[Resenha] Inocência?: Gail Carriger / O Protetorado da Sombrinha#3


Sinopse:

Alexia Tarabotti enfrenta uma série de atribulações sociais, quiproquós e saias justas (embora compridíssimas) em plena sociedade vitoriana. Ao abandonar a residência do marido e se mudar de volta para o lar de sua terrível família, Lady Maccon se tornou o escândalo da temporada em Londres. Além disso, a Rainha Vitória dispensa Alexia do Conselho Paralelo, e a única pessoa capaz de ajudar a esclarecer os fatos, Lorde Akeldama, inesperadamente deixa a cidade. Como se não bastasse, Alexia é atacada por joaninhas mecânicas assassinas, indicando – como apenas joaninhas são capazes de fazê-lo – o fato de que todos os vampiros londrinos estão muito interessados em vê-la rigorosamente morta. Enquanto Lorde Maccon concentra seus esforços em ficar cada vez mais ébrio e o Professor Lyall se desdobra para que a Alcateia de Woolsey se mantenha coesa, Alexia deixa a Inglaterra em direção à Itália em busca dos misteriosos Templários. Somente eles têm o conhecimento sobre os seres preternaturais que Alexia precisa para entender sua crescente e inconveniente condição, mas eles podem ser piores que os vampiros – e estão armados com molho pesto. A série de STEAMPUNK mais cultuada do mundo! Best-seller do New York Times e finalista do Goodreads Choice Award na categoria Paranormal Fantasy.

Comentários:
Não foi fácil para mim ler esse livro. Eu confesso. O término do livro anterior (Metamorfose?) foi do tipo "O QUE?", "COMO ASSIM?", "JURA?". Eu nunca poderia imaginar que Gail Carriger pudesse fazer isso com Alexia. Esse talvez tenha sido um dos pontos mais altos do livro anterior, então... Imaginem a sede e gana que as leitoras brasileiras ficaram esperando por "Inocência?"? Não foi fácil não colega... Como não dou spoleir de jeito nenhum nas resenhas, muita coisa vai ficar nebulosa aqui, portanto, se você ainda não leu nenhum dos livros anteriores, não precisa ficar preocupado. Nesse livro, depois de voltar para a casa da família, Alexia passa por inúmeras situações complicadas (partiu meu coração gente). Ela precisa lidar com a nova situação, ao partir para Itália ela vai descobrir algumas coisas bem interessantes sobre parte do seu passado (parando aqui para não revelar nada). Não é novidade para ninguém que Alexia é alguém que desperta temor, exatamente por ninguém saber a extensão dos seus poderes. A vampirada londrina está doida para colocar as mãos nela, então, diante da situação em que ela se encontra, a solução encontrada é partir de Londres, e buscar respostas. Em meio a isso, vemos Lorde Maccon (ainda não consegui perdoar o personagem, devo dizer), que passa a encher a cara para lidar com a situação (que ele mesmo criou, diga-se de passagem).
Com muito mais ritmo e história, carregado de humor, sarcasmo e também sentimento, esse livro mostra exatamente porque essa série se tornou um frisson entre os fãs do gênero steampunk. Gail Carriger tem um talento enorme para conduzir e amarrar uma trama que, com um menor deslize, poderia se tornar um grande fiasco. Aqui, ela reitera o seu talento como uma das maiores escritoras da atualidade.

Ao brincar de maneira brilhante com vários elementos sobrenaturais, Gail trata questões como amor, família, amizade e confiança de maneira muito bem colocada e até tocante, eu diria, quando Alexia se vê diante de uma situação adversa e jogada aos leões da moral do período elizabetano. Alexia, mesmo não sabendo, é um ícone importante para as leitoras. Em um mundo estranho e bizarro, ela ousou ser ela mesma, e sofreu todas as consequências disso. O homem que ela escolheu (porque a escolha foi dela de se casar com Maccon), não dá a ela nem mesmo o benefício da dúvida diante do "inexplicável" (não vou revelar nada, prometo). Claro que ele vai se redimir um pouco depois (poderia ter sido bem melhor, na minha opinião), mas mesmo assim, é Alexia que leva sempre a surra mais forte. Espero que no próximo livro a trama possa dar a ela mais chances de mostrar que ela pode ser incrível, e dar o troco para quem a fez tanto sofrer. Resumindo tudo, mais um livro da Gail na minha lista de desejados.

Beijos!

Elimar Souza

Clique aqui e adicione "Inocência?" a sua estante do Skoob!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords