[Resenha]: Mentira Perfeita - Carina Rissi

Título: Mentira Perfeita

Spin-off de Procura-se Um Marido

Autora: Carina Rissi

ISBN: 9788576864585

Ano: 2016

Páginas: 462

Editora: Verus





Sinopse:

Com Mentira Perfeita, Carina Rissi prova mais uma vez que o seu forte é contar boas histórias, com ritmo acelerado e repletas de paixão, humor e reviravoltas. Júlia não tem tempo para distrações. Ela é brilhante e sempre se esforça para ser a melhor naquilo que faz; por essa razão, sua vida pessoal acabou ficando de lado. Algo que sempre preocupou sua tia Berenice. Gravemente doente, a mulher teme que Júlia acabe completamente sozinha quando ela se for. Júlia faria qualquer coisa qualquer coisa mesmo! por tia Berê e, em seu desespero para agradar a única mãe que já conheceu, inventa um noivo enquanto torce por um milagre... E então o milagre acontece: Berenice se recupera e, assim que deixa o hospital, gasta todas as suas economias com o casamento dos sonhos para a sobrinha. Como Júlia pode contar a ela que mentiu, com a saúde da tia ainda tão frágil? É quando Júlia conhece Marcus Cassani. Ele é irritantemente cínico, mulherengo e lindo de um jeito que a deixa desconfortável. Marcus também está enfrentando problemas, e um acordo entre eles parece ser a solução. Tudo o que Júlia sabe é que deveria se afastar de Marcus. Mas seu coração tem uma ideia muito diferente... Mentira Perfeita é um spin-off de Procura-se Um Marido, uma história que se passa no mesmo universo da primeira. Aqui você vai conhecer novos personagens inesquecíveis, além de rever aqueles que já moram no seu coração.



Resenha:

"Algumas pessoas passam pela vida em um cor-de-rosa infinito, cheio de boas lembranças e histórias engraçadas que serão sucesso nas festas de fim de ano.
Eu não era uma dessas pessoas."

Júlia não tem tempo para distrações. Sempre muito focadas nos estudos e agora no trabalho, sua vida gira em torno do seu cargo na L&L Cosméticos e cuidar da sua tia Berenice. Dona Berenice tem um grave problema cardíaco e precisa urgentemente de um transplante, mas seu maior medo é que sua sobrinha fique sozinha depois que ela partir. Na esperança de animar um pouco o coração da tia Berê, em seu leito no hospital, Júlia e seu melhor amigo Dênis inventam o namorado/noivo perfeito para Júlia. Só que um milagre acontece, tia Berenice fica tão feliz com a notícia de que sua sobrinha está perdidamente apaixonada e sendo correspondida, que começa a apresentar sinais de melhora, e recebe alta do hospital. Ansiosa para conhecer o "príncipe encantado" que conquistou o coração da sobrinha, Júlia se vê em uma situação complicada, como explicar para sua tia que o seu "namorado" nunca existiu, sem fazer com que seu coração ainda fraco pare de vez? Em meio a essa maluquice, Júlia conhece Marcus.

Mulherengo, cínico, e um mentiroso de primeira, ele vê em Júlia a oportunidade que estava esperando. Depois de sofrer um acidente de moto a cerca de 4 anos, Marcus ficou paraplégico. Depois de 7 cirurgias, várias sessões de fisioterapia, e treinos regrados de natação, ele mantém viva a esperança de um dia voltar a andar. Marcus vive com seu irmão mais velho Max, e sua noiva Alicia, mas o que ele anseia mesmo é ter um pouco de liberdade, fazer suas próprias escolhas, sem ter sempre por perto alguém perguntando se ele precisa ou não de ajuda. Quando Marcus conhece Júlia, e fica ciente do seu problema, ele se oferece de imediato para ser seu "namorado de mentirinha", em troca que ela finja ser sua cuidadora, dessa forma seus pais permitirão que ele tenha sua própria casa, e assim ele vai alcançar a independência que tanto deseja.



Obviamente, como em todo bom e velho Chick Lit, Marcus e Júlia vão se apaixonar, e vão enfrentar algumas barreiras para que possam ficar juntos. Júlia teve uma infância difícil, abandonada pela mãe biológica, nunca conheceu o pai, ela vive constantemente com o medo da rejeição, e faz de tudo para alegrar e compensar aqueles que a rodeiam. Sempre se sentindo inferior aos demais, ela não acredita que Marcus possa ter mudado sua natureza cafajeste e se apaixonado realmente por ela. Já Marcus, se sente um "meio homem" devido a sua deficiência, como ele mesmo diz. Sendo Júlia um cuidadora nata, ele fica confuso: será que ela realmente o ama, ou está transferindo seus sentimentos de dependência para ele? Afinal, até certo ponto, Marcus precisa de ajuda e cuidados.

Mentira Perfeita, é um livro agridoce, que mistura muito bem uma pitada de drama e romance, com boas doses de comédia. Como sempre, a Carina conseguiu me emocionar e me fazer rir com mais um de seus livros. Lá no fundo, tenho esperança de que ela escreva mais algumas histórias nesse universo, já que somos apresentados a alguns possíveis casais no final da trama.
Como o livro se trata de um spin-off, nos deparamos com alguns personagens queridos do livro "Procura-se Um Marido", como por exemplo Alícia e Max (irmão mais velho de Marcus) que foram os protagonistas do livro anterior, entre outros. Leitura mais que recomendada, espero que todos consigam tirar ao máximo as lições que a história nos apresenta, como por exemplo, que a vida é curta, e precisamos aproveita-la com limitações e tudo.

Leiam, divirtam-se, se emocionem com a Júlia e o Marcus.. e depois venham aqui me contar o que acharam! rs

Beijos, e até a próxima!


QUOTES FAVORITOS:

"Eu nunca me socializei com facilidade, nunca fui capaz de conversar com pessoas que não conheço, como vejo ou outros fazerem. Passei pela escola sem deixar saudade em ninguém, tenho certeza. Exceto, talvez, nos professores. A questão é que as pessoas, uma hora ou outra acabam te decepcionando. Era por isso que relacionamentos, de qualquer gênero, eram tão complicados para mim. Você conta com alguém, ama esse alguém de todo o coração, ele ela vai embora sem aviso. Aprendi isso muito cedo, e evitava a todo custo me relacionar. Doía demais quando as pessoas iam embora."
"Eu esperava que Marcus estivesse certo em um ponto. Que às vezes você precisa se deixar cair no fundo do poço para, durante a escalada rumo ao topo, vislumbrar a força que tem nos braços. Eu estava lá embaixo agora, e não fazia ideia de como começar a subir."
"Às vezes você se sente tão sozinho que parece estar à deriva no meio do oceano. Nada à frente, nada atrás, nada em lugar nenhum exceto as ondas que quebram sobre você, ameaçando engoli-lo. Mas algumas vezes - raras vezes - um ponto negro surge no horizonte e vai crescendo até se tornar a silhueta de um barco, até uma mão se esticar em sua direção e você sair do inferno. Júlia era o meu barco, a mão estendida, o ponto negro no meu nada."
"Tá certo. A vida é uma grande merda às vezes, pensei, enquanto a segurava em meus braços. Mas em outras é quente e vibrante, e tão bonita que faz o peito doer. Não é o jeito como seu corpo se move, como você vê, ouve ou sente o mundo que importa, mas a maneira como você vive. E esta é a parte difícil: aprender a viver. Envolve ser adulto, aprender a lidar com as perdas e situações traumáticas. Também envolve se abrir para outro ser humano, aceitar a mão estendida, dar o melhor de si a quem se ama. Eu ainda estava aprendendo tudo isso. Quanto mais eu aprendia, mais bonita e preciosa a vida me parecia."

2 comentários:

  1. Doida para ler esse livro e amei a sua resenha. Encantada com seu blog, lindo e charmoso :)

    http://www.fabulonica.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Juliana!!! O livro é muito lindo, espero que você goste.
      Dei uma olhada no seu blog, e vi que você leu "Corte de Espinhos e Rosas", está na minha lista também rs

      Beijus! :*

      Excluir

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords