[Resenha] Amor de Cordel: Andrea Marques

  

Sinopse:

 Aos 38 anos de idade, Carolina Borges achava que tinha a vida perfeita. Casada com Miguel, era feliz mesmo sem ter realizado o sonho da maternidade. No entanto, a convivência com o marido e seu bom desempenho profissional a deixavam satisfeita e segura. O destino lhe prega uma peça e, sem esperar, ela vê sua vida se modificar significativamente. Seu casamento chega ao fim, e sua carreira como terapeuta ocupacional, que sempre lhe proporcionou alegrias, passa a torturá-la. Isso acontece quando o jovem arquiteto Alexandre Bastos entra em seu consultório pela primeira vez, despertando em Carol sentimentos conflituosos que a farão repensar seus valores e a obrigarão a sair de sua zona de conforto para se arriscar em terrenos desconhecidos que poderão colocar em risco sua própria vida. Permeado por traições e intrigas, Amor de cordel é um romance contemporâneo que traz à tona assuntos do universo feminino, além de despertar a paixão até nas mulheres mais modernas e independentes.

Comentários:
Se você começar a ler Amor de Cordel achando que é só mais um romance, você vai se enganar (assim como eu meu enganei). Eu nem sei bem como classificar o livro de Andrea Marques, porque ele consegue ter coisas excelentes de vários gêneros, divertindo e trazendo reflexões muito bacanas sobre o universo feminino. Aliás, não só sobre isso, mas sobre relacionamentos, amizades, amor, perdas... Cara, o livro fala de tantas coisas que deixá-lo restrito a um gênero seria até uma injustiça da minha parte. 
Carolina é aquele tipo de personagem que a gente torce por ela a cada momento do livro. Diferente de algumas personagens, que vão evoluindo ao longo do livro, para mim, Carolina já é "Carolina". Mesmo com o sofrimento de ter seu casamento acabado e ter que se "reconstruir" depois disso, a personagem tem aquela aurea que nos faz gostar dela desde o início. 
Carolina cria logo um laço conosco, já que o romance é escrito na primeira pessoa. A escritora consegue fazer com que a leitura seja fluida e interessante, nos levando para o universo da personagem, fazendo com a gente sinta cada sentimento dela. 
Ao conhecer Alexandre, um dos seus pacientes na clínica particular onde trabalha, Carolina começa a sentir que seu coração ainda pode se apaixonar, e é exatamente o que acontece. O problema é que ele é mais novo que ela, e isso já cria uma barreira que é dificil de ser derrubada, pelo menos no início. 
O livro vai evoluindo de tal maneira que vai mesclando o romance de Carol e Ale com um bela pitada de diversão, pois cada personagem que vai aparecendo, vai dando mais um tempero a trama
Deixando várias mensagens bacanas, para públicos das mais diversas idades, Amor de Cordel é aquele tipo de livro que você dá de presente para a sua melhor amiga, para juntas poderem discutir a vida de Carol, meio que comparando com a sua própria vida. Em alguns momentos, meu desejo era ser amiga de Carol. Poder dizer a ela que tudo ia dar certo, para ela cair de cabeça no relacionamento com Alexandre, pois no final, tudo ia dar certo. Não dá pra ficar descrevendo o que acontece no livro, pois o melhor mesmo, é conhecer Carol, e "ouvir" o que ela tem para te dizer. Eu fiz isso e estou até agora suspirando. É só você dar uma chance também que vai se apaixonar. 

Beijos!

Elimar Souza

    

Clique aqui e adicione "Amor de Cordel" a sua estante do Skoob!

Compre o seu exemplar na Saraiva clicando aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords