[Drama] Para depois que eu partir - Heather McManamy e William Croyle




 


Aloha Meninos e Meninas

Hoje nós vamos falar sobre um livro que me emocionou muito, espero que gostem e deixem aqui sua opinião.

Sabe aquele livro que chama a sua atenção pela simplicidade dele, toda a vez que você entra numa livraria? Você não dá nada pra ele, ou simplesmente pensa:  Tá aí uma coisa que não preciso para minha vida agora, nesse momento, mas quero ler um dia.
Era isso que eu pensava toda vez que estava numa livraria e esse livro me chamava a atenção. Por sorte a minha ganhei ele na Bienal 2017 e tive a oportunidade de lê-lo, e é exatamente o oposto do que eu pensava, por mais sentimental que ele possa parecer, ele não é triste ou deprimente. Pelo contrário, até te sacode um pouco e te faz pensar no que você tá aproveitando da sua vida.

“ Busque a sua felicidade, aprecie cada dia”. Heather

Me diverti muito lendo, com o humor da Heather e a forma que ela diserta sobre as coisas a sua volta, depois da descoberta do câncer.

“Eu costumava ter medo de falar em público, até que um dia falei sobre o meu câncer para uma enorme plateia. Percebi não apenas que era muito boa nisso, mas que também, curtia muito o negócio. Não deixe que o medo o impeça de fazer o que quer que seja. E se você fracassar, o que é que tem? Não se arrependa por não ter tentado”.Heather

É um livro despretensioso, simples, um bate papo de mãe e filha. Nele Heather não quer ser depreciativa ou inspirar a auto piedade das pessoas por ela, ou quem quer que seja que esteja sofrendo do mesmo “mal”, e sim conscientizar as pessoas a fazerem justamente o contrário, ela quer continuar sendo vista como ela sempre foi. E sobretudo deixar a lembrança como seu legado para sua filha.
Não é sobre morrer e ter aproveitado a VIDA, é sobre VIVER, é a forma que ela encontrou, um jeito de permanecer VIVA, nas lembranças das pessoas que a conheceram e junto a sua família, mesmo depois de ter partido.
É sobre a escolha que se tem diante de um grande dilema: Você pode escolher entre ser a vítima ou o voluntário, passageiro ou condutor, dentro de si mesmo. É sobre ter a consciência de que o que importa não é como você irá morrer e sim como você irá viver diante das dificuldades que a vida lhe impõe dia a dia. No final, é ter sido completo, e ter encontrado a felicidade quando as pessoas diziam para você que ela não seria possível, ou mesmo seria por pouco tempo.  

“Sei como é difícil quando um animalzinho de estimação morre e lamento que isso tenha acontecido. Fique de luto pelo tempo que precisar, mas saiba que um dia isso vai passar, e em vez de ficar triste toda vez que pensar em seu animalzinho de estimação, você irá sorrir ao se lembrar de como era maravilhoso tê-lo ao seu lado.” Heather

Para depois que eu partir, não é sobre uma mãe deixar bilhetes encorajadores para sua filha, é sobre um ser humano deixar momentos inspiradores para as vidas de todos ao seu redor.

*Heather faleceu em 2015 e mesmo depois de partir ela ainda nos saúda com uma piada, publicada pelo seu marido Jeff no facebook para avisar sobre sua morte: “Então... eu tenho algumas boas notícias e também más notícias. A má notícia é que, aparentemente, eu estou morta. A boa notícia, se você estiver lendo isto, é que você não está (morto) (a menos que haja wifi na vida após a morte).

Estrelinhas: 

* As estrelinhas serão dadas de acordo a fluidez da minha leitura e as minhas impressões a respeito do livro, ok?
É a minha opinião, e adoraria saber das de vocês.


Desabafo

Para terminar eu gostaria de deixar aqui um desabafo, esse espaço literário foi criado pela querida Elimar, pra que ela e amigos pudessem compartilhar com as pessoas suas impressões, opinião sobre livros que foram lidos, então se porventura, prezados visitantes suas opiniões sejam diferentes das nossas, fiquem à vontade para se expressar, porém sejam civilizados, educados ao postar suas impressões, espalhem amor e gentileza, ao invés de se darem ao trabalho de criticar negativamente a opinião alheia, ou mesmo a forma que essa pessoa escreve. 
Lembre-se que muitas pessoas podem não ter tido a mesma oportunidade que você na vida.  

Namastê


Báh Borges

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords