[ Romance Hot ] Pertinácia - Sue Hecker









Aloha Meninos e Meninas,
Como vão vocês?

Que tal um apimentar um pouquinho esse fim de semana com essa beleza de leitura!
Devo dizer a vocês que estava curiosíssima para ler esse livro, e Sue não desapontou, embora eu desejasse, confesso um pouco mais de safadeza, mas a culpa é toda DELA, da Sue, por trazer a luz o avatar mais safado dos últimos tempos...ah, Jonas Pamplona seu te pega aiaiai...tenho pena da Rafaela...hahahahhahha.

PERTINÁCIA

Substantivo feminino
Qualidade ou ação de pertinaz; perseverança, tenacidade, obstinação.
Pertinaz
Adjetivo de dois gêneros
Que demonstra muita tenacidade; persistente.

PAG 112
Cedendo ao impulso, colo o meus lábios aos dela, mergulhando a minha língua dentro deles. Inicialmente, ela resiste, surpresa, e acho o desafio excitante. Sinto seu pescoço pulsar sob a minha mão, e em um movimento possessivo, seguro-a firme pela nuca e aprofundo o beijo até que sua boca relaxa. Esqueço de tudo ao senti-la gradualmente se render e correspondo, lento e metodicamente, transformando o nosso contato em algo quente e abrasador. Beija-la é quase mais que fazer sexo. Seus braços enlaçam o meu pescoço e eu a aperto junto a mim, pressionando-a e roçando minha ereção encubada por dias. Seu gosto é melhor do que eu imaginava. Ah! Ela solta gemidos sussurrados e e faltam palavra para definir como é ouvi-la gemer em minha boca. A necessidade de ter mais dela é tão grande que tudo dói dentro de mim. eu nunca experimentei esse tipo de sensação antes.

Deu pra subir o calor???
Então, vocês entenderam do que eu estou falando...rs 

Mais sério gente, vou contar rapidinho pra vocês a minha experiência com a Sue, em 2016 se não me falhe a memória, estava eu fuçando o facebook da senhora ilustríssima criadora desse Blog, quando me deparo com a divulgação de um livro intitulado O LADO BOM DE SER TRAÍDA, #meidentifiqueinahora, já me interessei, catei todas as informações do livro, da autora, descobri que ela estava de visita marcada para Salvador, já marquei na agenda: - preciso conhecer essa mulher, lê esse livro, antes da vinda dela chamei a Eli no privado pra perguntar mais dessa autora e ela foi só elogios, fiquei feliz, afinal é maravilhoso quando o autor/autora tem uma interação tão pessoal e positiva com os leitores/fãs. 
No dia sai correndo do trabalho, porque parece que quando você mais precisa tem sempre um atrasa lado pra te ajudar #sqn.  
Chequei na livraria, vi tudo lindo arrumado, mas graças a Deus, havia chegado um tantinho cedo, vi uma mesa linda arrumada cheia de corações, enfeites, batons, tudo muito lindo e um primor, decidi fazer um lanche rápido, cerca de 10 minutos depois que voltei já tinha uma fila imensa de suzetes - como as loucas pela Sue, se designam - totalmente loucas e eufóricas, uma algazarra deliciosa que jamais na minha vida pensei ser possível numa livraria, tenho que confessar que foi inesperado pra mim, não somente pela comoção que a Sue causou mas também pelo fato de eu ter conhecido nesse dia outras mulheres como eu que também se interessavam por esse tipo de literatura, e que foram tão simpáticas e acolhedoras comigo, sem sequer me conhecerem.
De repente, no meio de um papo, indicações de livros, eis que ela chega radiante, alegre, e a mulherada ficou enlouquecida, jamais vi isso na vida e achei sensacional. E pasmem tinha uns rapazes lá também e muito me surpreendi quando um deles já um senhor maduro, virou e disse que ele e a esposa também adoravam esse tipo de leitura, que ler apimentava a relação, rs
Quando chegou minha vez, eu tava morrendo de vergonha, ela perguntou meu nome e me pediu pra escolher um batom, - eu claro escolher um vermelho e ela riu e falou, nunca vou me esquecer, vocês baianas já gostam de um batom vermelho, hein? Achei aquilo uma graça! Ela ainda perguntou se eu já conhecia o trabalho dela e eu disse que não, que havia visto no face de uma amiga chamada Elimar, do Rio de Janeiro e tinha me interessado, ela sorriu e me perguntou, você é amiga da Eli? Manda um beijo pra ela, diz que eu estou com saudades, ela é uma fofa! 
Depois desse dia, de revê-la na Bienal 17, e do carinho que ela me dispensou sempre, essa loira me ganhou, não só pela leitura, mas pela simpatia e espontaneidade, e desde então não larguei mais dela, com esse já são 4 livros na minha estante e eu continuo amando não só o trabalho dela, como a pessoa.
Bom, eu me alonguei/empolguei um pouquinho no minha "pequena introdução" da Sue na minha vida, mas era preciso porque fico super feliz e contente por ver nossos autores nacionais tão valorizados dentro do nosso país, PERTINÁCIA já era um dos mais vendidos na AMAZON na sua primeira semana.

Em O LADO BOM DE SER TRAÍDA, foi nos introduzido o personagem da Rafaela, que nos trouxe um misto de amor/ódio e pena, e claro ao final do livro ficamos, certamente eu fiquei, bastante curiosos para saber mais não somente sobre sua vida, mas também o fim que ela havia tido após sua demissão da casa do Marcos e da Bárbara.
Sendo assim, não precisamos mais dormir na pia, PERTINÁCIA, nos traz a tão aguardada conclusão do que teria ocorrido com a vida da jovem enfermeira Rafaela, após sua dispensa "desonrosa" como cuidadora da pequena Vitória, que era como uma filha pra ela. 

SINOPSE

A vida de Rafaela nunca foi fácil, Da infância passada em um orfanato à mudança para São Paulo, ela sempre teve que superar diversos obstáculos que surgiam em seu caminho. Quando tudo parecia entrar nos trilhos e a jovem enfermeira pensava ter encontrado o amor, um erro lhe tirou tudo, e ela não sabe como recomeçar.
É exatamente em seu momento mais frágil que Rafaela conhece Jonas, um advogado confiante, sexy e vaidoso, que parece determinado a seduzi-la. Mas, depois de uma grande desilusão, Rafaela não quer ceder à atração que sente por Jonas e correr o risco de arriscar se machucar de novo. Será que essa jovem inocente e pertinaz conseguirá resistir aos encantos de um homem experiente?
Pertinácia é uma história sobre conquista: de confiança, de objetivos e, especialmente, de amor.

Super indico a série mosaico pra vocês puderem se deliciar um pouquinho com esses trabalhos maravilhosos de um das escritoras mais carismáticas e sensacional, com o qual eu tive a oportunidade de estar na Bienal do Livro Rio 2017.












Quanto Vale? 





Namastê
Báh 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords