[Resenha] Labirinto de Espelhos: Bárbara Negrão #1

 

Sinopse - Labirinto de Espelhos - Vol. 1 - Bárbara Negrão

Quando a estudante Eva Lins conhece o misterioso e sedutor Willian não imagina quais segredos ele podia esconder por trás de tanta beleza. Que ele é perigoso, ela pôde ver em seus olhos desde a primeira vez que se encontram, porém, a vontade de estar junto a ele é maior do que qualquer pressentimento que a jovem possa ter. Chocada pelas revelações, e ao mesmo tempo atraída e fascinada por todo o mundo novo que envolve Willian, Eva não se deixa intimidar e se entrega à história que promete ser a mais emocionante de toda sua vida, sem imaginar que mais mistérios estão para serem revelados. 

Clique aqui e adicione "Labirinto de Espelhos" a sua estante do Skoob!

Comentários:

Equilíbrio! Toda boa história precisa ter esse elemento para dar certo. Não importa o gênero, o público ou o desenrolar da trama, se tudo não estiver bem dosado e pensado pela autora, de forma a não exagerar. Quando a escolha é sobre um tema que se acredita esgotado, aí que a autora tem que tomar cuidado mesmo. Bárbara Negrão mostrou que é valente. Valente, porque fez uma escolha que poderia ser um tiro no pé, já que muito se discutiu, falou, explorou, debateu e tantas coisas mais, sobre o tema que ela resolveu escolher para dar vida ao mundo de "Labirinto de Espelhos". Confesso que ao me deparar com esse traço, pensei que a história seguiria aquele rumo comum e sem grandes surpresas como o bestseller que caiu nas graças de inúmeras brasileiras. Mas o que Bárbara fez foi dar vida e voz a uma história nova, com um desenvolvimento autônomo e cheio de boas surpresas. Apesar de Willian e Eva serem os protagonistas dessa trama, os personagens secundários ganham um destaque muito interessante e divertido de se acompanhar. Cada um apresenta um traço que os torna marcantes, torcendo até mesmo para que a autora nos delicie com surpresas sobre eles, quem sabe nos próximos livros ou até mesmo um spin-off (olha eu arrumando trabalho para a Bárbara... rs). 
Mesmo acreditando no início que o livro seguiria o rumo dessa Saga hiper famosa, persisti e não me arrependi. A autora prova que ainda é possível inovar, mesmo que o tema trabalhado seja "batido", e prova que é possível contar uma história e ser um excelente escritora ao mesmo tempo. A escrita fluída deixa a leitura de "Labirinto" suave e nem um pouco cansativa, mas me fez parar algumas vezes, por não querer que a história terminasse logo (tudo bem, eu não sou normal). Mas o que me encantou foi a sua capacidade e talento de fazer com que ambos os protagonistas caíssem em nossas graças. Tanto Eva quanto Willian são personagens que amamos, e não houve, pelo menos para mim, nenhum momento que eu me sentisse raivosa com relação a um deles. O grande mistério de Willian (que você só vai descobrir se ler) é a grande mola propulsora dessa trama, e as teorias nos fazem imaginar o que esse personagem esconde. No skoob, dei quatro estrelas para o livro. Porque não dei cinco? Porque quando vejo que o livro tem continuação costumo ter um ADP (Ataque de pelanca) porque não ter o outro livro em mãos para saber o que acontece. Mas se o próximo livro tiver o mesmo ritmo que esse, posso esperar grandes momentos como leitora e como apaixonada por ficção que sou... Cabe a vocês agora conferirem...


Beijos!


Elimar Souza


P.S.: O que sei é que o livro esgotou em várias lojas on-line. Acredito que uma próxima tiragem já esteja sendo providenciada pela editora, que tem caprichado enormemente com suas mais recentes publicações. Quis ressaltar isso porque já critiquei duramente o tratamento que se dava ao autor nacional nessa editora em específico, mas vejo um trabalho primoroso e com muito potencial para crescer ainda mais. Fico feliz, por mim como leitora, como também para os próximos escritores, que serão apresentados a uma equipe super competente. Parabéns Bárbara! 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords