[ Romance ] Escritora de Romance e Virgem - Meghan Quinn





Aloha Meninos e Meninas,
Tudo bem!?

Nosso livro da vez é esse lançamento da Meghan Quinn – escritora de Romance e Virgem – well, well...

Devo dizer que o livro é engraçado sem sombra de dúvidas, porém em alguns momentos ele é surreal, tive uma certa dificuldade em simpatizar pela mocinha, por achar ela muito sem noção no nosso contexto atual das coisas.
“ A inocência” dela simplesmente não me convenceu muito, porém as situações inusitadas que ela se envolvia, me arrancou algumas gargalhadas e isso por si só já valeu a pena, pela descontração.

Rosie é uma nada típica americana, que apesar do seu modo de ser, agir, ou vestir ainda guarda um segredo que colocou seu mundo de cabeça pra baixo, quando ela resolveu compartilhar com seus melhores amigos.
Fruto de um casamento antiquado e cheio de tabus, nossa mocinha ainda é virgem, não por opção como podemos ver no decorrer da leitura, e sim por falta de oportunidades e pretendentes é claro, Rosie nunca se deu muitas aberturas para conhecer rapazes mais intimamente. 

Em contra partida nos vemos Henry o típico melhor amigo solteirão e pegador, disposto ajudar nossa mocinha a realizar seus estudos de prática, afim de ter um melhor conhecimento de causa para o seu tão desejado livro de estreia.

Temos também Delaney e Josy aquelas amigas de todas as horas, dispostas a tudo para fazer com que Rosie veja além do que aparências possam aparentar, para que a amiga não perca a chance de ter não somente uma experiência incrível, mas também encontre o homem dos seus sonhos.

O livro tem seus momentos, cômicos e muito engraçados, como também tem coisas loucas demais que me lembram muito os filmes do Woody Allen, talvez por ser ambientado em Nova York, mas super imaginei a Anna Kendrick no papel da Rosie passando por todas aquelas situações inusitadas.

Para aqueles que esperam um livro divertido e inusitado, super indico a leitura.


SINOPSE


ALERTA: “ESCRITORA DE ROMANCE E... VIRGEM” É UMA COMÉDIA QUE VAI TE FAZER GARGALHAR COMO UMA HIENA EM PÚBLICO. LEIA NO CONFORTO DA SUA CASA. SE VOCÊ É VICIADO EM CLIFFHANGERS, SENTIR O CORAÇÃO SAINDO PELA BOCA E COMO SE UMA ESCAVADEIRA TIVESSE ACABADO DE ABRIR SEU ESTÔMAGO, ENTÃO ESTE LIVRO NÃO É PARA VOCÊ. MAS, SE GOSTA DE FAZER XIXI NA CALÇA E CHORAR DE TANTO RIR, ENTÃO, POR FAVOR, CONTINUE LENDO.

Seu peito se elevava a uma velocidade alarmante conforme a mão áspera dele seguia para sua roseira macia, mas volumosa e densa…

Pode falar “roseira volumosa” em um romance? E “espada carnuda”? Porque é isso que é… uma espada carnuda, certo? Toda cheia de carne e em formato de espada, abrindo os calabouços internos dos desejos sombrios de uma mulher. E quanto a peito? Ele realmente se eleva?

Deus, não faço ideia do que acontece quando partes íntimas se encontram. Sou uma virgem tentando escrever um romance e não consigo criar uma cena de sexo devido à minha falta de experiência.

Então, meus dois melhores amigos me encorajam a parar de tentar por enquanto e ir em busca de um pouco de prática na vida real por meio de artimanhas, como encontros às cegas, perfis on-line e saídas casuais.

Mas perder a virgindade vai ser mais difícil do que eu esperava…


Cliffhanger, na tradução literal para a língua portuguesa “à beira do precipício”, ou “à beira do abismo”, é um recurso de roteiro utilizado em ficção, que se caracteriza pela exposição do personagem a uma situação limite, precária, tal como um dilema ou o confronto com uma revelação surpreendente.


Quanto vale a leitura: 


Namastê
Báh B.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faço parte das...

Networkedblogs

Views

HOTWords