Velho oeste

[ Drama/ Suspense ] Eu Devia Estar Sonhando - Michel Bussi

 




Boa Tarde, Alquimistas!



Tudo Bem?


 


 

Quando o dia tiver nascido


Quando os lençóis estiverem lavados


Quando os pássaros tiverem voado


Da clareira onde nos amávamos


Nada restará de nós

 



Nosso livro de hoje foi um tanto controverso para mim, não sabia se chamava de drama ou suspense...e confesso que foi uma leitura um tanto demorada e difícil, mas no decorrer da leitura a curiosidade de saber a o que realmente esta acontecendo era maior do que a vontade de abandonar o livro, e embora conturbada a leitura não foi desperdiçada porque o The End salvou o livro.



Natalie é uma jovem  casada com duas filhas que viveu um romance estarrecedor com um desconhecido Ylian durante um vôo para Montreal que não terminou muito bem.



Vinte anos depois...coincidentemente Natalie se vê revivendo o mesmo itinerário em que viveu o romance com seu grande amor, e embora ela não sabe bem o que esperar de tudo isso, ela deseja ardentemente reencontrar o seu grande amor, nem que seja por uma última vez, para saber que fim levou aquele amor, que marcou profundamente seus corações de uma forma irremediável e para sempre.



Várias coincidências se repetem ao longo do fim de semana e Nat se vê revivendo sem Ylian tudo o que eles viverem 20 anos antes.



Louca de curiosidade, desejo e duvidando da própria sanidade, Nat decide arriscar tudo para reencontrar seu grande amor e descobrir porque tudo isso esta acontecendo depois de tantos anos.



O que ela não esperava era que sua vida, e a daqueles que lhe são mais caros corria um perigo inimaginável.



E foi, exatamente isso que me prendeu no livro, a dúvida, a incerteza e o desejo de saber quem estava por trás dos eventos e não me arrependi porque foi um final surpreendente.



Recomendo despretensiosa.



Sinopse



Vinte anos atrás, em um vôo para Montreal, a comissária de bordo Nathalie encontrou uma chance de viver um grande amor, que abalou sua vida tranquila como esposa e mãe. Um amor cujo desfecho ela até hoje não ousa confessar.



Agora, estranhos sinais aleatórios começaram a surgir. Ela é escalada para os mesmo três vôos de vinte anos antes. Na mesma ordem: Montreal, Los Angeles, Jacarta. Com a mesma equipe, coisa rara de acontecer. Uma música no rádio, elementos que se repetem, um passageiro cantando versos que só ela poderia conhecer. Quem – ou que força misteriosa – estará por trás dessas supostas coincidências?



Quando  passado e presente se repetem a ponto de desafiar a lógica, Nathy se vê forçada a enfrentar seu passado, mesmo tendo jurado jamais olhar para trás.



Em jogo de espelhos entre 199 e 2019, EU DEVIA ESTAR SONHANDO percorre uma trilha surpreendente, repleta de paixão e suspense, e prova que as mais belas histórias de amor nunca morrem.

 



Quanto  vale a leitura: 


 


Namastê


Báh Borges 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os Céus de Montana - www.wook.pt

Views

HOTWords