[ Romance New Adult ] Confronto entre Clãs - Julie Lopo




Confronto entre Clãs




SEN-S A-CIO- NAL!

Eu simplesmente amei esse livro!
A melhor parte pra mim foi ver que as mocinhas não são necessariamente “mocinhas”, e sim mulheres imponderadas, e seus homens são orgulhosos disso e ainda as encorajam a serem quem são, claro desde que eles possam ser o homem da relação...rs

Por vezes ler o livro foi como ver um filme medieval, passando na minha cabeça, feito na Escócia, cheio de kilts para todo lado.
E eu adoro isso, puder visualizar os personagens como pessoas e suas relações interpessoais como assuntos do cotidiano, suas brigas, magoas, amores, intrigas é muito gostoso, estar dentro de um livro, como expectador.

Nesse livro vemos a história de Anabella e Alec, que são obrigados a se casarem por um pacto de honra feito há tempos por suas famílias no passado.
Porém o que era pra ser uma obrigação passa a ser um caso de amor e respeito à primeira vista, pois Anabella não se deixa intimidar pela má fama de Alec e isso o intriga, fazendo com ele a respeite e a deseje de imediato.
E do outro lado à recíproca também é verdadeira.
E isso faz com ambos vivam um tórrido amor, que deixa a todos do clã atônitos e felizes pelo seu Laird, finalmente ter encontrado alguém a sua altura e que acima de tudo leva a segurança do clã em primeiro lugar.

Mas nessa história nem tudo é amor e flores, pois Anabella corre perigo, uma vez que foi a única testemunha da morte de seu pai e isso fará com que Alec não meça esforços para que sua esposa seja bem protegida a qualquer custo, mesmo que isso signifique aceitar a ajuda de um velho amigo e desafeto do clã dela.

E é ai que toda a trama do livro se devolve, e podemos ver todas as mentiras e intrigas do passado que tanto afetaram as vidas de várias pessoas, e seus clãs.
E como uma teia de aranha podemos ir visualizando cada parte de como foram tecidas essas mentiras e como magistralmente elas vão se desmantelando pouco a pouco no decorrer da história, sem perder seu suspense alcançando o ápice sem deixar nada pra trás.

A primeira coisa que me chamou a atenção nesse livro, é o profundo amor, respeito e orgulho que os irmãos da Anabella tem por ela, tendo inclusive sido eles que a ensinaram tudo que ela sabe, sobre caça e armas e a guerra em si. Ou seja, eles sempre a protegeram, mas sem menosprezá-la por ela ser uma garota, ou mesmo diminui-la por isso. Pelo contrário, eles fazem com que ela seja tão boa ou melhor que eles.
Que é muito mais do que a Moira pode dizer ou esperar do seu irmão.

Do outro lado da história vemos a trajetória de Brody, irmão de Anabella em busca de vingança pela morte do pai e sua luta para proteger as pessoas que ama, sua busca por conseguir o respeito  do clã para com seu irmão que fora sempre tão injustiçado por ser um bastardo.
E em meio a essa busca por vingança ele encontra uma mulher que mudará para sempre sua vida e a forma com ele e seu clã levam uma antiga disputa de anos com um antigo clã vizinho.

Moira Murray, passou toda a sua vida reclusa com sua mãe no castelo do então seu pai Laird Murray, sempre humilhadas e colocadas de lado por ele, viveram um vida de exclusão tendo apenas uma a outra como alívio nos momentos difíceis e de solidão no meio de toda a humilhação infligidas a ambas. Porém, infelizmente sua mãe é acometida de um mal súbito e acaba por falecer, levando Moira tomar uma decisão que mudará sua vida para sempre. No meio de toda essa provação ela conhece o amor e ele será a redenção.

Outra coisa muito boa desse livro, é que o vilão necessariamente não é aquele que imaginávamos desde o início e acaba sendo uma surpresa maravilhosa.

A verdade por trás do assassinato de Laird Lamont não é nem de perto o maior dos mistérios a serem desvendados neste livro e é justamente isso que faz dessa uma leitura incrivelmente gostosa.

Sem dúvida a autora merece os parabéns.

Glossário:
Athair – Pai
Máthair – Mãe
Seanair – Avô
Piuthar – Irmã
Bráthair – Irmão
Brónach – Querida
Diomhair – Segredo
Laird – Senhor

SINOPSE

Uma guerra que dura trinta anos nas Highlands, atinge seu auge quando o Laird Lamont MAcAlister é morto dentro de sua fortaleza. Apenas sua filha Anabella sabe quem é o assassino e por isso sua vida está em risco. Como única esperança de sobrevivência, depois de quase ter sido assassinada, ela é obrigada a se casar com Laird Alec MacNeil.
Enquanto sua irmã fica protegida dentro dos muros da fortaleza MacNeil, Brody MacAlister parte em busca de vingança contra o assassino de seu pai, e fará qualquer coisa, até mesmo sequestrar uma jovem.  Moira Murray será a peça em sua vingança. E quando a obtiver libertará a moça sem arrependimentos e sem olhar para trás.
Em meio a vinganças e guerras, um antigo segredo é revelado.
Nem tudo é o que parece ser.
Aliados se tornarão inimigos e vice versa.
Cinco clãs estarão  envolvidos em uma de aranha, onde a verdade poderá mudar toda uma história.

Quanto vale a leitura: 

Namastê
Báh B.


Um comentário:

  1. Adorei a resenha e achei bem intrigante a história. Gosto de personagens femininas fortes e de histórias que surpreendem.
    Abraços!

    ResponderExcluir

Faço parte das...

Google+ Followers

Networkedblogs

Views

HOTWords