[Resenha] Tensão: Gail McHugh / Livro 01



Sinopse:

Após a morte da mãe, a vida de Emily Cooper vira de cabeça para baixo. Ela precisa de um novo começo, e Dillon Parker, seu namorado, a convence a se mudar para mais perto dele a fim de passarem mais tempo juntos.

Em Nova York, Emily arranja um emprego temporário como garçonete em um restaurante no centro de Manhattan. Ao sair para fazer uma entrega logo no primeiro dia de trabalho, ela esbarra em Gavin Blake, um empresário sexy e bem-sucedido. Assim que seus olhares se encontram, há uma tensão no ar, mas nenhum dos dois consegue entender ou explicar essa forte conexão. Atormentada, Emily tenta não pensar muito naquele desconhecido que mexeu tanto com ela.

Porém, ela descobre que Dillon e Gavin são amigos e que terá de conviver com ele muito mais do que poderia ter imaginado. Perdida em sentimentos confusos, Emily sente o desejo por Gavin crescer e se tornar mais ardente a cada vez que se encontram. Será que os dois vão resistir à tensão ou se entregar a essa paixão, apesar de todas as consequências?

Comentários:

Mais um sucesso da Editora Arqueiro para nós, apaixonadas por um romance sensual. A princípio, eu imaginei que Tensão poderia ser mais um romance com triângulo amoroso, onde a gente fica entre dois mocinhos fofos e que a mocinha, com uma indecisão que faz a gente querer se rasgar inteira, dá uma sorte do caramba, e fica com o mocinho TDB! A parte da indecisão da mocinha é fato nesse livro. Mas de resto, não tem nem o que questionar. Mais uma vez, quebrei a cara! Achei que eu ia detestar o Gavin. Esse lance de pegar geral e não acreditar no amor meio que já deu na minha cabeça. Primeiro queria dizer que gostei do livro. Só. Não foi um livro que me fez virar a cabeça, enlouquecer pelo protagonista, e querer arrebentar a cara da mocinha. O livro tem muitos elementos que nos fazem querer terminar de ler o livro logo, para saber como a autora vai fazer para colocar um pouco de juízo na cabeça da Emily e fazê-la ver que ela não deve nada ao Dillon! Essa foi uma das coisas que mais me irritou. Tudo bem que eu posso compreender o fato dela sentir gratidão pelo carinha, mas não precisa achar que deve alguma coisa a ele. Mesmo que autora não tem se aprofundado tanto nisso, a gente já nota que o Dillan é um babaca. Gail teve ótimas oportunidades para nos mostrar o quanto o cara era odioso, até para fazer um contraponto a fofurice do Gavin, mas para muita gente, isso nem seria necessário. 
A fluidez do livro muito se deve a excelente tradução e revisão, não dá para negar, mas o mérito maior é mesmo de Gail McHugh (quando a trama é uma bomba, não há tradutor no planeta que consiga salvá-la). 
Emily, apesar de ser indecisa, é uma personagem que a gente não consegue odiar e nem sentir raiva por muito tempo. Na verdade, todo mundo já deve ter conhecido uma Emily em algum momento da nossa vida: alguém que graças a uma insegurança não consegue se afastar de um relacionamento estranho, que não a faz mais feliz. 
Gavin é apaixonante! Não há outra palavra que consiga classificar com perfeição o que Gavin é no livro de Gail McHugh! A continuação desse livro, "Pulsação" está sendo prometida para muito breve, então, a ansiedade para saber o que vai acontecer com Gavin e Emily está perto do fim! 

Clique aqui e adicione "Tensão" a sua estante do Skoob!

Esse livro é para entrar na lista de favoritos! ;)

Beijos!


Elimar Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords