[Resenha] Um Acordo de Cavalheiros: Lucy Vargas


Sinopse:

Um romance sensual e arrebatador repleto de intrigas, morte e desejo.
Tristan Thorne, o Conde de Wintry, não é um homem para brincadeiras. Com uma vida de segredos, amado e odiado na sociedade, ele não é o parceiro ideal para uma dama.
Dorothy Miller não sabe o que há por trás de suas motivações, apenas que ele é bastante intenso. Os jornais dizem que ele bebe demais, joga demais e ama escandalosamente.
E até mata.
Como uma dama determinada a ser dona do próprio destino como Dorothy Miller acaba em um acordo com um homem como Lorde Wintry?
Você teria coragem de guardar um segredo com o maior terror dos salões londrinos?
Lembre-se: Nunca faça acordos com ele, pois o conde sempre volta para cobrar.

Compre o seu exemplar usando um cupom de desconto! Porque desconto em livro é sempre bom!!! 

Comentários:

Já disse mais de uma vez que não sou uma boa resenhista. Principalmente quando falo de um livro que gosto muito. Tento encontrar palavras que demonstrem minha afeição sem soar bizarra, mas devo dizer que eu sempre falho terrivelmente. Esse é um dos casos, estão, peço desculpas de antemão.
Me foi dada a honra de ser a primeira pessoa do planeta da Terra a ler esse livro (as outras galáxias eu já não sei). Como fã enlouquecida de romances de época que sou, eu sabia que esse livro seria um sucesso. Sabe aquelas certezas absolutas que a gente tem, mas não tem como provar? Então... Era isso que eu senti no momento em que eu havia terminado de ler o livro. Como leitora de tudo que Lucy Vargas escreve, naquele momento eu sabia que ela tinha alcançado uma maturidade como escritora que deveria ser apreciada pelo máximo de pessoas possíveis. Não seria justo que ele ficasse restrito a um público ou que não recebesse a atenção merecida. Deixar um livro pronto guardado em uma gaveta nunca é uma tarefa fácil para um autor. Mas eu creio que essa escolha foi determinante para o sucesso de hoje acontecesse. 
Conseguir escrever um romance de época sensual, onde gostamos de ambos os protagonistas, e realmente torcemos para que as coisas se resolvam para que eles possam ter um final feliz, é algo que vai fazer muita gente se apaixonar. Tristan e Dot conseguem a nossa simpatia desde o início do livro, e logo de cara nós entendemos que existe muito mais neles do que eles aparentam demonstrar. 
Tristan faz todos acreditarem que ele é só mais um libertino em busca de prazeres ilimitados, capaz de qualquer coisa para colocá-los em prática. Na verdade, ele tem uma missão maior que ele mesmo, já que a motivação que o move além de pessoal é também "profissional" (sem spoleir, prometo).
Dot é muito mais do que uma moça a procura de um marido. Na verdade, essa a última coisa que se passa pela sua cabeça. Ela quer encontrar um bom partido para a prima, e ter a liberdade para fazer o que quiser com a própria vida. Seu encontro com Tristan Torne lhe mostra que ela pode ser livre, e que é possível viver uma aventura, até o fim da temporada. Pelo menos é o que ela acha.
Sensual, arrebatador e incrível, Um Acordo de Cavalheiros é daqueles livros inesquecíveis, e uma excelente maneira de fazer com que pessoas que ainda não se aventuram a conhecer o trabalho de Lucy Vargas, comecem já. Uma maravilhosa combinação entre os romances sensuais e romances de época, trazendo o que existe de melhor e mais encantador dos dois gêneros.

Adicione "Um Acordo de Cavalheiros" a sua estante do Skoob!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords