[Resenha] A Voz do Arqueiro: Mia Sheridan / Signos do Amor #1

Sinopse:

Cada livro da coleção Signos do Amor é inspirado nas características de um signo do Zodíaco. Baseado na mitologia de Sagitário, A voz do arqueiro é uma história sobre o poder transformador do amor.

Bree Prescott quer deixar para trás seu passado de sofrimentos e precisa de um lugar para recomeçar. Quando chega à pequena Pelion, no estado do Maine, ela se encanta pela cidade e decide ficar.

Logo seu caminho se cruza com o de Archer Hale, um rapaz mudo, de olhos profundos e músculos bem definidos, que se esconde atrás de uma aparência selvagem e parece invisível para todos do lugar. Intrigada pelo jovem, Bree se empenha em romper seu mundo de silêncio para descobrir quem ele é e que mistérios esconde.

Alternando o ponto de vista dos dois personagens, Mia Sheridan fala de um amor que incendeia e transforma vidas. De um lado, a história de uma mulher presa à lembrança de uma noite terrível. Do outro, a trajetória de um homem que convive silenciosamente com uma ferida profunda.

Archer pode ser a chave para a libertação de Bree e ela, a mulher que o ajudará a encontrar a própria voz. Juntos, os dois lutam para esquecer as marcas da violência e compreender muito mais do que as palavras poderiam expressar.

Comentários:

Mais um livro maravilhoso publicado pela Editora Arqueiro, carregado de muita polêmica. Para quem não sabe (ou não se lembra), o título do livro gerou muito bate-boca entre as fãs da série Signos do Amor, pois o título em inglês está relacionado ao persogem Archer, mas a editora optou por traduzir ao pé da letra, para associar com a editora, o que sinceramente eu achei que tinha uma lógica, mesmo entendendo os motivos da chateação do pessoal que é fã da série. 
Tirando as polêmicas iniciais sobre o livro, mais um grande acerto da editora (estou me tornando repetitiva já... Vão falar que eu estou puxando o saco). Uma trama linda, emocionante e com uma apelo dramático que me fez suspirar por horas a fio.  Archer e Bree são dois personagens marcados pela tragédia, e que ao se encontrarem, vão mudar o rumo de suas histórias. Bree chega até a cidade pequena de Pelion buscando uma vida nova, onde ninguém soubesse sobre a triste realidade que se abateu em sua vida. Lá ela conhecer Archer, um jovem que é ignorado na cidade, que não fala e está cheio de traumas, mas que guarda dentro de si uma vontade até então impossível: de ser amado e compreendido. O acaso faz com que eles se conheçam, e faz com que Bree passe a querer saber mais sobre esse jovem aparentemente tão bonito, mas que se esconde em meio a sua cabeleira e sua barba por fazer. Ele vive com seu tio Natan e seu primo Travis, que é um idiota completo. Prepare-se para ficar com aquela vontade incontrolável de abraçar e aconchegar Archer (sem spoleirs, juro... rs). Bree também vai surpreender vocês. Várias personagens femininas nos deixam desesperadas e irritadas, na mesma proporção, mas Bree é diferente. Sofrida (e com muita razão), ela busca uma vida melhor para si, e encontrar Archer faz com que ela tenha mais força para seguir adiante, sem se importar com as fofocas da cidade. 
O desabrochar de Archer vai fazer os corações ficarem mais apaixonados. Mia Sheridan figura em um lugar de destaque na minha estante, e creio que isso acontecerá nas estantes de vocês também. 

Clique aqui e adicione "A Voz do Arqueiro" a sua estante do Skoob! 


Gostou? Garanta já o seu:

Cultura: http://migre.me/sTcYU

Beijos!

Elimar Souza

Um comentário:

  1. oi flor,esse livro é lindo de todas as formas possíveis!uma história singela, com dor e amor em iguais proporções, é pra ler e se apaixonar mesmo
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords