aconteceu tudo de ruim com ela na vida. Você bota a mulher pra ser ferrada, adiciona desgraça, terror e morte e depois mais tragédia e faz a mocinha comer o pão que o diabo sapateou. Não, calma, não sai correndo! A Abbi não foi tão fundo, ela escolheu só uma linha de drama e foi com força. Você fica sensibilizada com a história dela. Uma pessoa com uma mãe daquelas e depois com o que acontece com ela... Pesado.
Ou seja, ela merece um cara que lute por ela e que seja capaz de defendê-la e de abrir mão de muita coisa pelo amor deles. Bem... Woods, baby!


E Woods finalmente parece que vai deixar de ser o garotinho do papai. Nós o pegamos no começo dessa transição e temos a oportunidade de acompanhar. Eu comecei o achando um tremendo babaquinha por aceitar aquela situação. Na boa, casamento arranjado em pleno século XXI, minha senhora? E ele aceita?! E nem é o caso daqueles gregos/italianos doidos que casam de aparência porque querem a mocinha de qualquer jeito ou porque o casal tem um acordo e tal. Era o pai dele obrigando por um motivo bem trouxa.

A Abbi é simplista, ela não tá nem aí se você vai achar ridículo o casal se conhecer no posto de gasolina e já combinar de dar umazinha depois. Juuro que tem motivo, a Della está lá pra conhecer a vida (eu nem reclamava de conhecer a vida via corpo sarado do Woods, assim é fácil). Enfim, a autora faz e te pega pelo pé, porque ela é dessas. Então eles se conhecem, se pegam e tchau. E você fica lá com o livro na mão, pensando: cacete, e agora? É aí que você continua lendo. 

Della passou por muita coisa, muita mesmo. E saiu pra conhecer a vida porque ela merece e uma das experiências dela é o Woods. Ela só não imaginava que ia reencontrá–lo. Sabe aquela patotinha onde tudo esperado acontece no clube que a Blair trabalhou? Prepare–se, você vai poder revê–los. Della acabou de se ferrar de novo e vai parar em Rosemary Beach “temporariamente”.

Pausa aqui pra adicionar o Tripp. Gente, to de olho no Tripp faz é tempo! Ele é o “cara que escapou”. Sabe, que foi embora de Rosemary Beach. E sempre é citado, aqui ele efetivamente aparece e wow, eu quero, já botei placa, já botei o livro dele lá no Goodreads como “me dá agora”. Enfim, não vou aprofundar o assunto porque não sei se gostei do par dele. Só sei que eu quero. E já vi que vai ter drama pesado!

Tripp descola esse emprego pra Della... adivinha onde! YAY! Ganha uma raspadinha quem chutar que é no único lugar que tem emprego para garotas bonitas e gostosinhas em Rosemary Beach! E vocês lembram quem trabalha lá e super ajudou a Blair? Ganha um picolé quem disser: Woods, baby!

Clique aqui para ouvir a trilha. Ps: Perdi totalmente o respeito por a Abbi ter colocado Miley Cirus aí no meio! LOL
Enfim, a gente passa o livro todo revivendo o terrível drama do passado da Della. Dá uma pena do cacete, confesso. Em outras faz você se sentir mal por ela, mas lá do meio em diante, começa a cansar e lá pro final você já está meio de saco cheio e desesperada pra saber OUTRAS coisas. Mas fato é que ela ficou com uma terrível sequela desse tempo e o Woods está disposto a tudo para ajudá–la.
Aí, claro, como se espera de um romance, eles se reencontram, pegam fogo e se querem de novo. E não pode, não dá, não é possível, é errado. Irritante e arrebatador. Fiquei muito entretida! Você fica super envolvida e torce pela Della, porque cara, a mina merece. E o Woods apaixonado é aquela coisa incontrolável. É Woods, baby!

Tem sexo. Quando descamba o sexo então, é sexo pra dar e vender na praia (não, o sexo não acontece na praia, pelo amor de Deus!). Eu nem sei como deu tempo de eles se pegarem tanto, se bem que acho que no outro livro eles se pegam mais. Foi difícil não confundir, porque essas histórias curtas e quebradas em 2 livros você se perde, acha que algo aconteceu no 1° livro, mas na verdade foi no 2°. (Sem pânico, eu olhei o livro de novo pra não escrever maluquice aqui). Mas é hot! 

Pausa aqui pra Angelina. É, sempre tem uma periguete maldita. Ela só não é pior que a Nam. Porque ninguém nessa história bate a Nam.

Meus porens são os típicos de quando leio um romance da Abbi. Ela te conquista com a simplicidade óbvia dela, porque ela tem esse talento, mas às vezes eu sinto que já está me subestimando um pouco. Felizmente ela também curte reviravoltas que te mantém lendo desesperadamente e os livros são curtos, dificilmente vão te cansar. Quando percebe, você já acabou (e está louca da vida querendo saber o que acontece agora ou esperando o próximo casal). 

 Ela é basicamente uma especialista em escrever romance sensual de fim de adolescência. Sabe, seus 20 anos quando tudo ainda era muito drama, amor demais, tudo demais? Woods já ta com uns 24 ou 25. Fato é que é tudo meio doentio quando o cara está com uma garota. O mundo não existe, só a garota. Nenhum cara pode chegar perto, tem um ciúme terrível de amigos, tudo é demais, nada pode. É um desespero que caramba. Absolutamente tudo é motivo de ciúme, não da nem pra outro cara respirar perto da garota. Isso é doença, não é normal. Em idade nenhuma. Mas na adolescência gente até tenta relevar porque é “fase”.

E o fato das mocinhas vazarem por baixo a ponto de molhar o short é uma coisa que não será discutida aqui porque eu não sou obrigada! 

E caramba! Com pais como os do Woods, você não precisa de supervilões na face da Terra! Que sacaneada! O pai dele vai arder no mármore do inferno. Mas eis que rola uma reviravolta, colega. E aí você vai precisar ler até o fim. É um cliff de leve, nada desesperador, prometo. Mas continue lendo.

Sim, eu já li o próximo livro, porque não me contive. Ah, a parada pega fogo no 2° livro do Woods, xinguei muito no Twitter! Hahahahaha Dá muita M no próximo livro, que ódio!
Esse livro entra na leitura antes do último livro da Blair e do Rush que eu também li e quase morri diabética, mas é uma fofura. Sai ainda esse ano! Parei no livro do Grant e por enquanto está ok! Sei que algumas leitoras adoram o cara.


*roubei as imagens todinhas da Arqueiro. 

Jabá 

A Saraiva está vendendo o livro por R$ 21,17 com desconto de 15%. Bom preço, né? 

Até a próxima!

Bjuux 

Lucy.

Um comentário:

  1. cara esse livro chegou pra mim esses dias.
    vou ver se dou uma lida nele logo, é bem fino então da pra ler rápido.

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords