[ Ficção ] VOX - Christina Dalcher





“ Cristo é a cabeça de todo homem; o homem é a cabeça da mulher; e Deus é a cabeça de Cristo”. 1 Coríntios 11-3 Pg 39

Em pleno século 21, usar a bíblia para distorcer a seu bel prazer e de acordo com seus interesses, é feito desde que o mundo é mundo pelo Patriarcado, Salém é a prova viva do que as loucuras de um fanático religioso é capaz de fazer com uma população inteira 20 mulheres foram brutalmente assassinadas e mais 150 acusadas de bruxaria.                                       

Falar de um tema tão complexo como o que nos trás  VOX, no momento atual do nosso mundo, parece surreal, mas necessário. Ele nos faz, sair da nossa zona de conforto, da nossa caixa protetora para pensar...

E se isso acontecesse de verdade?

Estamos prontos para viver novamente na época das trevas, onde nós mulheres não passamos de reprodutoras?

No mundo de hoje, é possível ainda ter homens que pensem de maneira tão retrograda assim?

Infelizmente, sim! Eles existem!

E sim, muitos estão dispostos a tudo para nos silenciar.

Clarissa Pinkola Estés disse no seu livro Mulheres que correm com os Lobos: dentro de cada mulher habita uma força poderosa, um turbilhão de bons instintos, de criatividade, de paixão e conhecimentos atemporais que, às vezes, a própria sociedade nos faz esquecer na tentativa de "nos domesticar".

Muito se fala em SORORIDADE, mas pouco se vê disso.
É muito mais fácil julgar, condenar, do que parar e entender o que esta acontecendo, porque a outra pessoa esta agindo dessa ou daquela forma, então simplesmente viramos os olhos e seguimos em frente, permitindo que atrocidades brutais ocorram, com muitas de nós, mulheres.   
Vivemos dias tristes, difíceis e inimagináveis para muitos de nós.

“ Sejam capazes de ensinar o que é bom. Assim, poderão orientar as mulheres mais jovens a ser moderadas, amar os maridos e os filhos, a ser discreta, castas dedicadas ao lar, bondosas e a obedecerem aos seus maridos.” Tito 2, 3-5

Essa foi uma das passagens que mais me tocaram no livro de tão sem noção que soa, mas ainda existe quem pensa e propague isso.
Vemos diariamente isso acontecer, e sequer notamos, ou quando o fazemos fingimos que não é conosco, que não nos atinge.

Jeanie, a personagem do nosso livro era assim, alheia as coisas que ocorriam a sua volta, as mudanças evidentes, pensava somente em si, e nas suas ambições profissionais, até que é pega no meio dos acontecimentos e nada pode fazer para impedir o que se desenrola em seguida, porém quando se dá conta de que o perigo real é bem maior do que aquilo que aparenta ela finalmente resolve tomar uma posição e se fazer valer.

"A mulher não deve ir às urnas, mas tem uma esfera própria, de incrível responsabilidade e importância. Ela é a guardiã do lar, nomeada por Deus..Ela deve ter total consciência de que sua posição de esposa e mãe, e de anjo do lar, é a tarefa mais santa, mais responsável e régia designada para os mortais; e descartar qualquer ambição de algo mais elevado, já que não existe nada tão elevado para os mortais". Reverendo John Milton Williams pg. 56 

Após ler essa citação num dos livros do filho mais velha Jeanie vê seu mundo virar do avesso, e não para por ai, pois após saber que sua única filha a caçula da família é vitima de abusos psicológicos na escola só a faz querer ainda mais dar um basta nessa loucura que se tornou a sua vida familiar perfeita.

Do lado Jeanie, vemos dos homens bem diferentes, mas com o mesmo ideal - proteger as mulheres que amam.
Patrick é o marido amoroso, o pai presente, sempre pronto a ajudar no que for necessário, mas aparentemente omisso no que diz respeito a situação atual das mulheres que o cercam, sendo homem ele não parece entender o quão difícil é para a esposa e filha não poderem falar mais que 100 palavras por dia. E mesmo assim ele esta disposto a tudo para protegê-las até mesmo guardar segredo de coisas que podem afetar direta e brutalmente a sua esposa. 
Lorenzo, é o tipico homem irônico e questionador, disposto a tudo para salvar a mulher que ama, até mesmo morrer se for preciso, porém assim Patrick ele só demonstra quando é confrontado.

A história em si é muito boa, eu só esperava um final mais bombástico, a leitura flui bem depois dos primeiros capítulos de apresentação que são um tanto cansativos, mas o contexto do livro em si é muito impactante.
Te faz por vezes se questionar se não estaríamos por vezes próximos de uma loucura parecida.
Afinal cada vez mais a sensação que se tem é de que estamos cada dia mais desprotegidas, e vulneráveis, numa sociedade que ao tempo todo nos critica e nos diminui, ao invés de nos proteger e fazer frente ao nosso lado.

SINOPSE

O SILÊNCIO PODE SER ENSURDECEDOR
                                                      

Quanto vale a leitura?


Somente porque eu queria muito um final mais impactante.


PS: Pedimos desculpas para quem leu antes da revisão, o texto deveria ter sido liberado apenas dia 7/11/18, mas não sei o que deu errado que saiu antes e ficou muito sem noção. Sorry.


Namastê
Báh B.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords