[Resenha] Chamado às Armas: Elle Casey / A Guerra dos Fae #2

 

Sinopse - Chamado Às Armas - A Guerra dos FAE - Livro 02 - Elle Casey

 

Chegou a hora da guerra no segundo volume da série "A Guerra dos Fae! Em Chamado às Armas", os Fae da luz são convocados a fazer uma importante mudança e treinar seus dons mágicos para enfrentar os Fae das Trevas. Jayne Sparks e seus amigos Spike, Chase, Finn e Becky estão na iminência de uma guerra sangrenta e devem sofrer uma mudança, como crianças trocadas, para serem membros dos Fae da Luz com identidades mágicas. Poderão se transformar em elfos, ninfas, daemons, íncubos, anões e duendes verdes, querendo ou não aceitar suas novas identidades, desapontando-se com elas ou não. Como será resolvida a questão entre os Fae da Luz e os Fae das Trevas? Serão Jayne e seu grupo de amigos capazes de dar conta de uma missão tão espinhosa? Muitas respostas a estas perguntas, e outras tantas que foram provocadas pelo primeiro volume da série, serão respondidas aos leitores. E surgirão novos e fascinantes enigmas.


Comentários:

A continuação de A guerra dos Fae é nada mais, nada menos, que incrível. Não há uma página em que não tenha um detalhe importante para a história. O primeiro livro foi melhor que o segundo, pois ofereceu ao leitor a entrada para o mundo dos Fae. Mas, o segundo torna-se maravilhoso a cada página lida. O surgimento de novas espécies de criaturas, que vão sendo somadas ao conhecimento dos Fae, vão tornando a aventura cada vez melhor. Jayne ainda é o ponto principal da história. Neste novo livro, ela ganha novos companheiros e novos inimigos com quem se preocupar. Antes, ela estava sendo testada. Agora, ela é treinada intensamente para a futura guerra, entre os Fae da Luz e os das Trevas. A personagem descobre que irá desempenhar um papel decisivo nessa guerra, pois ela é de uma rara categoria dos Fae. A autora fez uma coisa que eu não esperava, nesta continuação: manteve Jayne com o mesmo senso de humor. Como a continuação se trata de um prepararo para a guerra iminente, eu acreditei que Jayne adotaria uma postura mais séria. Me enganei completamente. Ela certamente se torna uma personagem mais madura, mas não menos sarcástica ou engraçada. Continua desbocada e arranjando confusões no complexo, onde está. Sua ligação com O Verde também fica muito mais forte e ela descobre um grande poder e uma forte ligação com ele, que a mantém forte. Elle, a autora, foi brilhante ao escrever esta continuação. Os mesmos personagens, situações diferentes. A amizade da garota com Tony também é abordada neste livro, mas de maneira diferente. Eles estão mais afastados e Jayne sente falta do amigo. Mas o afastamento deles acaba se tornando essencial para a história. Os mistérios que ficaram no primeiro livro, foram descobertos no novo, mas fazendo com que surgissem novos. O romance entre Jayne e Spike me decepcionou neste novo livro. Eu esperava algo mais comprometedor entre os dois, mas a única coisa que a autora nos proporciona é a confusão de Jayne entre seus possíveis amores, o que é mais um dos motivos para que uma continuação venha logo para o Brasil. Esta série, sem dúvidas, se tornou uma das minhas queridinhas em muito pouco tempo, e deveria estar presente em mais estantes de amantes de livros.


Clique aqui e leia a resenha de As Crianças Trocadas, também escrita pela Clara .

Para adicionar Chamado às Armas a sua estante do Skoob, clique aqui!





 Quer prestigiar a Clara? Siga o seu blog, Treze para meia noite,  clicando aqui! ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords