[Resenha] As Coisas Que Você sabe Sobre Mim: Clara Sánchez

Sinopse - As Coisas Que Você Sabe Sobre Mim - Clara Sánchez

Patrícia é uma jovem modelo cuja vida parece marcada pelo sucesso. Em uma viagem de trabalho ela conhece a mística Viviana, sua vizinha de poltrona no avião, que lhe diz para ter cuidado porque alguém muito próximo deseja vê-la morta. Nada supersticiosa, ao voltar para casa, onde vive feliz com o marido pintor, Patrícia decide esquecer a recomendação infundada, até que uma série de acidentes começam a afetar seu trabalho e sua vida particular . A modelo decide procurar Viviana, a fim de encontrar uma explicação para o que vem acontecendo. Um romance sutil e arrebatador que fala aos leitores sobre o preço do sucesso e como, em certas ocasiões, as pessoas mais próximas podem ser as mais perigosas. 

Comentários:

Não me perguntem porque, mas eu sempre soube que a Editora Planeta era uma editora acima da média. Não só pelo trabalho impecável, desde a capa até o miolo de seus livros, como também o tratamento dispensando aos blogueiros, livreiros e afins (a simpatia aqui sempre foi uma característica inerente dos funcionários da Editora Planeta). Quando por curiosidade, algum de vocês derem uma olhada no catálogo da editora, perceberão que os títulos escolhidos seguem uma premissa fundamental: livros que vão ficar marcados na sua vida! Você pode até não saber disso naquele momento, mas acredite: é o que vai acontecer. Quando eu pedi "As Coisas que você sabe sobre mim", achei que teria uma leitura eletrizante, daquelas que te prendem e de consomem. Não imaginei que a trama mexeria comigo. As vezes isso acontece. Um livro nunca é simplesmente um livro. Ele pode despertar sentimentos, sensações, pensamentos... Às vezes é necessário apenas uma frase ou uma palavra para que isso aconteça. 
Como a sinopse é bem elucidativa, vou me ater ao que senti lendo a história de Patrícia. Será que ainda existe pessoas ingênuas, que não conseguem perceber o mal que as cercam? Amigos, família, marido... Todos são 100% bons? Ou são eles às vezes que mais desejam o  mal? Patrícia é uma pessoa que só vê o lado bom das pessoas. Mesmo com coisas "estranhas" acontecendo com ela, não existe isso de achar que alguém a está prejudicando deliberadamente. Ela só passa a questionar ou a prestar atenção, quando conhece Viviana, uma figura diferente e mística, que a a alerta sobre algo que a deixa apreensiva: alguém próximo a ela está tentando matá-la. Para mim, a "morte" é o que menos me causou desconforto. O que me intrigou de verdade é não perceber (assim como Patrícia também não percebeu) quem seria a pessoa que estava querendo fazer mal a ela. Quantas vezes somos confrontados com situações onde alguém que você menos imagina deseja o seu mal? Às vezes alguém por quem possuímos alta estima, e que para você, jamais faria qualquer coisa, por menor que fosse, para te prejudicar. Assim como Patrícia, nos colocamos em uma redoma de proteção e levamos nossa vida, acreditando que de determinadas pessoas, só receberemos o bem. Mesmo sendo uma obra de ficção, me coloquei no lugar de Patricia e percebi que infelizmente, é isso que acontece. Mesmo que as pessoas não estejam planejando a nossa morte real, mas estão torcendo para que o seu projeto pessoal afunde, ou que você se de mal no trabalho. Que você não consiga ir adiante com aquele relacionamento que te faz bem, ou até que você brigue com aquele amigo, que está sempre lá para te atender. Parece absurdo, e de fato é. Mas em algum momento da vida, você também vai ser confrontado com essa realidade surreal, de que nem todo mundo que você acredita que gosta de você, está realmente sendo sincero. Assim como Patrícia, que foi surpreendida com esse "fato", também estamos sujeitos a ter alguém "tentando nos matar". Não vou dizer que vamos estar prontos para quando isso acontecer, mas lendo esse livro, talvez possamos questionar quem são essas pessoas hoje. E passar a ter mais prudência ao falar sobre nossos anseios e objetivos para o futuro. O seguro não morreu apenas "de velho": morreu senil e com pequeno sorriso nos lábios!

Elimar Souza  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords