[Resenha]: Temporada de Acidentes - Moïra Fowley-Doyle

Título: Temporada de Acidentes

Autora: Moïra Fowley-Doyle

Editora:  Intrínseca (26 de Março de 2016)

Ano: 2016

ISNB: 9788580578942

Idioma: Português

Páginas: 256





Sinopse:

Guardem as facas, protejam as quinas dos móveis, não mexam com fogo. A temporada de acidentes vai começar. Acontece todo ano, na mesma época. Todo mês de outubro, inexplicavelmente, Cara e sua família se tornam vulneráveis a acidentes. Algumas vezes, são apenas cortes e arranhões. Em outras, acontecem coisas horríveis, como quando o pai e o tio dela morreram. A temporada de acidentes é um medo e uma obsessão. Faz parte da vida de Cara desde que ela se entende por gente. E esta promete ser uma das piores.


Olá povo!! Hoje a resenha é do livro Temporada de Acidentes da Intrínseca. Desde que começaram a anunciar esse livro eu já estava louca por ele, e superou minhas expectativas! É o romance de estreia da autora Moïra Fowley-Doyle, metade Francesa e metade Irlandesa, e não deixou nada a desejar na escrita, fato que os próximos livros que ela lançar eu irei ler! Achei que a escrita dela me lembrou um pouco com a da Maggie Stiefvater (autora dos Garotos Corvos) e eu simplesmente amo essa mistura de poesia e excentricidade na escrita, personagens singulares e história bem trabalhada, resumindo, a receita perfeita pra te prender ao livro e só conseguir parar quando chega no final!

É um livro único gente, SIM LIVRO ÚNICO, para aqueles que não aguentam mais começar a ler um livro e descobrir que ele pertence a uma série que tem seis livros ou mais, não que eu me incomode, até porque amo séries grandes que podemos aproveitar mais tempo com nossos personagens queridos! Mas conheço muita gente que reclama que a maioria dos livros hoje em dia pertence sempre a séries, trilogias principalmente. E como ele é pequeno e a leitura flui muito bem, quando você percebe já acabou. Bom, vou falar um pouquinho da história pra vocês do livro agora!


A história é narrada pela nossa protagonista Cara, que mora com a mãe Melanie que tem cabelo roxo, com a sua irmã Alice e com seu meio-irmão postiço Sam, mas eles não são uma família normal. O segredo que assombra essa família é a Temporada de Acidentes, todo mês de outubro eles ficam suscetíveis a acidentes, a se machucarem das formas mais estranhas. Precisam esconder as facas em casa, desativar o fogão, cobrir todas as quinas dos móveis e se livrar de todas as coisas que possam parecer perigosas. Estocam ataduras e analgésicos, só saem de casa com pelo menos três camadas de roupa. Cara e seus irmãos são dispensados das aulas de química no laboratório, ficam de fora das aulas de educação física e durante esse período eles precisam evitar ao máximo todas as situações perigosas. Pra quem os vê de fora, que não conhece a maldição da família, simplesmente os consideram esquisitos e excêntricos. As únicas que sabem desse segredo é Gracie, melhor amiga de Melanie e Bea a melhor amiga de Cara.

“É a Temporada de Acidentes: Acontece todos os anos na mesma época. Um período em que ossos quebrados, cortes e hematomas são frequentes.”

Ai você pensa que o livro vai focar mais neles passando pelas dificuldades da Temporada de Acidentes e tentando descobrir uma forma de se livrar dela, mas praticamente todo o mistério vai girar em torno de uma menina chamada Elsie. Logo depois da morte de seu pai, Cara se tornou muito próxima de Elsie durante um tempo, as duas foram amigas, mas depois que Sam entrou na sua vida, com o passar do tempo se distanciaram e Cara nem se lembrava mais dela direito. Até reparar que Elsie sempre aparece em todas as fotos que ela tira, seja um braço, uma perna, um pedaço da saia, do cabelo e começa a desconfiar que aquilo não pode ser coincidência. Então Cara, com a ajuda de Bea e Sam, começa a investigar sobre a vida da Elsie, perguntando a professores, diretores e parece que ninguém se lembra dela, a única coisa que sabem é que ela é a menina da caixa de segredos. As pessoas escrevem seus segredos em uma máquina de escrever antiga e depois coloca na caixa de segredos, ao final de cada semestre a professora de artes faz uma exposição pelos corredores pendurando os segredos e deixando ali para que outros possam ler e compartilhar seus segredos, para que não se sintam sozinhos.


Enquanto eles procuram pela Elsie que simplesmente desapareceu, acidentes acontecem a todo estante, pois estão no meio de uma Temporada de Acidentes, que segundo as cartas de tarô da Bea, será uma das piores. E como se isso não bastasse, ainda decidem fazer uma festa de Halloween que promete ser a melhor de todas do colégio em uma casa abandonada que encontraram quando foram ao endereço que estava nos arquivos de Elsie.

“Então, brindemos à temporada de acidentes, ao rio que corre sob nossos pés, onde naufragamos nossas almas, aos hematomas e aos segredos, aos fantasmas no sótão, mais um brinde à estrada de água.”

Cara e Sam tem uma ligação muito forte desde pequenos, ele é filho do seu ex-padrasto, mesmo depois que o pai foi embora ele continuou morando com eles. Eles se conhecem há sete anos, sempre formaram uma dupla que apoiava um ao outro, passavam a maior parte do tempo sempre juntos. Até que Cara começa a perceber que nutre sentimentos por seu meio-irmão e vai tentar relutar contra isso, porque mesmo não sendo irmãos de sangue, foram criados juntos e isso parece muito errado. A relação dos dois é muito bonita. Nossa como torci pelos dois!!

Alice é a mais velha dos irmãos e não acredita muito na Temporada de Acidentes, ela reluta a aceitar que todos os problemas sejam por causa de uma maldição ou coisa do tipo que está sobre a família. Ela é popular na escola, anda com grupinhos e diferente dos irmãos que são taxados de esquisitos ela tenta esconder os acidentes dos outros e agir o mais normal possível. Ela namora com o Nick, um garoto mais velho e que é vocalista de uma banda. No começo achei que ela fosse ser chatinha, mas com o desenrolar do livro ela me surpreendeu bastante, ainda mais que ela sempre se junta nas loucuras dos irmãos e da Bea, mesmo sem concordar de cara.

Bea é a melhor amiga de Cara e sempre está na companhia dos três. A ruiva está sempre acompanhada de suas cartas de tarô, fala de magia, acende velas para fantasmas, a chamam de bruxa no colégio. Sempre contando histórias de terror, vai ser de muita importante na busca por Elsie no livro.

Achei os personagens super bem trabalhados, tanto na caracterização como na personalidade. Sam com a mecha azul no meio do cabelo preto, a Bea que tem um estilo toda meio cigana/bruxa. A Melanie que não é uma mãe nem um pouco convencional, sempre com cabelo colorido. Bebe com os filhos em casa e fica mega super protetora na Temporada de Acidentes. Tem partes no livro que são tão loucas que você não sabe se os personagens estão alucinando ou se aquilo realmente tá acontecendo, achei muito legal! O final foi surpreendente, não esperava mesmo! E chega uma parte no livro que nada ta encaixando, ai você pensa que vai terminar meio sem sentido, mas ela liga todos os pontos no final!


Super recomendo a leitura galera! Espero que tenham gostado da resenha e até a próxima!

Daiana Moreira, resenhista e colaboradora do Alquimia dos Romances


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords