Velho oeste

Se Eu Ficar [ Edição Comemorativa 10 anos ] - Gayle Forman






Boa Tarde, Alquimistas!

Tudo bem com vocês!?

 



Nosso livro da vez é Se Eu Ficar – Gayle Forman.



Quando o filme estreou em 2014 foi considerado legal e teve uma média de 3 estrelas, puder ler o livro é bem mais interessante, pois torna mais crível a sensação passada pela protagonista durante a decorrer da leitura, diferente do filme.



Foi bem mais enriquecedor a leitura do livro agora do que a assistir o filme.



Mia é uma jovem de 17 anos, musicista e apaixonada pelo namorado Adam, e embora tenha sensação sempre de não pertencer a sua família, como a maioria dos jovens da sua idade ela ama os pais incondicionalmente.



Após um acidente numa manhã de nevasca no Oregon, ela se vê numa experiência incomum, em coma, fora do seu corpo, ela pode vivenciar o quanto era e ainda é amada por todos aqueles que sua existência e sua música tocaram.



Agora, porém ela precisa decidir continuar a sua jornada, ou voltar e ter uma nova chance ao lado daqueles que lhe restaram.



É um livro comovente, podemos ver através dos olhos de Mia a forma como ela se vê no mundo, seus sentimentos confusos de adolescente, seus desejos, seus medos e anseios, as incertezas que todos passamos em um momento de nossa vida tão sensível e difícil como a puberdade.



Eu devo confessar que embora Mia e Adam sejam um casal meigo e bonitinho, seus pais roubam a cena com uma cumplicidade fora do comum, e rara de se vê nos dias de hoje.



O conto extra e as músicas mencionadas no decorrer da leitura são um bônus mais que bem vindo, para nós leitores.



Muitas das músicas mencionadas são conhecidas e amadas por muitos de nós.



                                                                      Sinopse 



Em um piscar de olhos, tudo muda.



Mia não tem nenhuma lembrança do acidente, mas vê seu corpo em meio aos destroços do carro, ao lado dos pais e do irmão.



Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida e recordar seu passado feliz, pensando no que perdeu, no que deixou para trás.



Recebendo a visita de amigos, de parentes e do namorado, Mia se depara com um futuro desconhecido. Ela precisa tomar a decisão mais difícil de todas: se ainda vale a pena ficar ou se deve partir para sempre.



Comemorando 10 de lançamento, Se eu ficar se mantém como uma história atemporal sobre dor e esperança, amor, e memória, e sobre as escolhas que devemos fazer quando tudo parece perdido.



Quanto vale a leitura: 


Namastê


Báh B.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Views

HOTWords