[Resenha]: Vampiratas - Demônios do Oceano

Título: Vampiratas - Demônios do Oceano

Autora: Justin Somper

Editora: Galera Record (22 de Maio de 2007)

Ano: 2007

ISNB: 9788501076373 

Idioma: Português

Páginas: 304





Sinopse:

Os gêmeos Connor e Grace Tormenta foram criados ouvindo os versos desta velha canção. A história de piratas vampiros que atravessavam os mares em um navio assombrado costumava acalmá-los nos momentos de temor. O que os irmãos nunca poderiam imaginar é que existia verdade por trás da lenda. Mas isso foi antes. . . Com a morte repentina do pai. que deixou um veleiro e muitas dívidas. eles devem escolher entre serem adotados pelo banqueiro da cidade ou irem para o orfanato de Baía Quarto Crescente. Assustados. decidem fugir e enfrentar o oceano. Mas uma terrível tempestade afunda o barco e os separa. Dois navios misteriosos presenciam o naufrágio e cada embarcação resgata um dos gêmeos antes de desaparecer nas brumas.
Divertido e original. Vampiratas: Demônios Do Oceano. de Justin Somper. ganhou os prêmios Birmingham Book e Solihull John Lewis Children’s Book. Fãs de piratas. vampiros e todos aqueles que gostam de uma boa aventura vão se deliciar com a jornada de Grace e Connor – uma história fantástica para todas as idades.

Olá pessoal!! Primeiramente Feliz 2016 a todos!!  E já vou começar o ano fazendo resenha do primeiro livro que li em 2016, Os Vampiratas – Demônios do Oceano! Já quis começar com uma série grande, tem um total de 6 livros. Mas são livros que da pra ler até bem rápido, li esse em um dia! 

A história do livro se passa em 2505 na Baía Quarto Crescente, litoral leste da Austrália. Lá o casal de gêmeos Connor e Grace Tormenta, foram criados pelo pai Dexter, o faroleiro da cidade, cresceram ouvindo cantigas e histórias antigas sobre os Vampiratas. Os gêmeos nunca se encaixaram muito na cidade, sempre motivos de fofocas. Até que o pai deles morre, deixando para trás nada mais do que dívidas e nem um teto para eles morarem.  Com 14 anos, mesmo não sendo crianças, também não são adultos e suas únicas alternativas é irem para o orfanato da cidade ou aceitar a oferta do banqueiro da cidade de ir morar com ele e sua esposa e serem os “animaizinhos de estimação” deles. Então Connor e Grace decidem pegar o barco do pai e se aventurar pelo Oceano, para fugir do destino que os espera em Baía Quarto Crescente.  Para o azar deles, são pegos no meio de uma tempestade e o barco é totalmente destruído, quando estão quase morrendo cada um dos gêmeos é resgatado por um navio diferente. Connor é resgatado pela Subcapitã do Diablo, Cheng Li, enquanto que Grace é resgatada pelo Aspirante Lorcan Furey do navio de suas cantigas, o Vampirata. E ai a história de fato começa.


Enquanto Grace sempre foi a com maior inteligência, Connor sempre foi o atlético, bom  nos esportes. A bordo do Diablo ele é muito bem recebido pela tripulação, se torna muito amigo de Bart, um pirata muito legal e que ajuda muito ele, vai ter aulas de combate com armas com a Cate a estrategista do navio e logo se tornará o prodígio do Diablo. O capitão Molucco Whrate é uma figura, bem excêntrico, tem o cabelo colorido e uma cobra de estimação chamada Scrimshaw que fica no seu cabelo e que adora Tâmaras. Ele e Cheng Li se detestam, mas como ela tem que passar um tempo como a Subcapitã para terminar seus estudos de pirata (sim sim tem academias onde você estuda a arte da pirataria, achei isso muito louco e maneiro) e conseguir experiência, eles vão se aturando. E depois que acontece um ataque ao navio e Connor acaba salvando a vida de Whrate, ele sobe mais ainda no conceito do capitão, se tornando muito querido por todos.

"Talvez eu trabalhe mais do que muita gente, mas sou livre de um modo que os outros nunca vão conhecer. E quando minha hora chegar vou estar preparado. Porque vivi mais nesses 22 anos do que a maioria das pessoas durante uma vida inteira." Bartholomew pág 82.



Já Grace acorda desnorteada sem fazer ideia de qual navio está abordo, Lorcan é o único com quem tem contato e vive presa em uma cabine muito luxuosa, mas sem poder nem olhar por trás das cortinas. As velas sempre queimam sem nunca acabar, comidas aparecem como mágica na cabine e ela vive muito cansada e sem ter noção nenhuma de tempo e hora. Grace desconfia que não esteja em um navio comum, a tripulação só acorda ao anoitecer, quando o alarme é soado todos saem de suas cabines e quando está perto do amanhecer outro alarme é soado, o toque de recolher, e o navio todo parece ficar adormecido. O Lorcan é um fofo, sempre preocupado com ela, faz companhia e sempre a acalma, e os dois acabam se tornando amigos. Não demora muito para que ela perceba que está no Vampirata e entra em pânico por estar rodeada de Vampiros, mas o capitão de alguma forma parece querer protegê-la e promete ajudar ela a encontrar seu irmão e fazer ele se juntar a ela no Navio, agarrada a essa esperança e com a ajuda da amizade de Lorcan ela vai enfrentar muitos desafios pela frente.




"As jornadas que nos testam até o âmago, que mexem com nossa mente e sacodem nosso espírito. São aquelas que valem a pena na vida, elas nos mostram quem somos." pág 273.





"Por maior que a gente seja, por mais longe que eu possa ter chegado, só é preciso o golpe da espada de um estranho para acabar com tudo." pág 176


O que eu achei muito lindo na história é o elo que o Connor e a Grace têm, eles parecem ter uma ligação, o Connor tem visões com ela. E mesmo quando são separados, no fundo eles acreditam que o outro está vivo, e não perde as esperanças de se encontrar. Tenho outras teorias também sobre eles, mas só vou poder ter certeza nos outros livros, partiu ler o próximo!! E achei o máximo o sobrenome Tormenta deles, bem forte! E quero saber sobre a mãe deles, que é o maior mistério. Esse primeiro livro é mais uma introdução para esse universo, à história mesmo vai começar a desenrolar nos próximos. Gostei bastante, bem diferente!



Daiana Moreira, resenhista e colaboradora do Alquimia dos Romances


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords