[Resenha] Metamorfose?: Gail Carriger


Sinopse:

Nesta deliciosa e maldita sequência da série iniciada com Alma?, Alexia Tarabotti se encontra envolvida, só pra variar, em um mistério sobrenatural. 
Alexia Maccon, a esposa do Conde de Woolsey, é arrancada do sono cedo demais, no meio da tarde, porque o marido, que deveria estar dormindo como qualquer lobisomem normal, está aos berros. Dali a pouco, ele desaparece – deixando a cargo dela um regimento de soldados sobrenaturais acampados no jardim, vários fantasmas exorcizados e uma Rainha Vitória indignada.
Mas Lady Maccon conta com sua fiel sombrinha, seus artigos da última moda e seu arsenal de respostas mordazes. Mesmo quando suas investigações a levam à Escócia, o cafundó do Judas onde abundam abomináveis coletes, ela está preparada e acaba provocando uma verdadeira reviravolta na dinâmica da alcateia, como só uma preternatural é capaz de fazer.  
Talvez até encontre tempo para procurar seu imprevisível marido. Mas apenas se... lhe der vontade. 
A série de STEAMPUNK mais cultuada do mundo!

Comentários:

Vou ter que confessar que fazer a resenha de Metamorfose? foi algo sofrido para mim. Eu já tinha comprado esse livro já faz um bom tempo, mas depois que eu terminei, fiquei com aquela sensação de vazio no estômago, que não dá preencher com absolutamente nada. Primeiro e o mais importante, é que O Protetorado da Sombrinha continua ocupando lugar cativo no meu coração. Alexia e Maccon ainda figuram como casal favorito de longe, e "Metamorfose?" só vem para corroborar tudo que já sabia sobre a escrita de Gail Carriger: fluída, inteligente, sarcástica, engraçada, divertida, sexy! Enfim... Não é a toa que essa série de steampunk seja realmente a mais cultuada do mundo! Agora como Lady Maccon, Alexia ganha uma posição de destaque na sociedade, e figura como uma das personalidades mais enigmáticas da corte da Rainha Vitória. Transitando agora como esposa de um Lobisomem, ela passa a chamar muita atenção sobre si mesma, mesmo que a maioria das pessoas não saibam que ela é uma "sem alma". 
Nesse livro, a vida de casada de Alexia não se resume a cuidar do marido e da Alcateia. Ao ser acordada os berros por Lorde Maccon, Alexia se vê novamente em meio a uma trama cheia de reviravoltas e dúvidas, onde a única saída é descobrir de fato o que está acontecendo, e para isso, ela segue rumo a mais uma aventura!
Gostei de vê-la interagindo em outro ambiente que não fosse a opressora casa de sua mãe, tendo maior liberdade para ser quem é, e desfrutando de uma vida que estava longe de sua realidade de outrora. A interação entre ela é Maccon ganha ares de um companheirismo forjado a séculos (sem qualquer trocadilho com a idade dele). Por seu novo posto de muhjan da Rainha, Alexia é uma pessoa que precisa redobrar os cuidados sobre si mesma, já que nem todo mundo sabe quem ela é.
A trama dessa vez gira em torno da recente humanização dos sobrenaturais, e a culpa, como de costume, cai sobre Alexia, já que somente ela teria o poder de torná-los humanos novamente. A questão é que logo se sabe que ela não tem nada a ver com isso, então, para tirar a culpa de si, ela precisa descobrir o que de fato está acontecendo. O livro consegue seguir o ritmo de "Alma?", sendo engraçado nas horas certas, sensual no momento oportuno, e eletrizante como a sinopse promete. Mas o vazio ocasionado no início dessa resenha vem exatamente do final totalmente inesperado que a autora dá para a história. Cara, é para deixar as fãs de Alexia com um nó na garganta que só "Inocência?" pode tirar. No meu caso, já está tirando... Ainda bem!
Clique aqui e leia o que achei de "Alma?"!

Clique aqui e adicione "Metamorfose?" a sua estante do Skoob! 

Beijos!

Elimar Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords